segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

interrogações do amor

Tenho dúvidas,
questões, incertezas,
pela vida toda
em autenticidades minhas.

Dizem-me haver duas formas 
de saber do verdadeiro amor:

 -  foste-me amigo verdadeiro
e te apaixonas (por mim)
de forma em que só pode ser Amor verdadeiro;

 -  ou te apaixonas (como pode acontecer com outra)
e tornas-te no meu melhor amigo
e será, de igual forma,
verdadeiro Amor.

São interrogações, 
meu amor, 
meras demandas para saber do amor, 
do teu amor,
por onde, 
afinal,
amizade vence a paixão.
Será?

28 comentários:

Poesia do Bem disse...

Um lindo poema

Francisco disse...

Muito Bom :)

Beijinhos

emanuel moura disse...

Belíssimo poema querida amiga ,desejo-lhe uma semana muito abençoada ,beijinhos muitas felicidades

Lucia Silva disse...

Vim ao teu blog agradecer sua carinhosa visita ao meu e me encantei com esse lindo poema, o qual expressa amor, ternura e sensibilidade. Te sigo com muito carinho e prazer.
Beijos carinhosos!

Pedro Coimbra disse...

Seja bem regressada.
Com todas as interrogações que possa ter.

Eros disse...

A dimensão das questões, dá gravidade ao poder de cada resposta.

Olinda Melo disse...


Amor ou amizade: eis a questão.
Talvez, cada um destes sentimentos
com a sua própria dimensão.
E a vida a dar respostas, nem sempre
definitivas.

Bj

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Fica a dúvida, afinal vivemos num mundo de incertezas... Ou não?...
Bj

Olhar d'Ouro - bLoG
Olhar d'Ouro - fAcEbOOk

Larissa Santos disse...

Humm Muito bom! :))

Hoje: - Magia sem sumo
.
Bjos

Votos de boa Terça-Feira

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Também gostei de a ver de volta.Bjs

✿ chica disse...

Questionamentos, dúvidas nesse belo poema,Pérola! beijos, tudo de bom,chica

Elvira Carvalho disse...

Que bom que voltou.
E voltou em grande com um belo poema.
Abraço

lua singular disse...

Oi Pérola
Pensei que tivesse esquecido de mim. Há tempos fiz comentários e não vinham resposta, então parei.
Obrigada
Quando morrer mando-lhe avisar.kkk
Lua Singular

Bell disse...

Eu tenho várias dúvidas tb e não tenho respostas.


bjokas =)

Maria Silva disse...

Amizade e amor coexistem, ou não chegaram a existir num tempo /espaço determinado. A paixão não passou de um suspiro...um grito de vida que se diluiu por tantas e tantas razões, sem conta, decerto.
Fala-te a minha experiência de vida, amiga, enfeitiçada com este teu poema.
Beijinhos.

Mari-Pi-R disse...

Que dificil es saber cual es el amor verdadero, me quedo con tu poema, saludos.

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
Uma belíssima imagem!
Um poema que, além de lindo, nos faz reflectir!
Obrigada.
Um beijinho
Beatriz

Cláudia disse...

Muito bom!

Beijocas

Maria Rodrigues disse...

Que o amor se una à amizade num elo profundo e eterno.
Maravilhoso poema
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Patife disse...

Essa velha ironia do amor não dá certezas. E é a única coisa que que o amor tem de jeito. ;)

maría del rosario Alessandrini disse...

Bello poema.
Abrazo

Gil António disse...

Poema intenso que nos intriga o pensamento.
.
* Soneto escrito no escuro ... em versos de luz sombria *
.
Deixo um abraço amigo

Graça Pires disse...

Questões difíceis de saber a verdade... Gostei do poema.
Uma boa semana.
Um beijo.

José Carlos Sant Anna disse...

Deixarei as perguntas latejando, mas sei que se entendem o silêncio e o ar.
Um beijo,

► JOTA ENE ◄ disse...

Olá

Maria Rodrigues disse...

Passando para deixar um beijinho
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

Verânia Aguiar disse...

Na minha opinião a amizade vence! Nada tem mais valor que nossos amigos verdadeiros, aqueles que vamos pro colo chorar quando a paixão dá errado. As 2 coisas ao mesmo tempo é mais dificil acontecer! Mas talvez alguns sejam felizardos! Beijinho

Anónimo disse...

❤Parabéns Mulher❤ pelo seu dia! Não somente hoje, mas todos os dias, que você seja reconhecida e amada. Tenha um dia glorioso!!!✿