segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Só tu . . .


Só tu me abres,
conheces meu código secreto,
password sem regra.

Só tu me fechas,
mergulhas em interior meu
de um só fôlego.

Só tu me viras do avesso,
decifrando cada pedaço
escondido do mundo.

Só tu me fazes falta,
em cada inspiração
em cada instante de mim.

9 comentários:

Mar Arável disse...

Olhos de ver o mar
mais azul que os céus

Francisco disse...

Gostei ;)

Beijinhos

Pedro Coimbra disse...

Quem é que tem a chave do seu coração?
Beijos, boa semana

lua singular disse...

Olá
Só tu que não gostaria que me esquecesse.
Beijos no coração
Lua Singular

José Carlos Sant Anna disse...

Provisório,
este anoitecer...

Vou atrás das chaves
com o tempero nos braços...

Beijos,

Dan disse...

Um poema doce, subllime onde às vezes delegamos a alguém, as chaves de nosso coração.

Parabéns, excelente semana.
Dan
https://gagopoetico.blogspot.com/2018/12/idilico.html

Graça Pires disse...

Um poema de amor e cumplicidade. Gostei muito…
Que tenha um Natal de Amor e um novo Ano com tudo de bom.
Boas Festas!
Um beijo.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Belo e profundo poema. Uma verdadeira entrega. Parabéns!

Abraços, Feliz Natal e um próspero Ano Novo para ti e para os teus.

Furtado

Táxi Pluvioso disse...

Não há como uma chave... inglesa.

Venho desejar um bom Natal.