segunda-feira, 27 de julho de 2015

! Com Medo !


Adivinho água fresca
no ribeiro 
que tropeçou em mim.

Hesito na travessia,
as pedras estão soltas,
escorregadias,
a desafiarem-me
em chamamento ardiloso.

Há um caminho,
mais além,
a vereda que devo escolher.

Que faço?
Pois se meus pés se calçaram
no medo . . . de mim . . . do mundo.


31 comentários:

Sofia Veloso disse...

Que lindo
Beijinhos
CantinhoDaSofia

Vinicius Geyer Vasconcelos disse...

Belíssimo o poema e a imagem, parabéns.Tenhas uma ótima semana.Abraço.

N a m o r a d o disse...

Parar no medo é morrer.

Edumanes disse...

Se o medo faz o medo,
do medo, medo não tenhas
não escorregues no penedo
água contaminada não bebas!

Boa noite e bons sonhos, um beijinho.

Maria Eu disse...

Vista-se o medo... de ter medo!

Beijos, Pérola. :)

Andreia Morais disse...

O medo faz parte, e muitas vezes significa que estamos a arriscar seguir por caminhos novos. Não podemos é deixar que nos trave.

Adorei, claro!

Beijinhos*

Nidja Andrade disse...

Olá,
A vida é um espetáculo colorido, nós é que às vezes preferimos ficar escondido em uma lona escura enquanto lá fora o mundo brilha de todas as cores, não devemos deixar esse espetáculo passar temos que assisti-lo até o final. Medo? que adianta o medo???
AbraçO

José Carlos Bastos Sant Anna Sant Anna disse...

O medo pediu ao medo para não ter medo do medo, mas o medo respondeu o medo também tem medo do medo.

Belíssimas imagens que a poeta construiu para refletir sobre uma situação que angustia a todos.

Beijo,

Arco-Íris de Frida disse...

Vai com medo mesmo... o importante é seguir...

Beijos...

Cidália Ferreira disse...

Perfeito!Adorei.

Beijinhos
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Arco Íris e Meu Velho Baú disse...

Lindo Poema
Como é bom ler-te......
Beijinhos
:)

Cláudia disse...

Sem medos, se não nunca se avança =)

Beijocas

Ana Bailune disse...

Às vezes, para não se ferir nas pedras, é preciso mergulhar...

Catarina disse...

Adorei, lindo :)

Crocheteando...momentos! disse...

Atravessar é sempre um desafio mesmo que a beleza da paisagem exista!!!
Um dia bem BOM!!!

SinneR disse...

já tinha saudades de ler coisas bonitas...

bj doce

Poesia do Bem disse...

É o medo que nos impede de avançar. Lindos versos. No blog trago sugestões de cuidados para com a natureza e mais muito mias, depois passe lá, bjs

Morning Dreams disse...

Adorei :)

MORNING DREAMS

Sofia Silva, Beijos*

Jaime Portela disse...

O melhor caminho nem sempre é o mais fácil...
Excelente poema, gostei imenso.
Pérola, tenha uma óptima semana.
Beijinhos.

Diana Fonseca disse...

Seguir em frente.

emanuel moura disse...

É preciso derrubar barreiras para que possamos encontrar do outro lado a felicidade ,sempre preciosa querida amiga ,muitos beijinhos .

Lari Moreira disse...

Calçar portanto de coragem! de coisas boas, e seguir em frente mesmo o caminho sendo dificil
http://maybe-i-smiled.blogspot.com.br/

Francisco disse...

Gostei muito

Beijinhos

Adriana Helena disse...

Belíssimo poema sobre o medo...
Aliás adoro me arriscar em cachoeiras com pedras escorregadias...rsrs
É uma adrenalina,o coração batendo mais forte...
Exatamente como ler um poema!!

Amei Pérola, muito obrigada!
Beijos e uma linda semana! :))))

Elvira Carvalho disse...

A vida está cheia de pedras escorregadias e caminhos ardilosos. Mas não será isso que lhe dá mais sabor?
Um abraço e tudo de bom para si.

António Jesus Batalha disse...

Encontrei seu blog e é uma honra estar a ver e ler o que escreveu, quero felicitar-vos, pois é um bom blog, sei que irá sempre fazer o melhor, dando-nos boas noticias, e bons temas.
Quero aproveitar a oportunidade para partilhar o meu blog : Peregrino E Servo.
Vou ficar muito feliz se tiver a gentileza de fazer uma visita ao meu blog.
PS. Se seguir, fique a saber que irei seguir também seu blog, se o conseguir encontrar.
António Batalha.
Parabéns e muitas felicidades.
http://peregrinoeservoantoniobatalha.blogspot.pt/

Style For Mankind disse...

Awesome! Have a great day. :)

xoxo;
STYLEFORMANKIND.COM
Facebook / Bloglovin

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, nunca temos a certeza que o caminho que estamos a percorrer ou que vamos iniciar, não seja tanto ao mais escorregadio que o anterior, certezas só temos de nós próprios.
O poema é belo e tem muita objectividade.
AG

Ricardo disse...

Este poema é demais...

Mariangela do Lago Vieira disse...

Seguir sempre, apesar das dificuldades da travessia, é preciso!
Sempre valerá à pena o outro lado!
Amei Pérola!
Beijos, tudo de bom!
mariangela

Odete Ferreira disse...

Só fazendo as travessias se galgam degraus...
Vai!
Bjo :)