domingo, 10 de maio de 2015

Descansada



Descanso no aperto de garganta
nesse nó que abraça,
na vontade de saltar 
a poça do tempo.

Repouso em tuas palavras,
verbo escorregadio,
mensagens sem garrafa.

Demoro-me na velocidade
de lentidões perdidas,
leito do que sonhei,
por entre mantas enroladas,
de rosto marcado
em descanso . . .



36 comentários:

Magda Carvalho disse...

Um bom descanso renova - nos a energia.
http://retromaggie.blogspot.pt/

Francisco disse...

Ideia de porta flores muito gira :)

Beijinhos e bom descanso

Ives disse...

Sua poesia é um balaustre de luze. Cada letra é uma vela de uma imensidão de flores! abraços

Cidália Ferreira disse...

Belo post, parabéns Pérola.



Beijinho e bom Domingo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

emanuel moura disse...

Um descanso que nos renova ,belo momento querida amiga Pérola,muitos beijinhos.

Edumanes disse...

Descansa amiga descansa,
que amanhã é dia de trabalho
não aperta o nó na garganta
põe na açorda um dente d'alho!

Para lhe dar sabor,
não corras a alta velocidade
vive com o que tem mais valor
na vida, acompanhada da felicidade!

Um beijinho para ti amiga Pérola,
Eduardo.

Poesia do Bem disse...

Lindos versos, bom é descansar no amor e fluir em paz. Feliz dia das mães, no meu blog homenagens

ReltiH disse...

SE SIENTE PAZ EN TUS LETRAS.
ABRAZOS

Laura Santos disse...

A poça do tempo só se finge que se salta. O tempo é que nos comanda.
Belo poema, como sempre.
xx

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola...suas palavras são enigmas ao vento, é apenas descanso ou descansou do descansar?
um abraço

Andreia Morais disse...

Fico sempre presa às tuas palavras!

Beijinhos*

Mariangela do Lago Vieira disse...

Que linda poesia Pérola.
E como é bom este descanso!
Beijos, de ótima noite!
Mariangela

Pedro Coimbra disse...

O repouso depois do amor??
Boa semana

Crocheteando...momentos! disse...

Um belo de um repouso e uma semana bem "repousada"! bj amigo

Graça Pires disse...

Um amor sereno, "nesse nó que abraça"...
Lindo!
Beijo.

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

O descanso é um imperativo! As pessoas atropelam-se e as sociedades também... O cansaço desmotivou o mundo...

beijinho

PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Bom te ver aqui de novo.. adoro ler-te.
E a imagem é e uma beleza sensacional.

kendi modaniz disse...



kadın giyim,uzun elbise,uzun abiye,bayan kıyafet, uzun tunik,elbise,bayan ceket,takı aksesuar,kolye,otantik kolye,uzun etek,sexi iç giyim,babydoll,yüzük,fantezi iç çamaşır,takı,gümüş küpe,uzun tunik,fantezi kıyafetler, bayan gömlek, mini etek,bayan ceket,takı aksesuar,kolye,otantik kolye,etek,uzun tunik,uzun triko,yüzük,fantezi iç giyim,

Jovem $0nhador@ disse...

Um descanso tão preciso por vezes...

Mona Lisa disse...

Excelente poema!

Um amor calmo.

Beijinhos.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Amor e descanso, duas ingredientes que combinam entre si.

Beijos e uma ótima semana para ti e para os teus.

Furtado.

Cláudia disse...

Adorei a calma deste texto =)

Beijocas

Carmem Grinheiro disse...

Apenas descansar, sem contar o tempo.

bj amg

Manoel José de Santana disse...


Obrigado amigo (a). Estou fazendo uma visita ao teu Blog. Meus parabéns pelos teus trabalhos e sucessos. Abraço de Manoel Limoeiro. Recife PE.
'

http://grupounidoderodafogo.blogspot.com.br/

Recife, 11 de maio de 2015.


Beatriz Bragança disse...

Minha querida
A imagem é espectacular!
Bem como o poema, pejado de figuras de estilo lindas e muito bem conseguidas: belas antíteses, metáforas,um poema muito rico!
Parabéns.
Um beijinho
Beatriz

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga Perola

Às vezes
não sei se o meu descanso
é um retorno,
ou uma fuga...

___________________________________


Gostaria de convidá-la a visitar o meu outro blog
www.semvoceeunaoseria.blogspot.com.br

Nele estou publicando textos inspirados em músicas.
Projeto de um livro para acordar sentimentos.

Se puder, escute a música, leia o poema
e deixe sua valiosa opinião.
Amigos sabem ler nossas entrelinhas,
e muitas vezes nos veem melhor do que
realmente somos.

Aluísio Cavalcante Jr.

Marta Moura disse...

Muito bonito!

Ana S. disse...

Nada como descansar para recuperar as energias!

Sidnéa Barbosa Flores disse...

Quanta delicadeza em suas imagens!Amei cada uma delas! Estava com saudades! Bjs

Sidnéa Barbosa Flores disse...

Quanta delicadeza em suas imagens, amei cada uma delas, estava com saudades! Bjs

Nal Pontes disse...

Muito bom, belo e sereno poema. Bjs

Nana disse...

Esse fds eu realmente preciso de um pouco disso.
Bj e fk c Deus.
Nana
http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com

EU disse...

Vontade de permanecer em momentos de um tempo vivido depressa demais. Mas nunca há retrocesso. Também, só mais tarde, sabemos que não nos tardamos o suficiente neles...
Mais um belo poema, Pérola.
Bjo :)

POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Lindas expressões de amor se encontra aqui em se blog. Parabéns.

Agostinho disse...

"Descanso no aperto da garganta".
Basta esta expressão para definir o abraço.

Bj

A Lisboeta disse...

Ohhh, que blog lindo, hei de passar cá mais vezes :D Adorei o poema
Demoro-me na velocidade de lentidões perdidas... que bela antítese.

r: sim, com esforço e prática a coisa vai lá :D