segunda-feira, 25 de maio de 2015

Oferta de mar


Desembrulha-se o mar
por entre laços de maresia,
em papéis amarrotados
na humidade dos salpicos.

É o mundo que me chama,
em oferta de promessas,
com nova maré,
salgando-me de recomeços
por demais desejados.

Mera ilusão,
fantasia desvairada,
esta de me querer entregar,
na inteireza de mim.





16 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Pérola

Poema muito bonito.
Beijo e uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Crocheteando...momentos! disse...

O mar despertou em si...toda a beleza de uma alma poética!
Bj

Elisabete disse...

Gosto tanto do mar!
Bjs

✿ chica disse...

Maravilha!Adoro o mar! bjs, linda semana! chica

Emília Pinto disse...

O sol voltou, o calor apareceu e a vontade de apreciar o mar sempre belo aumentou. Cheio de marés, como a vida, o mar nos convida a recomeçar; depois da maré alta e muitas vezes raivosa, vem a baixa com calmaria; a serenidade enche a nossa alma e uma vontade grande de mudança e recomeço nos acomete. O mar e todos os outros elementos da natureza nos ensinam muito e devemos tentar ouvi-los. Paremos um pouco observando-os e sentindo o que têm para nos dizer.
Belo, amiga! Um beijinho e uma excelente semana
Emília

Bell disse...

Adoro o mar!!

bjokas =)

Mariangela do Lago Vieira disse...

É mesmo muito verdadeiro...Em suas obras que Deus fala conosco, precisamos aguçar os sentidos e discernir o que Ele quer que façamos.
Lindo poema Pérola!
Beijos,
Mariangela

Poesia do Bem disse...

Bom dia cheio de beleza com este belo poema, eu amo o mar e tudo que vem dele. Uma entrega profunda. bjs. Tem novidades no Poesia

emanuel moura disse...

Sempre maravilhosa querida amiga Pérola ,muitos beijinhos no coração.

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Pérola! Mais uma vez, aqui passando para me deliciar com mais uma das tuas belas criações.

Beijos,

Furtado.

Ivone disse...

Que lindo poetar, o mar é fonte de inspiração, nos enleva e sai esse primor de poema!
Amei ler linda amiga Pérola!

Pedro Coimbra disse...

Um poema já a sonhar com dias despreocupados à beira-mar??
Beijinhos, boa semana

Laura Santos disse...

O desejo de entrega nunca é fantasia desvairada, mas o verdadeiro desejo de ser na entrega. Só que há por vezes quem não mereça essa entrega.
xx

Agostinho disse...

E que palavras disseram os papéis amarrotados?

EU disse...

Depende do recetor, a entrega por inteiro ou por partes...
Muito bom!
Bjo :)

Laíza disse...

Cada poesia com letras tão profundas, que eu consigo me remeter a cada imagem que representa o texto, podendo até mesmo ouvir o som do mar. Estou seguindo seu lindo blog. Super beijos.