quarta-feira, 23 de setembro de 2015

em outono


Mauvais
Randall Hobbet
2015

Definham as marcas,
dos dias longos,
do dourado beijado 
pelo sol em areias 
já baças.

Atrofiam os tempos 
de luz sem relógio,
da claridade constante
do verão que
que se esvai.

Enfraquecem as árvores
em época de colheita
na promessa de  nova semente.

Murcham as folhas
em tons quentes,
qual ironia outonal,
a abrir caminho
à frialdade
que se adivinha.

Renunciam as planícies verdejantes,
restam as mínguas desfloridas,
o hibernar na nudez crua
da espera
de nova primavera.


47 comentários:

Andreia Morais disse...

Magnífico!

Manuel Luis disse...

A natureza mostra-nos mais uma vez a beleza da sua sabedoria: é preciso entrega, é preciso deixar ir o que não serve, para proteger o que é mais importante.
Pode parecer uma perda mas é um ganho: com o outono a natureza ganha mais tempo de vida, e chega renovada às próximas estações.
Bj grande

Francisco disse...

Muito Bom :)

Beijinhos

Agostinho disse...

Boa noite, Pérola!
Isto está muito bom, o poema. O Outono é assim.

Bj

Poesia do Bem disse...

Por muitas vezes o coração demora-se em estação frias. Lindo demais e tem muita novidades no Poesia bjs

Catarina disse...

Adoro :)

Crocheteando...momentos! disse...

O outono permite isto mesmo..."poetar" com mestria! Bj

Crocheteando...momentos! disse...

O outono permite isto mesmo..."poetar" com mestria! Bj

emanuel moura disse...

Simplesmente belo querida amiga ,ler tão belos momentos que tanto me enriquecem ,muitos beijinhos .

Marcos Satoru Kawanami disse...

Aí já vai chegar o frio, e aqui já estamos torrando ao sol.

=)

Pedro Coimbra disse...

A melhor descrição do Outono que li.
Chapelada!!

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Pérola

Parabéns. Como alguém diz, a melhor discrição do Outono. Amei


Beijo e um dia Feliz.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Isabel Pires disse...

Excelente poema, Pérola!
E que a Primavera não demore muito. ;)

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei de ler minha amiga, magnifico.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Meu Velho Baú disse...

Linda definição poética do Outono
beijinhos

Bell disse...

Lindo se sensual

bjokas =)

Mariangela do Lago Vieira disse...

Que linda definição de outono!
Adorei Pérola!
Beijos,
Mariangela

Laura Santos disse...

Um belíssimo poema sobre o Outono!
Gostei muito!
xx

Laura Santos disse...

Um belíssimo poema sobre o Outono!
Gostei muito!
xx

Laura Santos disse...

Um belíssimo poema sobre o Outono!
Gostei muito!
xx

Élys disse...

Linda poesia! Gostei muito!...
Beijos,
Élys.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola, as cores do outono nos trazem a paz do recolhimento após o esfuziante sol....também tem sua beleza o refrescar das chamas e o convite
ao sonho e à poesia.
Um abraço, feliz outono e muito vinho para alegrá-lo.

Ana S. disse...

O outono é a minha estação do ano preferida! Quando já não está tão quente como antes mas também não faz frio demais e ainda dá para andar à vontade com pouca roupa, é uma maravilha!
Bonito poema!
Beijos

Cláudia disse...

Que venha, mas com calma e não tenha pressa em ir de novo embora. Quero saboreá-lo =)

Beijocas

Ana Bailune disse...

Belíssimo...
O outono é época de se recolher, de se encolher e olhar para dentro. De caminhar sob o céu cinzento, sentindo aquele ventinho fresco no rosto, e de pisar nas folhas secas e crocantes...
Adoro.

Amo em Silêncio disse...

Maravilhoso poema!
Adorei,beijos.

Graça Pires disse...

Muito bom o poema. O outono é mesmo um bosque inesperado de palavras...
Um beijo.

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Um maravilhoso e cativante pensamento! A foto, ilustra bem o outono...
bjs e bfs

Mona Lisa disse...

O Outono é a estação do ano mais sublime...é a estação dos poetas!

Excelente poema!

Beijinhos.

As Mulheres 4estacoes disse...

Lindo poema outonal, estação do recolhimento para receber as sementes primaveris.

ReltiH disse...

SIEMPRE LINDO TODO LO QUE ESCRIBES.
ABRAZOS

Arione Torres disse...

Oi querida amiga, que lindo!!!
Vim lhe desejar uma ótima semana, beijos e fique com Deus!!

Ricardo Santos disse...

Tenho alguma dificuldade em comentar poesia. Não é porque não goste, mas para estar semnpre a dizer "Muito Bonito !", como é caso desta ...
Costumo passar por aqui para te ler !

Evanir disse...

Eu sei que só venho correndo lhe visitar,
mas no momento é tudo que posso fazer.
È necessário saber que sua amizade é muito importante para mim
e que durante todo esse tempo fiz de tudo
para não cair no esquecimento.
Estou sempre postando a viagem os outros pode atrasar ,
mas a viagem é muito importante para mim.
Foi nele que conheci pessoas lindas de alma e coração.
O tempo nos faz entender que aquele ,
que tem carinho por mim jamais deixaram de viajar
comigo.
Que Jesus te abençoe sempre com saúde .
Uma semana de paz , alegria , amor e fé acima de tudo.
Beijos carinhosos.
Evanir.

Lilá(s) disse...

Depois de uma pausa forçada, estou voltando...com o Outono.
Bjs

Lilá(s) disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luana Belchior disse...

O que eu adoro o Outono. As castanhas, a roupa intermédia, os dióspiros, o friozinho que ainda se acalma só com uma mantinha. As cores quentes que lembram lareiras, os marmelos á beira da estrada, o cheiro a maçã, a canela, a qualquer coisa doce e quente para reconfortar! O que eu adoro!



http://naodanomenenhumporra.blogspot.pt/

Dani Ramos disse...

Lindo poema...retratou muito profundamente o Outono, estação tão fria, mas ao mesmo tempo quente...

Dani Ramos
www.donaengenhosa.com.br
https://www.youtube.com/c/DonaEngenhosabyDaniRamos?sub_confirmation=1

Bergilde disse...

Lírica de grande beleza transmitindo toda a sensibilidade da poetisa que de um jeito todo especial e seu consegue traduzir a essência do momento por ela percebido,mas também que pode ser assim para quem a lê.Versos que perfumam de nostalgia,melancolia,recordações,odores,aguçando nossos sentidos nesta estação que é realmente muito especial!Abraço fraterno meu,

bonequinha nota mil disse...

Olá Querida! A minha Estação Preferida já chegou! A Primavera é muito Linda e Romântica! Desejo que muitas Flores brotem em seu Coração e que a Felicidade que só o Senhor Jesus pode dar... Seja constante em sua vida! Beeeeiiijooosss e fique com Deus!

Dorli Ramos disse...

Oi Pérola
Dançou por todas as estações do ano com uma fluência impecável
Parabéns poetisa
Beijos
minicontista

mム尺goん disse...

...lindo te ler!


feliz outono, então!

Ghost e Bindi disse...

É com muito gosto que lemos seus poemas. Há um tom muito íntimo e que induz ao recolhimento, na estação do outono. Nossa alma parece sentir que é tempo de guardar e não de expor.
Um grande abraço!
Bíndi e Ghost

Georgea disse...

Que graça! Estou viajando no teu blog.
● http://grgea.blogspot.com.br/

Poções de Arte disse...

E é por isso que amo tanto o Outono... Tem um quê de nostalgia, anuncia em breve um recomeço e suas cores nos levam à introspecção.
Belos versos.
Abração esmagador e ótima semana.

Teresinha disse...

Pérola,
adorei este lindo poema.
Lembrei-me da minha conterrânea já desaparecida desta vida, mas presente através dos seus belíssimos poemas, Natália Correia.
Beijinhos

Berta disse...

Profundo e belo!