sábado, 28 de maio de 2016

No meu vale ... há uma casa



Há uma casa
plantada no meu vale
manso e de águas correntes.

Essa casa fez morada
em meu chão,
bebeu do meu rio,
plantando-se no meu vale
como peregrino
ou hóspede sem prazo.

Há uma casa engraçada 
por aqui,
com jeito de letra, enfim,
e meu vale soltou-se de mim.



12 comentários:

✿ chica disse...

Ficou lindo,Pérola! Ótimo fds! bjs, chica

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
Que bom ter uma casa assim! Tão boa que mereceu em belo poema!E foi capaz de transformar o terreno onde se encontra!!!
Parabéns.
Bom domingo.
Um beijinho
Beatriz

XicoAlmeida disse...

A minha casa sou eu!
Estive longe?
Beijos.

lua singular disse...

Oi Pérola,
Sumida
Saiba que adoro suas poesias são lindas.Vi que você está comentando no blog do meu filho.
Quando acertar o outro blog que os dois amigos escrevem lhe aviso, aí haverá resposta
Beijos no coração
Lua Singular

emanuel moura disse...

Belíssimo querida amiga ,desejo-lhe um domingo muito feliz ,beijinhos no coração.

Francisco disse...

Adorei

Beijinhos e bom domingo :)

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola...linda e feliz a sua casa...parabéns!
Um abraço

Graça Pires disse...

Um poema cheio de imaginação e magia. Gostei imenso.
Beijos.

Crocheteando...momentos! disse...

Moro num vale e a minha casa tem a magia da natureza!!!
Gostei...bj

Cidália Ferreira disse...

Como sempre. Lindo!

Beijo e um óptimo Domingo

Coisas de Uma Vida 172

Jossara Bes disse...

Linda casa, linda poesia!
Uma encantada!
Beijo carinhoso, feliz semana!

Cláudia disse...

Bonita casa =)

Beijocas