sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Lágrimas...

                
 Teardrop pôs-me a pensar no quanto tenho chorado ao longo desta minha vida. Sempre fui de choro fácil, talvez já desse para encher um lago, quiçá um oceano. Agora estou mais moderada, mas sem avisar, seja por solidariedade, seja por tanto rir, as lágrimas saltam e não há como pará-las.
Vejamos, já chorei por:
Frustação, raiva, dor (fisica e emocional), alegria, remorsos, desilusão, identificação com certas situações, amor, amizade, piedade, pó no olho, recordações, constatação da minha idade, sei lá, parece-me que já chorei por tudo, ou talvez não. Quem sabe... ainda me falta chorar por tantas coisas. Vamos ver!
Só sei que de cada vez que chorei surgiu sempre um alívio, uma nova consciência, como se fosse uma 'limpeza facial, mas no interior.
Pois é, sou chorona e não vejo mal nisso, pelo contrário.

16 comentários:

Anita disse...

tb o sou.
por vezes tento nao demonstrar, mas as lagrimas saltam de uma maneira que nao o consigo evitar, quase tudo me emociona e é muito facil chorar, basta tar triste as lagrimas correm logo, sou assim.
bj e bom fds

BB disse...

faz bem chorar :)

Minharealidade disse...

Todos temos esse direito eu também sou assim, choro por tudo e por nada, por vezes é mau mas na maior parte das veezes é bom cporque como tu disseste é mesmo uma especie de limpeza, sentimos um alivio muito grande depois de o fazer.mos .
Um bom fim de semana , bjinho

C. disse...

Eu também sou uma chorona interminável.
E acho que enquanto conseguirmos chorar, e meter ca para fora tudo o que doi lá dentro, a nossa dor fica um bocadinho mais facil de suportar.
Um grande beijinho

AFRICA EM POESIA disse...

CHORAR faz bem e eu também choro quando preciso ,sem ter medo...

beijinhos e saudades

mfc disse...

Somos numa percentagem enorme emoção e sentimento, pelo que chorar e emocionar-se entendo que é absolutamente natural!
Tenho pena é daquelas pessoas que não o conseguem!

Aileen disse...

eu quase nunca choro, mas quando o faço é por tanta coisa. Vou acumulando o que me magoa e faz sofrer, e chega a um dia e rebento.

Pérola disse...

É bom sentirmos a nossa humanidade ainda que isso, por vezes, nos faça sofrer até ao limite.

Pérola disse...

Por vezes é a única coisa que podemos fazer...

Pérola disse...

É uma das facetas da vida que nos ajuda a parar quando se torna necessário.

Pérola disse...

Talvez não seja bom acumular até estravasar, porque o 'recipiente' pode não aguentar e 'rebentar pelas costuras' como se costuma dizer.
Experimenta rir tanto que não consegues impedir as lãgrimas de saltarem. é muito bom!

Pérola disse...

É como um lavar de alma.Temos muita tendência a esconder a maior parte dos sentimentos -às vezes é necessário- , mas não conseguimos controlar tudo e...ainda bem.

Pérola disse...

Se existem pessoas que nunca choraram é porque devem ter alguma 'doença'. Mesmo, às escondidas, todos nós já derrámos umas lagrimitas, penso eu, porque faz parte de ser humano. E isto é bom!

Pérola disse...

Grande valente! Eu também raramente consigo controlar-me, mas há pessoas que não merecem ver a nossa vulnerabilidade.

Valsita disse...

sou chorona... e choro sem conseguir controlar... principalmente quando me enervo com alguma coisa ou alguem.
Antes ficava furiosa por nao conseguir controlar o meu choro nervoso em frente às pessoas, mas acabava por não dizer tudo o que me ia na alma e que as pessoas até precisavam de ouvir.
Agora não quero saber!
Chorar não é sinal de fraqueza, e já que nao consigo controlar, choro... mas não deixo nada por dizer!
Lavo a alma!
Felizmente... também choro muito de felicidade :) num sorriso da minha filha, no amor do meu marido...

Pérola disse...

Que bom! È ótimo apreciarmos a nossa humanidade. Quando não damos azo aos nossos sentimentos de se libertarem, eles ficam acumulados e pode dar origem a muitas neuroses, frustações e outras coisas que tais.