domingo, 12 de agosto de 2012

Grito

Tumblr_m7dfizffu11rxn2kjo1_500_large
Num grito enraivecido, renasci!
Deixei a chuva encharcada.
Os raios ensurcedores ficaram para trás.
Despida do passado, atrevi.
Não me chamem, não me atrasem.
Voltar o olhar para trás? Jamais.
Ergo-me.
Envolvo-me em roupagem estreada.
Desconhecidos pensamentos me assolam.
O coração oco, cheio de vácuo, espreita novas emoções.
Fênix da vida, exclusiva e inviolada mulher!



11 comentários:

Jardim de Algodão Doce disse...

O caminho é para a frente. Vais ver que o futuro será promissor.

C. disse...

Certamente o futuro será muito melhor que o passado :)

lu de lúcia disse...

Lindo!!!

✿ chica disse...

Intenso e lindo poema!beijos,chica

BB disse...

ás vezes é necessário dar um GRITO !!!

Flor Guerreira disse...

Um verdadeiro grito!! Já dei um do género ao fim de 11 anos de namoro...ainda bem que me enraiveci!

ONG ALERTA disse...

Maravilhoso, beijo Lisette.

dreams disse...

Sabes como costumo dizer às minhas amigas, o melhor ainda está por vir:) beijokinhas e boa semana!!!

Sentada na ponta da lua disse...

Um grito... às vezes é a melhor forma de libertação!

Opinante disse...

O que interessa é nunca desistir!

Dj LionMaster disse...

Ergue-te e segue o teu caminho sem o peso do passado...
:)
E nunca desistas.

Beijinhos