domingo, 5 de agosto de 2012

O Vestido

7ctx_large
Tomei um longo banho de imersão.
Passei o creme hidratante por cada centímetro quadrado da minha pele.
Pulverizei o corpo com o perfume que te inebria.
Nua, maquilhei-me vendo o teu sorriso no espelho.
Esgueirei-me pelo  vestido que comprei pensando neste encontro.
Entusiasmada, o relógio passava cada minuto no compasso certo. Não estava atrasada.
Deliciada com o aproximar do momento em que te iria rever, retocava a fivela da sandália, verificava os pertences na mala a cheirar a nova.
E turvada pela antecipação do sabor do teu beijo, desloquei-me até onde me indicaras.
Não era longe.
À minha passagem, olhos espantados  interrogavam-me.
Não havia tempo a perder.
Ansiava, desesperadamente, pelo êxtase do reencontro.
Cheguei  adiantada.
Quando é que não chego?
Desta vez, o relógio deixou de ser mau amigo.
Arrastava-se, pesadamente, nos segundos.
Não chegaste.
Resolvi esperar.
Contrariada pelo frio voltei a casa.
Despi-me e o vestido, no seu cabide, olha-me como advogado de acusação e testemunha de crime que não entendo.
Que aconteceu???

12 comentários:

✿ chica disse...

Sentimento de tristeza e frustração bem retratados aqui.Lindo! beijos,chica

C. disse...

Oh, é tão mau quando as pessoas se ausento, afastam, desaprecem sem dizer o porque.
um beijinho minha pérola

Nilson Barcelli disse...

Há pessoas que desertam quando chega a hora da verdade...
Obrigado pela tua visita, volta sempre.
Beijo.

edumanes disse...

A pensar num encontro
Se enganou no vestido comprado
Com o tempo se aproximando
Depois do seu corpo ter perfumado
Ao encontro da felicidade caminhando!

Da sandália retocou a fivela
E no espelho se mirou
Para ver sua cara tão bela
Na compra do vestido se precipitou?

Bom domingo para você, Não se engana na compra do vestido tá!

Um beijo
Eduardo.

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

Aconteceu que o que parecia não era...

E se calhar, só se calhar, o tipo está nas tintas para ela, ou ainda pode ser que tenha tido um acidente, verdadeiro ou inventado, importa que ela vai acreditar nele (no acidente) e vão ter a oportunidade de um novo encontro.

E... se calhar ainda, ainda bem que ele não apareceu ;)

D.N. disse...

Tanto sentimento... Como estive ausente perdi-me na história tenho de voltar atrás.
Bom fim de semana
Beijinho e obrigada pela força

Milita* disse...

Esperava um final feliz :(
Se eu fiquei triste, imagino tu :'(

Cidchen disse...

Não gosto nada de coisas tristes. :(

Blackye disse...

"Vou levar o vestido azul...aquele que tu gostas mais e vou soltar o cabelo para dançar com o vento" - Peço desculpa, não pude deixar de me relembrar nesta triste história de amor...
Beijinho

Mona Lisa disse...

Não era amor! (o dele)

Beijos.

Flor Guerreira disse...

Ai que desespero e desilusão! Já passei por algo semelhante, em tempos! Lindo!

Lilá(s) disse...

Estou a meio das férias, ando desactualizada este é o final? é que gosto de finais felizes...
Bjs