domingo, 9 de novembro de 2014

Descaminho com curvas




Quero percorrer cada descaminho teu,
saber das tuas curvas,
acidentar-me de olhos fechados,
no sabor da tua boca,
em encaixe perfeito.

Quero ouvir a toada de tuas mãos,
de onde nascem as flores de prazer,
perfume da rota que me deixa sem pé,
na inclinação vertiginosa de ti.

Quero tanto,
quero tudo,
só não quero a via estreita,
a reta sem paisagem . . .





29 comentários:

Andreia Morais disse...

São as curvas que dão encanto à vida.

Beijinhos*

Laura Santos disse...

Lindo!
Uma recta sem paisagem seria um aborrecimento. Só as curvas e contra curvas trazem alguma vibração.
xx

Célia sousa disse...


E os caminhos da vida,
Tem tantas curvas...

Traçados sinuoso proporcionados
de um corpo de uma pessoa !

Bjs Pérola.




Cidália Ferreira disse...

Que poema lindo. Pérola

Amei!!


Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Francisco disse...

Lindooooooooooooooooooooooooooo

:D

Beijinhos grandes

Magda Carvalho disse...

Que lindo poema :)

http://retromaggie.blogspot.pt/

Agostinho disse...

Deslumbrada nas paisagens luxuriantes da paixão.
Boa, Pérola.

Edumanes disse...

Encaixe perfeito!
tem cuidado nas curvas
podes seguir a direito
nas noite escuras!

Que beleza de encaixe,
com curvas ou não
não fica tensa relaxe
na correta posição!

Estás apaixonada,
qual é a tua paixão
com isso não tenho nada
dos olhos não deixa cair no chão
lágrimas, no teu descaminho
para sossegar o teu coração
com muito amor e carinho.

Boa noite e um beijinho.

Elvira Carvalho disse...

As retas são perigosas. Tão "chatas" que nos fazem dormir.
Um abraço e uma boa semana

Bandys disse...

Oi Perola,

O caminho do amor é
simplesmente maravilhoso.
Queremos tudo de melhor, de mais bonito. Ele é enfeitado.
Linda poesia.
beijos

Pedro Coimbra disse...

Mais um poema muito quente, Pérola.
Beijinhos e votos de boa semana

Elisabete disse...

A vida não é uma linha reta, temos que contornar muitas curvas...
Bjs

Arco-Iris disse...

"Quero tanto,
quero tudo,
Só não quero a via estreita,
A reta sem paisagem... "

Muito bonito.
Beijinhos

SOL da Esteva disse...

Um belo Poema de Amor.
Desejar conhecer cada recanto da vida do ente que é o ser Amado, é Amar sem querer a facilidade da aparência exterior.
Gostei.


Beijos


SOL

Bergilde disse...

Oi Pérola,bom dia e uma semana especial pra você!
Suaves e doces as curvas que conduzem ao coração,versos que muito nos encantam...Abraço fraterno,

Laine artes disse...

São muitas curvas mesmo nos caminhos da vida, bjs e uma linda semana.

Juliana Rosa disse...

Adoro esse tipo de romantismo, meio erótico e ao mesmo tempo cheio de toques delicados. Vc consegue nos surpreender cada vez mais. Lindo! Boa semana.

Fábio Murilo disse...

Tudo que tem direito, começou..

Crocheteando...momentos! disse...

Nas encruzilhadas da vida...é bom que hajam saídas...e se possível...percorridas com o AMOR!!!
Bj amigo

Poesia do Bem disse...

Lindo e repleto de paixão. Amo poemas envolventes. Tem novidades no poesia, bjs

Mariangela disse...


E são muitos os caminhos a conhecer...
Lindo Pérola!
Beijos,
Mariangela

Dani disse...

No amor a reta não atrai, são as curvas que deixam tudo melhor.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola...a reta é o caminho mais curto mas perde-se a paisagem.
Um abraço

Sónia TM disse...

Tudo o que tem curvas, é bom ;)



www.tarasemanias.pt

José Carlos Sant Anna disse...

E depois dizer de cada curva ou nada dizer por que sentir é melhor do que dizer de cada curva...
Abraços, Pérola!

emanuel moura disse...

Querida amiga que seria da vida sem curvas ,belo momento de poesia ,muitos beijinhos ,feliz semana .

Cláudia disse...

Eu também quero! =)

Beijocas

Nidja Andrade disse...

Cantinho lindo o seu. Te seguindo... te espero no meu humilde e recém nascido blog. bjs

Maria Silva disse...

Fazes amor em cada verso...e eles escorrem como pérolas.
Beijinho.