quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Em tons de cinzento


- Porque te acizentas, pequena flor?

Abre tuas pétalas,
sorve o orvalho oferecido,
pinta-te de cores mil,
vai,
liberta teu perfume por aqui, 
por aí,
no acaso da vida.


Olha a luz,
a ternura que te acena,
a paleta colorida dos afetos,
que te aguardam 
em improvisadas aventuras,
atreve-te,
abusa do esplendor das vestes 
do ser único que és tu!

- Despede-te do cinzento, pequena flor!

Solta a sombra que te diminui,
deixa ir,
agiganta-te em cor tua,
só tua.



47 comentários:

AFRODITE disse...


Até é "pecado" olharmos a beleza de uma rosa se a virmos apenas a preto e branco e em tons de cinza!
A vida é cor... é êxtase... é brilho... como o das Pérolas! :)


Beijinhos...
(penitentes por te visitar tão pouco)

Maria Adeladia disse...

PÉROLA:Bom dia!Tudo bem? Muito bom o poema.É uma reflexão de vida!Para que a nossa passagem aqui na terra tenha valor, necessitamos do colorido, das transformações, das novidades.Belíssimas palavras,querida.O preto com o branco demonstra uma vida melancólica, por isso que as mudanças são benéficas.Beijos e uma boa semana.

Maria Adeladia disse...

PÉROLA:Bom dia!Tudo bem? Muito bom o poema.É uma reflexão de vida!Para que a nossa passagem aqui na terra tenha valor, necessitamos do colorido, das transformações, das novidades.Belíssimas palavras,querida.O preto com o branco demonstra uma vida melancólica, por isso que as mudanças são benéficas.Beijos e uma boa semana.

Edumanes disse...

Acinzenta-se a flor,
falta de calor ela terá
quem tem falta de amor
triste no mundo viverá?

Um beijo.

Arco-Iris disse...

Chegou aqui um perfume de uma flor,que transmite um hino à Vida,e já agora com o tom colorido de um" Arco Íris "
Beijinhos
:)

Laura Santos disse...

Se até uma rosa se acinzenta, o que dizer de um coração que sofre.
O sol num e noutro caso, fazem falta. Bela alegoria, Pérola!
xx

Mariangela disse...

Que todas as "rosas" não percam jamais, a essência e o colorido!
Lindo Pérola.
Beijos
Mariangela

Guaraciaba Perides disse...

Nunca uma rosa cinzenta...que se transmute em cores de alvorada...que o mundo se prepare para flor radiosa e só assim que tudo valha a pena.
um abraço

Nidja Andrade disse...


Pérola querida, tem dias que as nuvens cinzentas combrem o céu dos nossos sonhos né? mas...ai pego a cor do sorriso de algumas pessoas especiais para mim e começo a me colorir...rsrsrs
De repente,as nuvens se vão...se vão em forma de chuva...chuva de graças,chuva de aprendizado...chuve de vida!... beijos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, é preferível vestir as cores do arco íris, transmitem beleza, felicidade com muito encanto.
AG

Cidália Ferreira disse...

Maravilhoso poema, com uma pitada de tristeza...No entanto gosto de cores claras.

Beijinhos

Mona Lisa disse...

Por vezes a vida é uma rosa cinzenta!!!

Magnífico poema!

Beijinhos.

Adriana Helena disse...

Sem palavras Pérola!
Encantada demais com a poesia da flor cinzenta, que, aos meus olhos de tão lindo que é, ficou colorida!

Talento poético é realmente para quem pode e não para quem quer ...rsrs Fico encantada com a leveza dos seus versos!!!

Beijos e parabéns!!! ♥♥
Maravilhosa semana!

emanuel moura disse...

Tudo e belo e encantador quando do coraçao emana tamanha leveza ,muitos beijinhos querida amiga Perola

Denise disse...

Estes dizeres servem tb para a raça humana, que se esconde na amargura, na depressão e outras tantas doenças da alma. Lindo poema! Muita paz!

José Carlos Sant Anna disse...

Os tons cinzentos dizem mais que mil palavras... e para penetrar o silêncio do cinza, é preciso conter a respiração para nos darmos conta das nossas carências!
Beijos, Pérola!

Maria Alice Cerqueira disse...

Hoje vim agradecer a você minha amiga que contribuiu para o sonho de Uma Menina Chamada Esperança se concretizasse.
No dia 24 aconteceu o lançamento do meu livro. Correu todo bem graças a Deus
Obrigada de Coração!
"A esperança tem a força e o doce poder de tornar a nossa vida mais harmoniosa e menos dolorosa, e igualmente sonhadora para todos.'
Você pode adquirir seu livro na livraria Saraiva
http://www.saraiva.com.br/uma-menina-chamada-esperanca-8258681.html
Uma linda Tarde para você!
Abraço amigo!
Maria Alice

Poesia do Bem disse...

Maravilhoso poema. Há que se cobrir de cor na vida. No blog tem novidades depois passa lá, bjs

Crocheteando...momentos! disse...

Curiosamente faço um esforço para gostar do cinzento...fico sempre com a sensação que me "prende"!!!
Gostei deste momento "acinzentado"
Bj amigo

Francisco disse...

Por vezes custa, mas nada como vestir cores alegres

:)

Beijos

Andreia Morais disse...

Temos que dar cor à nossa vida, por mais difícil que seja.

r: Também tenho imensas saudades daquele lugar, já não vou lá há muitos anos

Beijinhos*

Olinda Melo disse...


De dias cinzentos estão repletos os nossos dias, realmente. Saibamos seguir o apelo que imprime neste tão belo poema.

Bjs

Olinda

Pedro Coimbra disse...

Os tons que pintam Portugal por estes dias :(

Solange Duarte disse...

lindos versos...

bjs.Sol

vendedor de ilusão disse...

Em versos primorosos dissestes que não devemos nunca viver na obscuridade. Gostei muito do poema!

Elyane Lacerdda disse...

Lindo poema!
Vamos viver a luz do dia, deixar que a claridade das emoções nos invadam por completo!
Bjus e parabéns!
http://www.elianedelacerda.com

Bell disse...

Tudo na vida tem uma fase que fica sem cor, meio cinzenta, mas ainda bem que isso tb passa e a gente pode colorir e recolorir.

bjokas =)

Opinante disse...

Mais um poema delicioso!

Labirinto de Emoções disse...

Olá Pérola
A vida é como uma flor, se ela não se abrir ao sol, e a beleza, não for regada diariamente com amor, fenece...
O teu poema é um hino à viva!
Que ela possa ser vivida com toda a sua plenitude.
Beijinho grande
Teresa

Agostinho disse...

Um poema bem construído.
Cinzento que não é pelo brilho da Pérola.

vitorchuvashortstories disse...

Olá,Pérola!

Cinzento é cor pesada, e também inibidora do viver a vida.E a rosa triste aqui apresentada é uma metáfora com muito de verdade e bem construída.

Beijinhos
Vitor

Lilá(s) disse...

O tempo está cinzento, o país também, até a tua flor se contagiou e perdeu a cor?
Bom fim de semana poeta linda
Bjs

José María Souza Costa disse...

Olá.
Bom tudo.

Vim, desejar-te, um fim de semana, bem bom.
Muita Paz. Desejos de alegria. Certeza sim, que independente da tua religiosidade, o Criador, está sempre de plantão, olhando por mim e por ti, e nos convidando, a refletir sempre, que o melhor do mundo, somos nós, os seres humanos. Por isso, somos humanos e, criados, à sua semelhança.
Dito isto, te convido a vim " cumê' um "manuê" cá no meu blogue.
Um abraço.

José María Souza Costa disse...

Olá.
Bom tudo.

Vim, desejar-te, um fim de semana, bem bom.
Muita Paz. Desejos de alegria. Certeza sim, que independente da tua religiosidade, o Criador, está sempre de plantão, olhando por mim e por ti, e nos convidando, a refletir sempre, que o melhor do mundo, somos nós, os seres humanos. Por isso, somos humanos e, criados, à sua semelhança.
Dito isto, te convido a vim " cumê' um "manuê" cá no meu blogue.
Um abraço.

Graça Pires disse...

Um poema muito bom. Talvez a rosa só pareça cinzenta porque a noite está com ela...
Beijo.

Arco-Íris de Frida disse...

A natureza sem cor... é uma natureza triste...

Beijos...

ReltiH disse...

MUY DISIENTE TU POST.
UN ABRAZO

Hellz. disse...

preciso aprender também a sair do cinzento...

beijo
beinghellz.blogspot.com

Francis disse...

Olá...

Sempre com maravilhosos versos não é mesmo?
Por vezes perdemos nossa cor e brilho. Por vezes perdemos nosso perfume e glória. Mas como diz um velho ditado: sempre após uma tempestade nascerá um arco-íris... E que venham as tempestades e os arcos-íris! Colocaremos todos eles em versos e brilharemos novamente...

Ótimo domingo pra ti!
Abraços...

Simone Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Lima disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Simone Lima disse...

Pois eu amo as rosas brancas *-*
Lindo teu poema, se ela soubesse que amamos as suas cores, ela não se acinzentaria!!

Beijoo'o
flores-na-cabeca.blogspot.com

Elvira Carvalho disse...

Será que a rosa se acinzentou ou são os olhos de quem a olhou que andam sem brilho?
Um abraço e uma boa semana

Sónia TM disse...

Com uma cor mais alegre ficaria mais linda ;)


www.tarasemanias.pt

Emília Pinto disse...

Mesmo cinzenta a tua rosa é linda. E quem disse que o cinzento não é uma cor bonita? Temos é que junto a ela colocar umas outras mais vivas, mais alegres, muito garridas. Assim temos de fazer com a vida também, aos momentos negros e cinzentos misturamos os alegres e sorridentes e quando a noite chegar pensamos...afinal o dia não foi nada mau! É que não há um momento de cor igual e com uma tão grande variedade de cores há que saber misturá-las. Um beijinho, Pérola e parabéns pelo belo poema, um hino à vida.
Emília

A Gata de Saltos Altos disse...

Bonito texto! =))

Beijinho

http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

EU disse...

Há tanta cor encoberta pelo cinza de momentos!
Um poema que se abre e me espanta o sentir!
Bjo, Pérola :)