quinta-feira, 30 de abril de 2015

Sem 'Nós'


Gosto do silêncio do Mundo,
onde entranço a solidão,
no medo de me olhar.

Gosto do desfiar de afetos,
onde a imaginação me sorri,
na fantasia de me ser.

Gosto do nó de cordas,
onde desato o meu grito,
no desejo de me ouvir.

Gosto do mar do amor.
onde sorvo as gotículas,
nas ondas de me sentir.




33 comentários:

emanuel moura disse...

Como seria bom viver a vida sem nós ,adorei querida amiga Pérola ,muitos beijinhos no coração.

✿ chica disse...

Muito linda,Pérola! bjs, chica

Ricardo disse...

Por este andar vamos ter mais edições do "Pérolas ao Vento".
Acho que nunca te disse que adorei o teu livro ao ponto de ter comprado e oferecido alguns exemplares.
Beijinho e bom fim-de-semana!
:)))

Patrícia disse...

Genial, Pérola!
Bom seria ter somente os 'nós' das amizades e amor no mundo.
Bjs, querida

João Eduardo disse...

|||||||||||||
Gosto. Gostaria de entrar nesse poema e senti-lo e de não sair de lá. Ficar eternamente...

Cidália Ferreira disse...

Bom dia
Como sempre, és maravilhosa, em tudo o que escreves! Adorei!

Beijo e bom feriado

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Laura Santos disse...

Seria bom que os laços tivessem mais força que os nós.
Belo poema, Pérola!
xx

Santa Cruz disse...

Pérola: Muito belo amei ler. Bom dia do trabalhador e bom fim de semana.
Beijos
Santa Cruz

Edumanes disse...

Desaperto o nó!
aperta mais o laço
nunca numa vez só
faças só por acaso?

Tenhas um 1º. de Maio maravilhoso,
com tudo mais o que desejas na vida
que nada em tua vida seja estorno
para ti envio um beijo Pérola amiga!
Eduardo

Andreia Morais disse...

Todos precisamos de nós, mas não demasiado apertados, porque assim sufocam-nos e impedem-nos de viver.

Beijinhos*

Mona Lisa disse...

Eu adorei o teu poema!

Beijinhos.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola, uma trança delicada que manifeste a beleza sem embaraços...é tudo que se quer.
Um abraço e um beijo

Mariangela do Lago Vieira disse...

Que maravilhoso haver mais laços do que nós. Que linda inspiração Pérola.
Beijos,
Mariangela

Cristina Cebola disse...

Olá Pérola.

Que a vida te surpreenda sempre, com lindos laços de afectos...

Gostei muito do poema, deixo beijinhos...

Agostinho disse...

Gosto!!!

Nidja Andrade disse...

Como é bom passar por aqui para ler e aprender!...
Sentindo tua falta por lá!...
AbraçO

SOL da Esteva disse...

Poema/grito de gente que sente. Uma mensagem sublime.


Beijos


SOL

Mirtes Stolze. disse...

Boa noite Perola.
Que lindo, o amor os laços que nós prende a vida. Um feliz més para você amiga, com laços verdadeiros. Beijos.

ReltiH disse...

UN TEXTO MUY SIGNIFICATIVO.
ABRAZOS

Isa Sá disse...

Bonitas palavras.

Isabel Sá
https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Claudia Rodrigues disse...

Gostei muito...
;) bjs

Maria Teresa de Brum Fheliz Benedito disse...

Que lindo Pérola!
Tocou fundo meu coração.
Um abraço querida e grata por sua doce visita.

Nal Pontes disse...

Lindo poema, gostoso de se ler. Saudades de vc amiga. Bjs

Til disse...

E gostas de gostar?

Existe Sempre Um Lugar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, o seu gosto é excelente, eu também gosto.
AG

Joana Rosa disse...

Uau! Que palavras maravilhosas! Um beijinho!

Edumanes disse...

Porque és filha e Mãe!
Parabéns a todas as Mães,
neste dia 3 do mês de Maio
estejam todas isentas de aflições
tocam os sinos no campanário
para mais alegrar os vossos corações!

A minha já não está neste mundo,
está no outro mundo a descasar
que o seu descanso seja profundo
com saudades minha Mãe te desejo abraçar!

Tenha amiga Pérola um resto de bom domingo, um beijo,
Eduardo.

Braulio Pereira disse...

Adorei

amiga.

beijos.

Cláudia disse...

Bonito!

Beijocas

José Carlos Sant Anna disse...

Sem nós, mas não a sós,
sem estrangular o coração
desatar a solidão
sem nenhum cansaço
porque desatar nós, cansa!

Beijos, Pérola!

Lilian Neves disse...

Olá lindo poema e belíssimo blog estou seguindo!!
Abraços e até breve!

EU disse...

Poema de recolhimento onde os nós se desatam, libertando (-nos).
Gostei imenso, Pérola
Bjo :)