segunda-feira, 21 de julho de 2014

Da água



Como rio que serpenteia a terra,
como mar que beija a areia,
como lago que se afunda em segredo
assim tu és,
minha água de vida.

Sorvo-te em tragos desalmados,
inundo-me em teus temporais,
afogo-me na força da tua torrente,
descanso nos braços de teu ribeiro.

Soltas o cheiro da terra
em chuva embriagada,
tornas-te visita inusitada
para tantos que te não querem.

És tisana curativa,
lágrima gemendo dores mudas,
transpiração de amor,
suor de coisas mais,
minha água que sacia.


30 comentários:

Denise disse...

Belo poema! Amei seu cantinho. Obrigada pela visita. Muita paz!

Sofia Pinto Silva disse...

Adorei o poema! :)

MORNING DREAMS

Sofia Silva

Beijos*

Claudio Chamun disse...

Muito bonito;
Eu adoro água.
Rios, lagos, Mar. até córregos.

Bjs

Francisco disse...

Adorei ;)

Beijos grandes

Magda Carvalho disse...

Que lindo poema :) Gosto tanto do cheiro da terra com aquela chuvinha de inverno.
http://retromaggie.blogspot.pt/

Pedro Coimbra disse...

Essencial.
Adormeço depois de beber água.
Acordo e bebo um copo de água.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Que lindo poema,Perola

Saudades de você no meu blog.

Visite e comente.Tem posts novos!
Beijos e uma semana de alegrias

Donetzka

Face Book:

https://www.facebook.com/donetzka.cercck

Twitter: @donetzka13

Instagram: @donetzka


http://instagram.com/donetzka

Flickr(Minha galeria de imagens):

https://www.flickr.com/photos/123498631@N06/


Blog Magia de Donetzka



Sérgio Santos disse...

Linda poesia. Bjs e boa semana!

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Pérola
Poema maravilhoso!

Tem um dia feliz
Beijos

Coisas de Uma Vida 172

Marina Fligueira disse...

¡Hola. Perola!!!

encantada de pasearme por tus letras, hoy le cantas al mar a la arena, al lago, en definitiva al agua que lava el alma y el cuerpo.

Preciosos verso, Poeta.
ha sido un inmenso placer.
Te dejo mi gratitud y mi estima siempre.
Un abrazo y se muy muy feliz.

Crocheteando...momentos! disse...

Mais um belo poema...gostei imenso...bj

António Jesus Batalha disse...

Um dos bens essenciais à vida com este lindo poema,Gosto da forma como fala da água,e como usa as suas palavras,também escrevo umas coisas um pouco diferente.Abraço.Peregrino E Servo.

Andreia Morais disse...

É mesmo fantástica a forma como partes de pequenos elementos e os conjugas tão bem. Transportando-nos para a realidade que descreves.
Adorei, como sempre!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

É sempre bom um recosto assim...

beijo amigo

Arco Íris disse...

Lindo Poema.
Tendo como tema essa preciosidade que é a Água.
Beijinhos

Mariangela disse...

Bom dia Pérola, linda poesia, e como descreveste maravilhosamente esse bem que se tornou tão essencial para nós.
Obrigada pela sua visita!
Beijos
Mariangela

Bell disse...

Que essa água nunca venha faltar.

bjokas =)

Desbravadores de Livros disse...

Adorei a poesia. Simplesmente encantadora e deu água na boca. Perfeita.

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho

Maria Alice Cerqueira disse...

Boa tarde Pérola
Belo poema!
Linda tarde para você!
abraço amigo
Maria Alice

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
a agua é essencial, certamente que agua do rio a leva para os braços da margem que lhe dá todo o afecto.
Como sempre acontece, " é lindo o que escreveu."
Dia feliz
AG

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Helena Medeiros Helena disse...

Gostei do título do teu blog, gostei da assinatura, gostei dos poemas... ah, como gostei! Muito do que li por aqui gostaria eu de ter escrito. Tua poesia sensibilizou-me, teus versos encantaram meu olhar e enterneceram meu coração. Voltarei outras vezes, pois me identifiquei com teu modo de versejar.
Fica um sorriso, fica uma estrela, fica meu carinho,
Helena
(http://helena.blogs.sapo.pt)

Mona Lisa disse...

Magnífico e intenso poema com cheirinho a Verão.

Beijinhos.

emanuel moura disse...

Agua que sacia a sede de viver ,um maravilhoso poema muitos beijinhos Perola

Zilani Célia disse...

OI PÉROLA!
E, NA CORRENTEZA DE TODAS ESTAS ÁGUAS NASCEU, TEU LINDO POEMA.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Agostinho disse...

Gotas de Pérolas a saciar a sede da gente.

Eduardo Maria Nunes disse...

Essa tua água de vida!
bebe já se te apetece
se emborcarem a bilha
antes dela ser bebida
na terra desaparece...

Um beijo.

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Pérola!

Preciosa esta água de vida, que não só mata a sede como alimenta.
Metáfora com verdade escondida...ou se calhar não, está lindamente construído o poema.

Beijinhos
Vitor

Guaraciaba Perides disse...

A água como essência fundamental à vida assim como o amor.
Um abraço

Guaraciaba Perides disse...

A água como essência fundamental à vida assim como o amor.
Um abraço

Celso Santos disse...

Linda poesia querida Pérola. Gostaria de ter seu talento, que atrai a cada verso até termos devorado estrofes inteiras em um piscar de olhos. Parabéns. Também tenho meu blog onde escrevo alguns ensaios e poesias. Me sentiria muito honrado se viesse visitar-me. Um abraço. http://dizendoamente.blogspot.pt/