segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

A melodia do silêncio



" E todo o silêncio é música em estado de gravidez."
Mia Couto



Quando me olhas
és música que me harpeja,
melodia que me faz sonhar,
o canto que me enfeitiça.

Quando me tocas
és gemido de prazer,
desejo por fazer,
vontade a recomeçar.

Quando me emudeces
és o som que quero ser,
refrão vicioso, 
ao ritmo de repetições desiguais.

Quando me chegas
és sinfonia de sentidos,
harmonia que me desconjunta,
és o sentido de mim.




41 comentários:

José Carlos Sant Anna disse...

Que bom! Quando o tu chega é essa música silenciosa repousando em pauta musical no varal pelo quintal do corpo.
Beijos, Pérola!

José Carlos Sant Anna disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
PEQUENOS DELITOS RENOVADOS disse...

Simmmmm.. é o silêncio, gestação de um novo som!!!

✿ chica disse...

MARAVILHA!! Linda poesia e a imagem fala muito! bjs, chica

Elvira Carvalho disse...

Um belo poema, em que a musicalidade e a sensualidade se fizeram presente em cada verso.
Muito bom.
Um abraço e uma boa semana

Cidália Ferreira disse...

Soberbo o teu poema~, Pérola

Amei

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Claudia Rodrigues disse...

Que lindo poema hehe...
R: Eu também gosto :) bjs

emanuel moura disse...

Bela poesia querida amiga Perola ,palavras que viram harmonia no seu belo escrever ,muitos beijinhos

Juliana Rosa disse...

Sim o silencio é o elixir da criação. Uma feliz semana, sublime Pérola.

Ana S. disse...

Muito bonito. O silêncio é fundamental para adquirir paz na alma. O amor é tudo o que for preciso na hora certa e na altura certa. Beijinhos

Poesia do Bem disse...

Quando se chega o amor ai sim somos música de plena alegria. Lindos versos. tem novidades no blog, bjs

Andreia Morais disse...

Que lindo, Pérola! Fico sempre encantada com o que escreves *.*

Beijinhos*

M D Roque disse...

O som do silêncio é um dos sons mais angelicais e belos do mundo :)
Beijinho

Laura Santos disse...

Um belo poema feito sinfonia de silêncio e música!
Muito belo.
xx

Maria Eu disse...

Fica-se assim, rendida!

beijinhos, Pérola! :)

Gracita disse...

Uma linda sinfonia!
Sensual, silenciosa e romântica
E este silêncio diz tantoo!!!
Beijinhos, Pérola

Rosemildo Sales Furtado disse...

Olá Pérola! Mais uma vez, nos presenteias com um belo e profundo poema.

Estou retornando com a esperança de poder continuar contando com a tua valiosa amizade.

beijos,

Furtado.

Lucas - Blog: Overture disse...

Li, reli, encantei-me do que disseste, e fiquei por aqui, movido à poesia, pensando: como é doce, como é belo, como é bom na nossa vida um quando! Belíssimo! Beijossssssss

Pedro Coimbra disse...

Desejo em forma de poema.
Boa semana

Bergilde disse...

Bela poesia cativante e emocionante tal como uma linda música que toca fundo no nosso coração,bom dia e abraços meus!

Sónia Miranda disse...

Sempre lindo

Mirtes Stolze. disse...

Bom dia Perola.
Um poema magnifico, onde o momento não precisa de palavras, a entrega do corpo e da alma. Um feliz dia.
Beijos.

Made by Uss disse...

Que bonito poema que me fez sonhar

Graça Pires disse...

Um poema com a música e o silêncio necessários...
Beijo.

Guaraciaba Perides disse...

Entre o silêncio e a música há o encanto de um olhar que põe o amor em movimento...
um abraço

Isa Sá disse...

Bonito poema.

Isabel Sá
https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

Bell disse...

Lindo =)

Teresinha disse...

Lindo!...
Bj

Daniel Costa disse...

Pérola, que belo poema de Mia Couto, que conheço pouco do seu pensamento literário. Estou motivado a procurar conhecer mais e melhor.
Abraços

Crocheteando...momentos! disse...

ADOREI Pérola!
Eu gosto imenso de escutar o Silêncio!
Bj amigo

CÉU disse...

Mia Couto escreve com todos os sentidos. E que o parto aconteça!

Beijinhos.

Rute disse...

Perfeito. beijos boa semana

São disse...

Gostei do texto.

Maia é um ser tão sensível...

Beijinhos, lindinha

São disse...

MIA, claro, não maia

Isy disse...

Essa primeira frase faz mesmo muuuito sentido!

Bjxxx

Mariangela do Lago Vieira disse...

Oi Pérola!
Este é um momento que palavras são desnecessárias...basta-nos o silêncio!
Lindíssimo.
Beijos,
Mariangela

Nadine Granad disse...

Encantada com tantas pérolas ;)

Andreia Morais disse...

r: Quando surgir a oportunidade recomendo a visita, é uma cidade em constante crescimento e está cada vez mais bonita!

É mesmo :)

Beijinhos*

ricardo alves / são paulo,brasil disse...

este é um texto que realmente transborda sensibilidade e sonoridade!

Carmem Grinheiro disse...

Belíssimo jogo do silêncio e da música do amor.
Soberbo seu poema, Pérola e muito linda imagem.
bj amg

Isa Sá disse...

Bonito poema.

Isabel Sá
https:www.brilhos-da-moda.blogspot.pt