segunda-feira, 31 de agosto de 2015

quero (meu) mar . . .



Por entre céus e mares
perco o pé de terras firmes.

Sou novelo
do fio do tempo,
emaranhada
no turbilhão 
das águas do  meu pensar.

Sou assim,
onda sem chão,
gota soprada
em ventos de 'outroras'
por onde me alheio.

Em oceanos desassossegados,
sem costa à vista,
dissolvo-me 
na tempestade molhada 
do mar alto,
onde me deixo afogar
na esperança de dar à costa,
noutros continentes,
em hemisférios por desvendar.

Por mares a que chamo meus,
nada mais sou,
mulher inquieta,
perseguida por adamastores
de pulsos adornados
com relógios
que me enlouquecem.

Pois, se entre estes
céus e mares me perco,
neste abandono de água, 
que acusação me tem o tempo
ao não desviar o seu olhar 
do nevoeiro por onde me habito?

Oh! Tempo!
Não te quero!

Solta-me das tuas correntes
e deixa-me ser no meu mar,
onde sonho a areia
da minha pegada,
o desaguar em praia 
banhada da ternura
de quem tu sabes
para morrer em maré cheia
dos beijos dele.

Pérola



34 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

Surfando nos versos da Poesia...

=)

✿ chica disse...

Beleza de mar e inspiração...E em mar de beijos, é bom se afogar,rs bjs, chica

Andreia Morais disse...

Somos, muitas vezes, um mar de emoções, revoltas, medos... Ora serenos, ora a transbordar.

Adorei!

Pedro Luso disse...

Olá.
Passo para desejar a você uma booa semana.
Abraços.

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola, que lindo fluir de sua alma na liberdade das águas que podem encontrar na praia o seu alento...livre na busca ansiosa da completitude.
Um abraço

Pedro Coimbra disse...

Eu ando a precisar de praia, de mar.
O corpo pede-me isso.

Cidália Ferreira disse...

Belo poema, Pérola.

Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/


Cláudia disse...

Bonito. Inspiração sempre ao rubro =)

Beijocas

Meu Velho Baú disse...

Lindo como sempre......
Bjs

Mona Lisa disse...

Hummmmmmmmmmmmmmmmmmmm...afogar num mar de beijos???...uma delícia!

Excelente poema!

Beijinhos.

Jovem $0nhador@ disse...

Lindo =)

Andreia Morais disse...

r: Sim, algumas não era necessárias, mas acabam por ser todas importantes para o nosso crescimento.

Beijinhos*

Bergilde disse...

O mar mais uma vez trazendo à tona sentimentos profundos por você tão bem revelados em versos,meu abraço fraterno voltando ao blogspot após férias!

Mariangela do Lago Vieira disse...

Que linda inspiração Pérola.
Ah este mar! Apesar das "revoltas ondas"....Como amamos!
Beijos!Uma linda tarde!
Mariangela

Francisco disse...

Muito bom, mesmo

Beijos grandes

Ana S. disse...

O mar dá asas a belos poemas!
É no bater das ondas que os pensamentos voam e nos fazem recordar bons momentos.

P.S- aAinda não vi a guerra dos tronos mas vejo tanta gente a falar nisso que não posso perder tempo. Pelo menos um bom motivo já tenho: O Jason Momoa! eheheh

Daniel Costa disse...

Dum modo geral a vida é mesmo um novelo, num emaranhado que a poetisa, procura no seu poema, procura e aponta uma interessante solução. Boa imaginação poética.
Abraço

emanuel moura disse...

Uma pérola preciosa querida amiga ,adorei do principio ao fim ,muitos beijinhos felicidades.

José Carlos Bastos Sant Anna Sant Anna disse...

há sobretudo este mar
sobretudo há este mar
este mar há sobretudo

há de convir este mar
como se rende o poema
neste sublime amor...

Beijos, Pérola!

ReltiH disse...

SIEMPRE TUS VERSOS TAN BELLOS.
ABRAZOS

Jaime Portela disse...

Espero que te afogues muitas vezes em poema desta qualidade. EXCELENTE, gostei imenso. Uma verdadeira pérola poética.
Pérola, tenha um bom resto de semana.
Beijinhos.

Claudia Grincho disse...

Já tinha saudades de me perder por aqui !!
Beijinho
Cláudia

http://oanodos40.blogspot.pt/

António Jesus Batalha disse...

Ao passar pela net encontrei seu blog, estive a ver e ler alguma postagens
é um bom blog, daqueles que gostamos de visitar, e ficar mais um pouco.
Eu também tenho um blog, Peregrino E servo, se desejar fazer uma visita
Ficarei radiante,mas se desejar seguir, saiba que sempre retribuo seguido
também o seu blog. Deixo os meus cumprimentos e saudações.
Sou António Batalha.

Agostinho disse...

Que evocação!
Uma Pérola a brilhar no seu elemento...

Bj

VitorNani disse...

Valeu a pena vir ler em seu blog, lindos versos por um mar infinito, onde o surfar melancólico e real.
Bjs!

Graça Pires disse...

O mar faz-nos sentir capazes de todas as ousadias e de todos os poemas. Gostei deste.
Um beijo.

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Soberana inspiração para uma Poesia sublime, profundamente sentida.


Beijos
SOL

Élys disse...

Uma pérola inspirada nos traz uma bela poesia.
Um abraço.

Morning Dreams disse...

Muito bonito :)

MORNING DREAMS

Sofia Silva, Beijos*

Lucas - Blog: Overture disse...

Teu mar... - e não outro! e não de outrem! Poderá o tempo não ouvir teu clamor e tua oração. Então, desanda-te, navega tuas águas mais profundas, afoga-te, naufraga se o naufrágio foe irresistível, vá dar à ilha mais inusitada! E ao fim, permita-te o tempo ou não serem sete os teus mares, poderás dizer-lhe: 'mas, naveguei... em mim'! Belíssimo, belíssimo, belíssimo! Beijossssssssss

Lucas - Blog: Overture disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
POESIAS SENSUAIS E CONTOS disse...

Escrever é a grande arte da alma e isso você faz muito bem... Bom dia

Manuel Luis disse...

O teu mar cheio por baixo de um céu azul.
É por isso que te procuro junto a costa.
Bj

Fernando Ferreira disse...

Perco-me nesse seu mar...