sexta-feira, 22 de abril de 2016

Criança


Criança minha,
do mundo 
e dela própria.

Fogem-me as letras
na maré cheia
de meus olhos,
pois se nos teus
me acho sem querer.

És-me encantamento, 
magia materializada,
nesse teu jeito
de te seres menino,
petiz para sempre
em mim.

Foto By Pérola



22 comentários:

Elisabete disse...

Pois, todos temos uma criança dentro de nós.
Bjs

Lucas - Blog: Overture disse...

Haverá alguma coisa mais bela que o amor puro? Haverá alguma coisa mais excitante que o sentimento materializado em alguém em quem nossa alma e nossas melhores e mais doces esperanças se materializam?
Não haverá.
Fotografia muito bela. Tua criança muito bela. Teu poema indescritivelmente belo. Quanto há de belo aqui?! Não sei contar.
Beijossssssssssss

Arco-Íris de Frida disse...

Criança linda...na fotografia e na descriçao do poema...

Zulmira Romariz disse...

Como é bom ser criança, a da foto é linda, poema delicado, bjs amiga

Poesia do Bem disse...

Que amemos a criança e não deixemos morrer a infância , a criança viva dentre nós. Tem novidades no blog

Francisco disse...

Quando estou com os meus sobrinhos, consigo ser pior que eles todos juntos ehehehhehheheheehe

Beijinhos

Cidália Ferreira disse...

Profundo! Amei

Beijo de boa noite.
Bom fim de semana.
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

emanuel moura disse...

Eterna criança querida amiga ,maravilhoso poema ,muitos beijinhos no coração.

jair machado rodrigues disse...

Ternura nos olhos da criança, ternura nas palavras do poema. Belíssimo post querida Pérola.
ps. Carinho respeito e abraço.

Guaraciaba Perides disse...

Belo de ver, de ler e de sentir!
Um abraço

Ana Martins disse...

Pérola, boa noite.
De volta ao blogue e a visitar os amigos.
Lindo o seu poema, as crianças são o melhor do mundo.
Beijinho.

Elvira Carvalho disse...

Eterna criança que todos trazemos no peito, embora poucos tenham o dom de se expressarem assim.
Abraço e bom fim de semana

Mari-Pi-R disse...

Estos ojos abiertos te buscan y te encuentran.
Feliz fin de semana.

Andreia Morais disse...

Maravilhoso *.*

ReltiH disse...

MUY BONITOS TUS VERSOS.
ABRAZOS

Ghost e Bindi disse...

É um poema encantador, como a infância despreocupada e sem medo que vamos perdendo ao longo dos anos, esquecidos que nada devemos temer, pois estamos seguindo o caminho que Deus dispôs, e para seus filhos ele só faz o bem...cada criança é o exemplo de como deveríamos ser, em nosso íntimo, a vida toda.
Abraços!
Bíndi e Ghost

Graça Pires disse...

Linda a fotografia. Excelente o poema.
Beijo.

Pedro Coimbra disse...

Vi hoje num blogue que sigo a imagem de uma criança a caminhar sobre m#%da em Goa.
Parece mentira.
E, no entanto, é tão real e tão revoltante.
Boa semana

A Casa Madeira disse...

Crianças ou imagens é sempre algo inspirador;
Todos temos uma por dentro por mais que viremos adultos;
Prazer em conhecer o blog.
janicce.

Cláudia disse...

É sempre bom não deixarmos morrer a criança que há dentro de nós =)

Beijocas

Adriana Helena disse...

Oi Pérola, tudo bem?
Fiquei enternecida com poema tão lindo...
Há tempos não vinha aqui, estava com saudades!
Obrigada por nos ofertar o seu talento e compartilhar belezas em versos!

Beijos e uma semana linda!

São disse...

Vivam as crianças, que ainda são o melhor de nós.

Acabei de ler o teu livro "Pérolas ao Vento" e espero o segundo.

Abraço com saudades