sexta-feira, 28 de outubro de 2016

por entre dedos


Sei de cor
cada linha de tua mão,
o perfume do teu toque,
a temperatura da tua pele,
a humidade da maresia
que se solta 
por entre dedos.

De olhos fechados
percorro cada curva,
rumo sem norte,
em estrada de 'nós'
trazidos na maré,
por entre dedos.



11 comentários:

emanuel moura disse...

Maravilhosa querida amiga ,desejo-lhe um fim de semana muito feliz ,beijinhos

Nal Pontes disse...

Uma poesia forte e linda de quem bem conhece o amor a paixão de sua vida. Parabéns. Bjs

Francisco disse...

Gostei muito

Beijinhos

José Carlos Sant Anna disse...

Este modo de conhecer é pessoal e intransferível.
Beijo,

Cláudia disse...

Muito bonito =)

beijocas

Cidália Ferreira disse...

Suavemente Belo!

Beijo
Bom fim de semana.

Elvira Carvalho disse...

Cada um tem no outro uma estrada de amor que bem conhece.
Um abraço e bom Domingo

Pedro Coimbra disse...

O sentido do tacto tão importante na nossa vida.
Boa semana

Graça Pires disse...

Um poema de amor cheio de subtilezas...
Uma boa semana.
Beijos.

Os olhares da Gracinha! disse...

Adorei!
Um toque de mestre!
Bj

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

A sabedoria do toque, não se irá perder como um punhado de areia; ela está com o vero sentimento que prende as Almas.


Beijo
SOL