quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Rotina...s...


375918_10151081133403302_1754802398_n_large

O tempo deve ser das poucas coisas igualitárias. É igual para cada um, em qualquer parte da Terra. Um segundo decorre durante o mesmo espaço de tempo aqui e na Austrália.

Um dos motivos a que nos leva a percecioná-lo de formas tão diferentes tem origem nas rotinas a que somos sujeitos desde o nosso pré nascimento.

Os horários, as tarefas pré estabelecidas, as ações auto impostas, o trabalho condicionam a maneira de sentirmos o tempo passar.
É como se o rotineiro nos amarfanhasse e deixassemos de ter espaço temporal para sermos tão somente o 'Eu'.

A sociedade organizada exige esta arrumação, esta definição de horas com acontecimentos pré determinados.

Contudo, os costumes podem e são os maiores inibidores de crescimento e de descobertas.
É que precisamos de tempo para evoluirmos e as rotinas condicionam-nos.
Repensar o tempo de  que dispomos precisa-se.
E com urgência.
Afinal todos temos prazo de validade.
Cabe-nos decidir como o queremos viver: em plenitude, fiéis a nós próprios...ou não.

(Corremos o risco de nos esfumarmos antes mesmo de 'sermos'.)

26 comentários:

Kapikua disse...

o caminho é mesmo esse, saber o que queremos da nossa vida e estabelecer prioridades.

✿ chica disse...

As escolhas são nossas, temos que cuidar de fazer o melhor! beijos,lindo dia!chica

Francisco disse...

Creio que um minuto depende muito de quem esteja dentro do wc ou à espera do mesmo... É uma questão de perspectiva...

Adorei :)

Bjs

D.N. disse...

Em tudo na vida estabelecemos prioridades, e muitas coisas mesmo assim perdem-se pelo caminho.
Beijinhos

Nany disse...

Eu, pessoa de rotinas assumidas, que gosta de surpresas, mas detesta alterações à última da hora, tal como detesta pressões do tipo: "ai já planeaste, aí já fizeste as malas", apenas porque acho que cada um tem seu tempo. Digo que temos de ser fiéis a nós. É difícil descobrir quem somos, é uma descoberta diária, mas se algumas rotinas nos condicionam, outras ajudam-nos a termos uma base.
Bjks

Jardim de Algodão Doce disse...

Acima de tudo devemos ser sempre nós e agir de acordo com a nossa consciência. Todos os dias fazemos escolhas.

Opinante disse...

É importante que a escolha do caminho seja nossa, senão podemos nos perder...

Mas uma coisa é certa, há um outro caminho a percorrer...

lena disse...

Olá Perola.
Não gosto de rotina rígidas no entanto as vezes tornam-se necessárias (infelizmente). Gostei muito do texto está muito bem escrito e a mensagem é muito interessante.
Beijinhos grandes.

Sentada na ponta da lua disse...

Fugir às rotinas não é coisa fácil. Mas há mil e uma maneiras de fazer render o tempo a nosso favor. Não é fácil mas é possível! Bj

Fifi disse...

Sim é verdade que a rotina acaba por nos condicionar mas acaba também por ser bastante funcional....

Violeta Santos disse...

Eu voltei a fazer exame hoje e passei, tendo cometido o mesmo erro mas menos vezes e acabando por passar :DD *
Obrigada pela preocupação, beijinho *

Cláudia disse...

Devemos saber sempre estabelecer as nossas próprias prioridades e tentar segui-las ao máximo..
Mas principalmente não perder tempo com coisas que nos ponham zangados..

Beijocas

lu de lúcia disse...

exactamente e deixar para trás tudo de mau!

Estrelinha Silva disse...

Querida Pérola, mais uma vez gostei muito do teu texto. Adoro vir aqui ao teu cantinho e ler os teus pensamentos...
Eu pessoalmente sou uma pessoa que gosta de ter tudo muito bem planeado para que consiga realizar todas(ou quase) as tarefas que me proponho a mim mesma para um só dia...é bastante útil organizar uma rotina, mas para não se tornar cansativo adoro de quando em vez fugir à regra e fazer algo espontâneo e não planeado...sabe bem para fugir ao ciclo vicioso que se cria :)
Claro que nunca esquecer as nossas prioridades e não perder tempo com coisas que nos aborrecem...
Beijinhos ***

► JOTA ENE ◄ disse...

Pois, o que me oferece dizer, é que sentimentalmente as rotinas matam o amor.

Beijo[ta]

PS - Ah, tens uma capicua nova no meu tasco.

http://capicuasdojota.blogspot.com/

edumanes disse...

Aqui ou na Austrália
Na Austrália ou na América
Por causa da represália
Vive muita gente na miséria!

Terra vermelha ou amarela
Alaranjada ou encarnada
Porque os homens dão cabo dela
Com as suas politicas trapalhada!

Todos se piram
Daqui para fora
Os que mais riram
Também vão embora!

Esse prazo de validade
Todos a ele têm direito
Acaba-se a liberdade
Porque o mundo assim foi feito!

Boa quinta-feira para você,
amiga Pérola,
um abraço
Eduardo.





Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Todos temos um prazo de validade, mas a maioria vive como se fosse eterno.
Damos pouco valor ao tempo e muitas vezes desperdiçamo-lo. Quando nos apercebemos disso, já é tarde...
Beijinhos

Maria D Roque disse...

Quem não tem rotinas... é tão triste constatar que nem sempre as conseguimos ultrapassar, mas as viva é para viver, enquanto podemos vivê-la com qualidade...

Blackye disse...

Fomos nós - humanos - que inventámos o trabalho e tudo mais, fomos nós que optámos por inserir e condicionar aos poucos a nossa existência. Só nos realizamos assim... Não sei até que ponto não teremos já cometido um grande erro.
Beijinho

Mona Lisa disse...

Há rotinas e rotinas!!!

No amor, conduzem à monotonia...

Beijos.

C.S. disse...

Não aprecio a rotina, sobretudo a nível pessoal... Graças a Deus que o meu trabalho não tem nada de rotineiro! Quanto a nível pessoal (amoroso) a rotina pode ser fatal ao longo dos tempos!!

Pretty in Pink disse...

Ainda ontem estava a pensar sobre isso...é impressionante como o tempo para mim passa muito mais devagar agora que passo os dias sozinha em casa, do que por exemplo quando passeava com o namorado pela tarde fora...


Beijinho*

dreams disse...

Passamos mais ou menos metade da vida a querer chegar aos trinta e depois a outra metade a querer voltar para trás. O tempo é indeterminado dependo de como é vivido. Beijinho grande e com fim de semana.

Arco Iris disse...

Um tempinho para NÓS, mesmo que seja a não fazer nada.....
É uma rotina muito boa.
Bjs :)))

aNaMartins disse...

Tempo é desculpa para tudo, " nao tenho tempo" "queria mais tempo", "o tempo nao passa", o tempo passa depressa de mais... nunca estamos bem com o tempo que temos, e no entanto é igual para todos como disseste. Que haja tempo para sermos felizes é isso que desejo..


** beijinho querida

Isa Lisboa disse...

"(Corremos o risco de nos esfumarmos antes mesmo de 'sermos'.)"

Verdade!

beijos