segunda-feira, 10 de março de 2014

Quantos GRANDES AMORES (numa vida)?




Numa visita por uma das séries que gosto de repetir, alguém perguntava:
 - 'Afinal, quantos Grandes Amores temos na vida?'

E outro alguém respondia:
- 'Com sorte, talvez UM?'






É óbvio que isto é tema que me deixa pensativa.
Vivemos num mundo onde a palavra AMOR é empregue a gosto e sem limitações.

Mas, UM GRANDE AMOR?

Daqueles onde somos capazes do inimaginável, onde o egoísmo não tem entrada, é coisa de magnitude única.

Podemos referir que paixões onde despimos todo o nosso 'eu' e por vezes, a não correspondência às nossas expectativas, nos deixam devastados.
Entregas desmesuradas onde o amar não basta e se reclama o 'ama-me'.
Ou os sentimentos por filho(s) ou algum familiar ou amigo especial.
Também há casos de princípios, causas defendidas até à morte.

Serão casos de GRANDES AMORES?
Ou apenas manifestações do Amor, puro e simples?

Haverão tais distrinças?
O factor SORTE é crucial nesta questão?
Até onde depende, únicamente, de nós?
Não é o Amor um só?

Na dúvida, vou (tentar) fazer de cada Amor . . . UM GRANDE AMOR !




(A Contabilidade amorosa será, na certa, uma ciência desprovida de exatidão e a matemática deficiente nas suas adições, subtrações, multiplicações, divisões e potências que mexem no nosso coração
Quer-me parecer que ainda se terá de inventar aparelho para tais medições. . .)




47 comentários:

mmm´s disse...

Vivemos um tempo de banalização da palavra e atitude face ao amor!

Maria disse...

Estou contigo...haverá amores pequenos???? Ou simplesmente não eram amor???:))
Beijinhos!!!
PS. Saudades das nossas "discussões" no FB...não tenho andado por lá e das poucas vezes que vou não te tenho encontrado:))

Giovana Souza disse...

Hj vc conhece e já está amando... a palavra perdeu ao meu ver um pouco de sentido...

giovanaefabiano.blogspot.com.br

Giovana Souza disse...

Hj vc conhece e já está amando... a palavra perdeu ao meu ver um pouco de sentido...

giovanaefabiano.blogspot.com.br

Arco Iris disse...

Infelizmente a palavra Amor está a ficar banalizada.
Creio que é importante vivermos com Amor para dar, e procurar que ele seja sincero e sentido.
Beijinhos

Dorli disse...

Oi Pérola,
Só os inocentes acreditam no grande amor. Para saber o que é um grande amor é só comer um saco de sal juntos.(se aguentar: heureka)
O sapinho achei no brejo das desilusões.A inteligência nem sempre vence, mas um excelente advogado sempre ganha suas causas.
Beijos
Lua Singular

Laura Santos disse...

A maior parte das pessoas nunca viverá um grande amo. Eu nunca vivi um grande amor,mas apenas pequenos amores.
xx

wcastanheira disse...

lINDO, PROFUNDO, BELO, UMA BELEZAS DEFINIÇÕES SOBRE GRANDES AMORES, POR ISSO É TÃO BOM PASSEAR POR AQUI, DXO PRA VC BEIJINHOS E BEIJINHOSSSSSSS

Carla Antoni disse...

Lindo!

Acredito ter tido a sorte grande de encontrar meu grande amor! ♥

:**

Elisabete disse...

Gostei da frase "Vou fazer de cada amaor um grande amor".
Fique bem.
Bjs

ᄊム尺goん disse...

'amor é feito conta
se adiar....dá prejuízo'


e canto:

..toda a forma
de amor vale amar

(caetano veloso)


lindo e inspirador post.


beijos

Bell disse...

Grande amor eu creio que não são muitos, pois esses são especiais.
Vivemos várias relações uma nunca uma igual a outra.
Eu não acredito que possamos amar duas pessoas da mesma forma (no caso da relação Homem e Mulher.

bjokas =)

Patricia Romanato disse...

Grande amor... fiz de todos meu grande amor.
todos tiveram grande significado em minha vida, até que um dia um irá me acompanhar!

beijo

eduardo maria nunes disse...

Grandes amores!
Muitas dúvidas também
Porque maldade não têm
Adora as flores...

Um beijo para ti, Pérola.
Eduardo.

Anne Lieri disse...

Lindo seu texto,Pérola! O amor em si já é gigante! bjs e boa semana,

Rapha Barreto disse...

Ao ler o titulo lembrei dos amores platônicos da escola (bons tempos).
E uma grande amor, é para a vida toda.

O My Life está completando 4 aninhos hoje e tem promoção nova. Na verdade é só sugerir um tema para um texto, eu faço o post e coloco seu nome + o link do seu blog falando que foi você a sugerir aquele assunto.

Dá uma conferida >> http://mylife-rapha.blogspot.com.br/2014/03/4-anos-de-my-life.html

Beijos

Sónia TM disse...

Acho que há uma pessoa que se cruza connosco na vida que é a tal .. e depois há outras com quem também nos sentimos bem e até podemos ser felizes

Sónia
Taras e Manias

Cláudia disse...

Hum... Vou ficar a pensar nisso. Acho que não tenho nenhum.

Beijocas

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
versos perfeitos onde a magia continua, momento lindo que partilha.
Abraço
ag

Cidália Ferreira disse...

Boa tarde Pérola

Perfeito! :-) Um grande amor nunca se esquece...apenas adormece em nós.


Beijinhos

Diana Fonseca disse...

Acho que isso varia de pessoa para pessoa.

C. ♡ disse...

Boa reflexão! o amor é demasiado complexo para podermos chegar a uma conclusão certa :)

GL disse...

Este tema dava para elaborar um Tratado.
Começo por questionar o que é o amor? Que tipo de amor?
Uma questão sempre em aberto.
Beijinho.

José Carlos Sant Anna disse...

Já me vejo rezando para descobrir se o grande amor é absoluto ou relativo e me descubro num silêncio de agonia por não saber responder-lhe.
Beijo, Pérola!

emanuel moura disse...

Que o amor seja sempre intenso ,dar e receber numa harmonia mutua linda e verdadeira ,muitos beijinhos e muito obrigado pelas suas palavras Perola .

Criando Artes Carla disse...

Oi querida! Ahhh o amor é muito bom para ser vivido.
Quero agradecer suas palavras em meu cantinho.
Beijos e boa semana.

Maria Silva disse...

Grande amor será todo aquele que se anula na medida em que pretende que um outro lhe seja superior e exalçado.
Muito próximo do amor mais puro: o instinto protector da mãe pelos filhos.
E que apesar de todo o sacrifício - se o houve - sabe que nunca mais haverá um outro que destrone aquele e o torna imune a qualquer tipo de influência externa ou interna a esse sentimento.
Bonita reflexão, Pérola.

Lilá(s) disse...

Sabes que me faz um pouco confusão a facilidade com que a malta nova, diz "amo-te"! está a ser muito banalizada a palavrinha.
Bjs

Toninho disse...

A gente precisa reinventar o amor, sair do lugar comum Perola.
Viver uma grande amor não impõe na unicidade,o que nos leva sãos as emoções por certo e estas cremos como mais importante na sobrevivencia.

Uma linda semana amiga.
Abraço terno
Beijo de paz e luz.

Arco-Íris de Frida disse...

Um amor na sua magnitude... um amor totalmente doaçao...esse sentimento, é desconhecido hj pela maioria das pessoas...

Gugu Keller disse...

Amor, bem-vinda dor.
GK

FireHead disse...

Há amores e amores como há grandes amores e grandes amores. Existem vários "um grande amor", mas O GRANDE AMOR é só um... e para sempre.

Eu já tive um grande amor que eu pensei ser o grande amor. Ainda bem que não foi mesmo o grande amor e espero bem que agora já tenha encontrado finalmente esse tal grande amor.

The one disse...

E porque é que se tenho um amor, seja ele de que tipo for, tenho de estar preocupado em saber se é grande ou pequeno, se é maior ou menor que outro?
Não posso por e simplesmente limitar-me a vive-lo à minha maneira sem esteriótipos?

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Amor se vive ou não, já dizia alguém. Amor entre dois seres, grande, só um. Incondicional, pelos filhos. Vivemos muitos amores, mas grande mesmo, só um.
Boa polêmica, Pérola.
Bjs,
Renata

Mona Lisa disse...

Para mim há dois tipos de grandes amores.

O amor pelos filhos e o amor por alguém do sexo oposto.

Apenas creio que só se sente um grande amor pelo sexo oposto uma vez na vida, ou nenhuma!!!

Beijinhos.

Sheyla - DMulheres disse...

Oi,
Adorei o texto!falar de amor é bem difícil.. rsrsrs

Amei o blog, já virei seguidora.
Bjos e boa semana,
Sheyla.
http://blogdmulheres.blogspot.com.br/2014/03/sheinside.html

Tone Your Waves disse...

Sou tao contra banalizar a palavra amo-te ... so o disse ao meu namorado e á minha familia, nunca disse a mais ninguem ..

:) Beijinho*

A BETI disse...

Seu blog é todo de bom!
Obrigada pela visita!
Bjssssssssssssss

Portuguesinha disse...

Simples de dar resposta. Tão simples que até me espanta que não saibam a resposta.

Deixa-me responder com uma pergunta:
QUANTOS FILHOS TENS?

Eis os teus GRANDES AMORES!!!

Omar enletrasarte disse...

cuando el amor existe, no se necesita decir palabra
.
me gustó esta entrada
saludos

bonequinha nota mil disse...

Olá!Gostei da Reflexão! Acho que Amor de Verdade Aquele Mais que Demais só se vive uma vez! Beijos Pérola! Fique com Deus!

Armando Sena disse...

Esta ciência do sentimento, sem logaritmos nem derivadas, um complexo sistema de equações que ninguém domina.
bj

Opinante disse...

Matematicamente falando é muito difícil contabilizá-lo, mas ele existe. Pelo menos na minha vida, ele existe :D

M D Roque disse...

Um grande amor traz consigo a grande responsabilidade de manter a chama acesa. O meu amor foi tranquilo, é por isso que passado todo o drama da Paixão , se atinge o Zen da convivência terna, o yin e o yang de amizade eterna, um estado de graça permanente e duradouro.
Beijos, minha querida

leonnor disse...

Eu acho que estamos todos a treinar para um dia poder ter/ ser um grande amor! :)

leonor in wonderland <3
SORTEIO SLEEK I-DIVINE PALETTE

Algodão Tão Doce disse...

Olá amiga,vim retribuir sua carinhosa visita ao meu cantinho.
Fiquei feliz com sua doce presença!!! Obrigada!!!
Beijos Marie.

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
As suas divagações são sempre muito profundas. De Mozart a Guimarães Rosa, quem estará no caminho da Verdade?!
Contabilizar o Amor não é tarefa fácil!
Parabéns pela sua publicação.
Beijinhos
Beatriz