terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Diz-me . . .



Diz-me que o amor é molhado,
como tua boca,
 regando meus lábios,
levando humidade tropical
por toda a superfície que sou.

Regas meus sulcos,
planicíes, planatos,
percorrendo minha geografia integral
com esse amor 
que sinto molhado.

És como chuva 
em terra fértil,
rastilho de explosão ensadecida,
por onde brotam sementes precoces,
desvairadas germinações.

Deixa-me desenhar-te
em gotas de suor,
minhas,
tuas,
o fogo molhado
que nos consome.

Vem uma vez mais . . .
diz.me que o amor é molhado!




22 comentários:

poesia de vieira calado disse...

Bem lírico, este seu poema!

Beijinho para si!

Luma Rosa disse...

Wow!! Mais uma pérola lançada!!
"Diz-me que o amor é molhado!" E eu ainda não tinha visto um poema tão original!
:)
Beijus,

Pedro Coimbra disse...

Perfume inebriante neste poema, pérola

Dilmar Gomes disse...

Belo poema, Pérola. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas uma boa tarde/noite.

Francisco disse...

Gostei muito :)

Beijinhos

José Carlos Sant Anna disse...

Digo-lhe que sim. É um rio, mas este rio não desemboca no mar. Desemboca em outro rio. São dois rios que se entredevoram...
Beijos, Pérola!

Edumanes disse...

Se o amor fosse perfeito!
fogo molhado na tua imaginação
a pensares no teu dentro do peito
desenhaste um coração...

Boa noite para ti amiga Pérola, um beijo.
Eduardo.

Laura Santos disse...

Que belo poema!
O amor tem de ser sempre molhado, mas depois tantas vezes nos pode secar...
xx

Zulmira Romariz disse...

Muito húmido esse poema, muito intimo,
gostei amiga, beijos

Andreia Morais disse...

O amor pode ser tudo aquilo que quisermos.
Bastante original, adorei!

Beijinhos*

Andreia Morais disse...

r: Deixaste-me a sorrir, obrigada!
Adoro passear, conhecer lugares novos e faz-me sentido partilhar todas essas peripécias. Nunca me imaginei como cronista de viagens, mas se algum dia acontecesse acho que me sentiria realizada porque juntava o melhor de dois mundos, digamos assim

Beijinhos*

Cláudia disse...

Excelente =)

Beijocas

Poesia do Bem disse...

Sensual, cheio de paixão e muita imaginação. Amei. veem me visitar

Crocheteando...momentos! disse...

Claro que é molhado de lágrimas de alegria...bj amigo

aflores disse...

Claro que sim, é molhado, e então num dia como o de hoje .... ai ai.

Mas também é chocolate, jasmim. E com um amor assim, não há coração que resista.

:)

Tudo de bom.

Juliana Rosa disse...

Uau!!! Divino, autentico e de tirar o fôlego. Tudo de bom e que venham mais lindas inspirações.

Carmem Grinheiro disse...

Olá Pérola,
Amor é molhado, é do jeito que apetecer a quem o vive, a quem o sente. É molhado sim - molhado no beijo, é suado, é de chorar por mais.

bj amg

Arco-Iris disse...

Mesmo molhado .....é mais um poema maravilhoso.....
Beijinhos e
Bom fim de semana

Agostinho disse...

Em solstício ardente.
De verão.

Graça Pereira disse...

Belíssimo poema, indicado para começar um ano novo - com muito amor.
Beijo
Graça

Branca disse...

Belo poema!
:)

emanuel moura disse...

Mais uma preciosa Perola de poesia querida amiga ,muitos beijinhos coraçao.