sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

O Acaso + A Coincidência + O Destino = ? ? ?

(No título, o traço - é para ser um sinal de igual  = , porque não entra?)

Acaso? Coincidência?


A preto e branco, mas de ideias cinzentas.

Sou eu, quem mais???

Para ser sincera, não acredito que a vida seja única e exclusiva consequência de mim.
Nasci, cresci, escolhi, vivi e ainda aqui estou sob determinadas circunstâncias que me condicionaram e, de alguma forma, limitam.


A coincidência, o acaso, o destino são temas sobre os quais penso, questiono sem conclusão fechada.

Não preciso de verdades científicas, não.
Tão somente gostaria de sentir que o acaso não existe.

Tudo tem um significado: Não é tão belo?!


Na realidade, ou melhor, na realidade de cada um, vai correndo o tempo qual rio em ciclo da água e cada qual mergulha, ou apenas lava as mãos, nesse curso conforme lhe aprouver, apetecer, conseguir ou for obrigado.


No meio de tudo isto, ficamos com o Acaso em nossas mentes, a Coincidência aparece vezes demais e então entra o Destino.


Não sei!
O enigma assemelha-se a código indecifrável.

Apenas sei que acasos me acontecem, coincidências também,
será o meu destino?
Ou será apenas o aleatório a provocar-me?

Alguém conhece a equação?



38 comentários:

Lucas - Blog: Overture disse...

O acaso é uma força inopinada, operando. A coincidência são duas ou mais forças opinadas ou inopinadas operando. O destino são todas as forças, opinadas e inopinadas, operando em conjunto. ‘Grandes resposta’, tu dirás! ‘Não fomos a lugar algum’! Mas, por acaso, fomos sim, basta que eu me explique melhor. Um fator isolado e inesperado, igual a acaso. Compara-te a um grão de areia numa caixa de areia que alguém pegou da praia e levou para casa. Por acaso, enquanto ele vai na bike e chacoalha a casa, tu te encontras com determinado grão de areia, em meio aos cinco bilhões que existem! Se, numa próxima chacoalhada, tu o encontrares de novo, foi uma enorme coincidência! Se tu o encontrares terceira vez, e casarem-se: foi o destino! Compreendeste, agora, o que eu quis dizer? Mas a pergunta é: Alguém pegou a caixa de areia da praia, não pegou? Pois é. No caso da areinha humana, acaso, coincidência e destino são controlados pelo Dono da Bike! Beijosssssssssss

Lucas - Blog: Overture disse...

peço perdão. No meu comentário acima, onde está 'Por acaso, enquanto ele vai na bike e chacoalha a CASA', obviamente o termo é 'CAIXA'.

emanuel moura disse...

Momentos da vida que nos fazem refletir,muitos beijinhos e um feliz fim de semana ,beijinhos

Elyane Lacerdda disse...

fico com o pensamento de Milan Kundera, maravilhoso!
bjus
http://www.elianedelacerda.com

Laura Santos disse...

Ninguém saberá, mas a vida é uma conjugação de destino, acaso e coincidência. Mas acho que existem destinos, ou seja, determinismos à partida, muito mais fortes que outros.
Belas reflexões!

Gracita disse...

Não há respostas precisas para tal equação. Um enigma para cada um decifrar como lhe aprouver. Impossível fazer uma afirmativa racional. Uma postagem para se pensar minha amiga
Um lindo final de semana
Beijos com carinho

Andreia Morais disse...

Tudo aquilo que fazemos tem consequências, mas acredito que o que nos acontece acontece sempre por alguma razão

Beijinhos*

SOL da Esteva disse...

Quem pode controlar o acaso?
Post de grande reflexão a "pedir" exame interior.
Parabéns.

Beijo


SOL

ReltiH disse...

PARA ANALIZAR Y PENSAR.
UN ABRAZO

Guaraciaba Perides disse...

Muitos acreditam que tudo acontece potencialmente ao mesmo tempo , onde algum destino ocorre e quaisquer que sejam os fatos concretos no plano desta realidade aquilo que foi proposto (destino?) será a ordem do caos. Por isso a sabedoria popular criou o ditad
"Deus escreve certo por linhas tortas"
Tortas dentro do nosso restrito campo de visão.
um abraço

Crocheteando...momentos! disse...

Desconheço a equação...mas que há coincidências...há...e que todos temos um destino...também!!! Bj amigo

JOTA ENE❗ disse...

Minha querida Pérola, ninguém no seu perfeito juízo pode dizer ou responder com certezas absolutas a essas questões.

Contudo, ainda continuo a pensar que nós é que 'fazemos' o nosso destino.

Beijo e um bom ano para ti!

PS - New post no 'Arte ...'

Cidália Ferreira disse...

Bom dia

Maravilhoso, como sempre.

Beijos
Bom Domingo

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

aflores disse...

Sempre fui muito mau com equações. Dizem que a matemática tem sempre razão.
No Deve e Haver tento sempre ter um saldo positivo, mas nem sempre isso é muito bem demonstrado.

:))))))

Pelo sim pelo não «não acredito em bruxas. Mas que as há, lá isso há»

Tudo de bom.

:)

;)

Elisabete disse...

Penso que fazemos o nosso destino!
Mas não é fácil acertar nas escolhas certas e depois o contexto em que vivemos conta muito.
Bjs

Graça Pires disse...

O acaso existe e é incontrolável...
Mas a nossa vida pode ser o que quisermos fazer dela, apesar do acaso...
Beijo.

Santa Cruz disse...

Pérola: Qualquer desses pensamentos dizem tudo gostei,
Beijos
Santa Cruz

Bergilde disse...

Belíssima composição acompanhada de cada pensamento que favorece ainda mais a reflexão.Acasos não existem, ainda que não necessariamente compreendamos o que nos acontece no dia a dia.E isto dá mais graça ao nosso viver...Abraços,bom começo de semana!

Agostinho disse...

De todas as citações prefiro a de Milan Kundera.

Pérola, para encontrar o resultado certo - A VIDA (que fazemos) - use os operadores mais convenientes a cada dia: somar, subtrair, multiplicar, dividir:

Coincidência: Incidência material com
Acaso: Ocasional por acaso
Destino: simplifiquemo-lo com tino.

Resumindo
a) umas vezes com tino outras sem,
b) precipitando os acasos (com um pára-raios) à medida das necessidades para que
c) das coincidências resultem boas incidências.

Anna disse...

Would you like to follow each other via GFC? Let me know and I'll follow you back ASAP :)
http://fashionailsartsbyanna.blogspot.com.es/
Kisses!

Manuel Luis disse...

Coincidências são trocadilhos do destino.
O infinito!
Levava aqui o Mês inteiro.
Bj

Lilá(s) disse...

Acho que haverá sempre uma razão para o que nos acontece, será verdade que o destino está traçado?!
Bjs

Pedro Coimbra disse...

Acredito muito no determinismo, em sermos nós a moldar a nossa vida.
Mas lá que vão aparecendo uns calhaus inesperados pelo caminho, lá isso vão.
Boa semana

Poesia do Bem disse...

Com certeza o destino, uma força maior, algo pra nós determinados, não cai uma folha da árvore se Deus não permitir. Bjs e boa semana. Obrigada pela visita. E já deixo aqui o convite a vc e amigos a vir florear com a gente no blog Poesia do Bem

ONG ALERTA disse...

Excelentes frames, beijo Lisette.

Sara Oliván Maceiras disse...

Concordo.
Gostei da tua escolha de frases

beijos

Bandys disse...

Coincidência é quando deus age no anonimato. E o acaso é o destino.

Beijos

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde, Pérola! As coisas acontecem as vezes de uma hora para outra, será coisa do destino ou coincidência?desconheço a equação, sei que, não deve esquecer-se, que estamos sempre sujeitos ao inesperado.
AG

Simone Lima disse...

Pérola, acredito que não é por acaso que as coisas acontecem, que nós agimos para os acontecimentos ou não, mas que tudo parte de ações nossas.

Beijoo'o

Andreia Morais disse...

r: Concordo totalmente contigo!

Beijinhos*

Labirinto de Emoções disse...

OLá Perola

Não sei resolver a equação...nem sei quem a saiba resolver!
Creio que nada acontece por acaso, mas sim como nós vamos conseguindo gerir a nossa vida.
Beijinho
Teresa

Francisco disse...

Não conheço a equação, mas gostei muito

:)

Beijinhos grandes

vendedor de ilusão disse...

Por acaso fico sem responder a tua pergunta, pois não conheço a equação e muito menos, confesso, saberei como resolvê-la.
Abraço.

Cláudia disse...

Estão aí umas valentes de umas frases..

Beijocas

Edumanes disse...

Coincidências, por não?
se Deus nos conduz, nos nossos destinos
pois eu penso é que não há razão
para no mundo haver sem pão tantos meninos!

Boa noite amiga Pérola, bons sonhos, beijinhos.
Eduardo.

Isy disse...

Confesso que nunca tinha pensado nisso. Realmente o acaso e o destino parecem andar de mãos ligadas e mesmo assim muito perto de nós!

Bjxxx

aflores disse...

Já por 500 mil vezes que vim até aqui, com o meu melhor fato e um ramo de flores, para a festa do aniversário do blogue e... nada?! Nadica de nada?!
Nem uma fatia de bolo?

Estou triste, muito triste.

Deixo os beijos e abraços habituais, mas levo de novo as flores.

Tudo de bom.

EU disse...

Muito boa esta postagem/reflexão.
Também penso me quedo pensativa quando leio pensamentos como os que selecionaste.
Olhando para o meu percurso, acho que a vida é uma negociação entre o EU e as circunstâncias do momento.
E é no imprevisível que fazemos caminho!
Bjo :)