quarta-feira, 10 de abril de 2013

A Paixão e o Amor . . .

Estar Apaixonado/a . . .
Ser Apaixonado/a . . .
Amar . . .
Ser Amado/a . . .

Palavras de uso tão comum. 
Escritas, ditas, gritadas susurradas ou simplesmente sentidas.
Corriqueiras.
Todavia, mantêm a sua integridade própria e não se deixam banalizar.
Há sempre alguém que lhes consegue oferecer um novo significado, um enquadramento diferente.

Na Paixão a intensidade comanda e o tempo depressa se cansa na sua tentativa de a acompanhar.
Por isso, temos paixões de curta duração, com prazo de validade, explosivas, inolvidáveis, descontroladas, apetecidas, inesquecíveis, quiça . . . passíveis de adjetivações tão subjetivas como pessoais.
Porém, de vida curta.
Este território, sendo mais vasto, permite o apaixonar-se  por pessoas, ideais, causas, objetos, animais ou até desejos e sonhos.

No Amor a temperança faz-se ouvir, guia e deixa-se conduzir pelo tempo.
Este pode ser até seu aliado.
Não há canseiras loucas apesar da insanidade amorosa poder bater à porta, se assim lhe aprouver.
O prazo do Amor é . . . não tê-lo.
Costuma-se restringir este campo e associá-lo a sentires mais profundos.

Exemplificando: podemos apaixonar-nos por um carro ou por um par de sapatos (lindos e de fazer inveja a qualquer mortal ajuízado, na perspetiva do enamorado). 
Contudo, outras modas surgirão e, em breve, o brilho no olhar esfuma-se dando lugar a outras paixões, igualmente efémeras.
Já o Amor é outra história . . .ou talvez não.

Matéria controversa e alvo de teses e pensamentos sempre inacabados.
Seja como for, e para complicação no assunto, existe também a possibilidade da combinação dos 2: Paixão e Amor.
Mistura bombástica, talvez.
O tempo encarregar-se-à de peneirar amores apaixonados. 
Restando-nos a observação, sofrida, alegre ou indiferente, dos grãos maiores que ficaram na superfície do crivo ou . . . da sua ausência.



17 comentários:

edumanes disse...

Palavras de paixão e amor
Escritas, gritadas, corriqueiras
Causam mágoas e muita dor
Quando elas não são verdadeiras!

Para ti minha flor
São sinceras as minhas palavras
Nunca te causarão dor
Nem te farão derramar lágrimas!

Boa noite e dorme sossegada
Para ninguém saber que te escrevi
Este comentário fica calada!
Um beijo, Eduardo.

Duarte disse...

Mais que simplesmente, eu diria que fundamentalmente; só assim se pode afirmar que estamos na presença do amor, do mais amar. Depois é quando vem a paixão e muitas coisas mais, algumas não desejadas, melhor será que nunca cheguem.
Um bom trabalho, um excelente estudo.
Parabéns.
Aquele abraço amigo

Mia96 disse...

Acdredito que sim que o amor é eterno.
E não há uma ordem..CAda um tem a sua.. as vezes paixao primeiro outra ja é amor "antes de ser"*

bjinhos!
Gostei muito*

Mia96 disse...

Acdredito que sim que o amor é eterno.
E não há uma ordem..CAda um tem a sua.. as vezes paixao primeiro outra ja é amor "antes de ser"*

bjinhos!
Gostei muito*

BlueShell disse...

Coisas d amor e paixão...que grande complicação....
Quem pode delas saber? Quem pode delas saber se não sofrer????

Gostei, Pérola. Meu beijo
BShell

Jéssica disse...

Paixão e Amor -> Dois temas (banais) que toda a gente fala mas que niguém sabe explicar o que é...

Mona Lisa disse...

Paixão e amor é a junção perfeita!

Será possível???

Penso que sim, querendo os dois!

Beijinhos.

Opinante disse...

Um belo organograma!! Está tudo relacionado!

Jovem $0nhador@ disse...

Acho que escreveste uma linda definição do amor e da paixão, eu acho que também podem existir as duas coisas ao mesmo tempo =)

✿ chica disse...

Bom é quando convivem bem os dois, amor e paixão!! beijos,chica

Maria D Roque disse...

Ah, o amor.... Jinho.

Arco Iris disse...

Eu dou preferência ao AMOR
Mas e a PAIXÂO não fará falta ao Amor?
Beijinhos

Eu Nos e os Sinos disse...

Otima reflexão.
levo sempre na direção de que
amor é calma dentro
e a paixão é o fogo que alimenta
a convivência.
Todos nós precisamos de amor, mas tambem de paixão,
quem consegue juntar os dois
em um só
é felizardo.
Adorei a postagem linda.
bjins

D.N. disse...

é fundamental...

Cláudia disse...

Falar de amor e paixão.. É sempre tão bonito e complicado ao mesmo tempo.

Obrigado minha querida pelo teu comentário.Pelo apoio.

Beijocas

Rui da Bica disse...

Amor é quente, Paixão é fogo, como mostra a imagem ! :))
O amor poderá ser imenso, mas a paixão tem que ser moderada !
O amor é sempre calmo, mas a paixão pode ser violenta e incontrolável !

Preferível amor imenso com uma pitadinha de paixão para condimentar, mas mais não ! :))))
.

rosinha cruz disse...

Tudo era belo num relacionamento se ambas existissem de mãos dadas,
Gostei da tua reflexão.
beijinhos