quarta-feira, 16 de abril de 2014

Com Pés



Calço a vida e vou . . . 

Na bagagem carrego desejos inacabados,
vontades empoeiradas
e apetites sem hora.
Percorro caminhos sem mapa,
trilhos norteados por ti.

Simplesmente caminho . . .

Errante, 
segura do destino,
sei que chegarei.
Vou-te encontrar
e verterei toda a minha essência:
Eis o meu presente !

Tu, a minha bússola,
caminho fora do chão,
viagem da minha vida,
serás colo onde me esquecerei.

Doem os pés,
mas eu vou . . . 




Os teus pés 

"Quando não posso contemplar teu rosto,
contemplo os teus pés.

Teus pés de osso arqueado,
teus pequenos pés duros.

Eu sei que te sustentam
e que teu doce peso
sobre eles se ergue.

Tua cintura e teus seios,
a duplicada púrpura
dos teus mamilos,
a caixa dos teus olhos
que há pouco levantaram vôo,
a larga boca de fruta,
tua rubra cabeleira,
pequena torre minha.

Mas se amo os teus pés
é só porque andaram
sobre a terra e sobre
o vento e sobre a água,
até me encontrarem."

Pablo Neruda




37 comentários:

Flip disse...

Anda, sempre, mesmo com dores nos pés :)

Maria Eu disse...

Ir com a alma onde os nossos pés nos levarem...

Beijinhos Marianos, Pérola! :)

Maria disse...

Tens tudo o que precisas!!!! Vai!!!!
Beijinhos
Maria

FME disse...

Gosto!

Bruna Worspite disse...

Liiiiindo!


Bjs
http://www.vidadenoiva.blog.br/

✿ chica disse...

Seguir sempre, ainda que os pés doam!! beijos,chica

Eduardo Andrade disse...

Os pés tem justamente a maior rede de terminações nervosas do corpo humano. São eles que ainda assim contactam com o chão duro da realidade. Sendo certo que importo-me bem mais eu com a realidade do que os meus, ou por causa dos meus pés, não se queixam do caminho.

Mona Lisa disse...

Revi-me no teu poema.
Tento continuar a minha caminhada apesar do dolorido dos pés!

Beijinhos.

Laura Santos disse...

Quando a vontade é forte, os pés aguentarão a caminhada.
Bela inspiração a partir de Pablo Neruda.
xx

Andreia Morais disse...

O importante mesmo é nunca pararmos a meio do caminho. Por maior que sejam as dificuldades, o cansaço e as dores, devemos continuar, porque o fazemos por nós e só assim conseguimos chegar mais longe, a lugares de uma beleza incalculável. Podemos errar e cair, mas há sempre muito mais para descobrir

Adorei!
Beijinhos*

Bell disse...

Não importa se a caminha é dura, temos que seguir em frente sempre.

bjokas =)

Maria Sem Frio Nem Casa disse...

O importante é...IR!!!

Fazendo o caminho sem desistir, mesmo com erros que os haverá sempre, mas o importante é IR seguindo, ao encontro, da forma que nos faz feliz!

Renata Maria disse...

Lindo o seu lirismo, comparável a Neruda, que a complementa.
Beijos,
Renata

POETA CIGANO disse...

Minha querida amiga !!!

O meu Blogue mudou de nome por
Diversos motivos e passou a se chamar:

http://centelhaspoeticas.blogspot.com
“Meus Sonhos e Devaneios Poéticos”

Passando para retribuir a sua visita.Perdoa-mMe o atraso, pois estava e ainda estou com
Alguns problemas com meu PC.
Belíssimo poema. Gostei.
Que você tenha uma semana maravilhosa, com muita luz em seus caminhos.

Beijos de luz

POETA CIGANO – 16/04/2014

Obs: Se ainda não pegou o
Seu, no lado direito do meu Blogue, Embaixo, no “Selos para os amigos”, Tem um mimo para seu belíssimo Blogue.
“ESTE BLOGUE VALE OURO”. Basta
Copiá-lo (Capturá-lo) para seus arquivos , Salvá-lo e colá-lo em seu Blogue. Você é uma
Amiga especial e me sentiria honrado.

.........................................................................

Laços e Rendas de Nós disse...


Os nossos pés levar-nos-ão à descoberta...

Beijinho

Malu Silva disse...

Um poema sonhador e corajoso!
Eu também vou, mesmo que os pés doam...
Lindo de se ler.
Abraço-te!!!

Sónia TM disse...

Quantas vezes doem e temos de continuar a caminhar..

Sónia
Taras e Manias

Dorli disse...

Oi Pérola
Linda poesia
Obrigada por partilhar conosco
Beijos
Lua Singular

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
Caminhar em frente, que importa as dores dos pés se a felicidade encontrada é superior à dor?
Dia feliz
ag

http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Nal Pontes disse...

"...Doem meus pés mas eu vou..."
é isso aí. Continuar é preciso. Amei a poesia. bjsss

Cidália Ferreira disse...

Boa Noite Pérola

Excelente poema,

Beijinhos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

a noite (ser) disse...

Gosto tanto de aqui passar, e ficar!

Gosto mesmo

Olívia Santos

A disse...

São os pés que nos levam onde quer que queiramos ir :)

São disse...

Gostei de reler Neruda .

E, sim, mesmo doendo os pés ( e , mais grave, a alma) só temos que avançar!

Bons sonhos

José Carlos Sant Anna disse...

Um perfeito poema de Neruda. E como ele circunscreve o universo semântico do poema ao corpo começando pelos pés para dar conta da comunhão do eu com o outro em belíssima confissão amorosa. Belíssima escolha!
Beijos, Pérola!

Léia Silva disse...

Boa noite!
Que linda poesia, encantei-me!
Espero que chegue e o encontre, mesmo que teus pés doem!
Bjim
Léia

Armando Sena disse...

O caminho faz-se caminhando. Se o destino é convidativo, menor ainda o esforço.
bj

C. ✿ disse...

há que andar até onde os pés nos levam :)

beijinho *

CamilaSB disse...

"Calço a vida e vou... Doem os pés, mas eu vou..." O caminho faz-se caminhando... Com os sonhos, com o suor, com os sorrisos e com as lágrimas... "Doem os pés, mas eu vou" no encalço da luz, da renovação e do amor...
Um abraço Pérola :) Pérolas levo e pérolas lhe deixo... Feliz e Santa Páscoa!

Francisco disse...

Pra frente é o caminho

:D

Beijinhos

Patrícia disse...

Que lindo Perola...ihh que chique teve até resposta do Pablo
Bjs

Ps.: Hoje vi na tv um cara que idolatra pés de mulheres kkk muito louco

Amara Mourige disse...

Dois belíssimo poema!
Embora doem os pés devemos seguir em frente!bjs
Amara

Toninho disse...

Lindamente inspirada na bela determinação de amar.
Prossiga Perola.
Uma Feliz Páscoa amiga.
Abraços com carinho.
Beijo

Arco-Íris de Frida disse...

"Ir... sobretudo em frente"... e mesmo se faltarem os pés...

Beijos...

Cândida Ribeiro disse...

Pablo Neruda tem poemas lindíssimos e este dá-nos força para continuarmos a caminhar com amor.

Uma Santa e Feliz Páscoa.

Beijinho
canduxa

Maria Silva disse...

Eis que " ir" é sempre o que importa.
É que se não partimos nos entregamos ao abandono de nós mesmos e podemos perder-nos do que é realmente o que importa...
Assim nunca conheceremos o arrependimento.
Belo poema. Mais um.
Beijinho.

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
Um desafio?!
Ou a sua fonte de inspiração?!
Muito bom!Com pés, se caminha ao encontro do outro!
Parabéns.Boa Páscoa.
Beijinho
Beatriz