segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Do Passado



Passaram-se dias, horas, instantes
e com eles
também me fui.

Restam sombras desses tempos,
recordações teimosamente guardadas,
lembranças sem corpo
e de alma distorcida.

Não se podem deitar fora?

Pois se a existência é vazia
e a mente é único espaço de morada.





Quero despir-me de quereres fora de moda,
alhear-me de desejos em desuso,
deitar fora o passado.

No frio solitário do agora,
deixa-me chorar,
tremer na inutilidade de mim,
errar por caminhos ocos,
sem eco,
por onde não me sei.

Já atravessei pretéritos,
peregrina no presente
que serei no futuro?

Sou uma falha,
erro da natureza,
por onde o tempo
não deveria ter perdido tempo.



37 comentários:

Elisabete disse...

A última estrofe é forte.
Boa semana

Maria Mac Taus disse...

Sim... tem dias que o sentimento é mesmo esse.

✿ chica disse...

Tristeza que te serviu de inspiração para uma bela poesia! Mais uma!! bjs, chica

Andreia Morais disse...

Não és erro! Erras como qualquer humano, mas o tempo não perde tempo ao passar por ti. O passado atormenta, mas também há um dia em que nos libertamos de tudo aquilo que nos magoa.

Beijinhos*

Arco-Íris de Frida disse...

So por tuas poesias ja es um presente da natureza, nao um erro...mas... os dias passam... dias melhores... dias piores... assim é a vida... choramos... mas depois sorrimos... tudo passa...

Beijos...

Cidália Ferreira disse...

Fortemente belo, embora triste.. Mas adorei

Tem um dia feliz
beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Bell disse...

Bom dia Pérola
Qdo a gente está triste, depre a gente se sente um nada.
Mas aquilo que pensamos pode nós envenenar lá dentro.

bjokas =)

Ziza's N.E.M. disse...

Olá Pérola, obrigada pelo comentário. Realmente a tecnologia tem destas coisas.

Este poema traz-me nostalgia e o que acontece com frequência quando sentimos falta de algo que não existe mas mesmo não existindo é importante a sua presença.


Bis*

José Carlos Sant Anna disse...

O velho Chico é o poeta que ameniza as nossas dores. Já cantava "Tem dias que a gente se sente /Como quem partiu ou morreu /A gente estancou de repente /Ou foi o mundo então que cresceu /A gente quer ter voz ativa /No nosso destino mandar
Mas eis que chega a roda-viva /E carrega o destino pra lá...
Beijos, Pérola!

Crocheteando...momentos! disse...

Por vezes...sabe bem...soltarmos essa mágoa e tristeza!
Gostei e bj

Suzana Martins disse...

Hoje sou seus versos...

Beijos querida

Andreia Morais disse...

r: E só não cresce quem não o quer fazer

Mariangela disse...

Muitas vezes estamos assim...tristes...mas passa!
E assim fizeste lindos versos!
Beijos e tudo de bom!
Mariangela

Cláudia disse...

Bem... a última estrofe... Fortíssima!

Beijocas

Labirinto de Emoções disse...

Minha querida Pérola...
Nunca serás um erro da natureza...e o futuro nunca ninguém o viu..:-))))
Escreve na pedra todos os momentos bons, para eles ficarem para sempre gravados.. e na areia, os maus..para o vento os levar..!!
Um imenso beijinho
Teresa

emanuel moura disse...

Lagrimas que escorrem do rosto ,memorias de um passado presente nas saudades da vida ,sempre maravilhosa ,muitos beijinhos querida amiga Perola.

Mira disse...

Gostei muito, mas especialmente a
ultima parte achei linda e cruel,
beijos Pérola

aluap Al disse...

Li o poema e não posso deixar de dizer o que senti. Senti uma Pérola muito magoada.
1 beijo e uma boa semana.

Agostinho disse...

Muito bom, Pérola.
Há momentos assim, em cada um de nós, de desânimo de frustração.
O mundo não pára e algo nos há de puxar do poço.

Dorli disse...

Oi Pérola, vou sentir falta daqui.
Deixei um recado na mesma postagem.
Lá fala da minha partida
Beijos no coração

Francisco disse...

Vejo o passado, como uma folha seca colocada no meio de um livro :D

EU disse...

Não me sendo possível comentar todos os poemas (como gostaria), agradeço a partilha da tua poesia que me encanta: gosto do tom coloquial, das metáforas, dos apelos, do desencanto, dos questionamentos...
É assim a alma do ser poeta.
(E ainda bem que o tempo não te ignorou...)
Meu bjo :)

Guaraciaba Perides disse...

Oi, Pérola, é bom desabafar em versos nossas decepções, mas a roda do mundo gira e de repente você
nem sabe porque sofreu...tudo é fogo fátuo,
Um abraço

Pedro Coimbra disse...

Não era disto que estava à espera no início da semana
Pensamento positivo!
Boa semana

Ana Bailune disse...

Forte e pungente!
Acho que alguns dias todos nos sentimos assim...

Omar enletrasarte disse...

transido de una aguda tristeza
llega un poema
.,
saludos

Arco Íris disse...

Muito forte ...intenso, mas muito bonito
Beijinhos

Nal Pontes disse...

Triste, mas perfeito soneto, saudade doe na alma.

Emília Pinto disse...

Tu és vida, Pérola...nós somos vida e como tal és...somos erros, acertos...tropeços...vitórias..alegriasi...dores e amores; somos " pretérito...somos presente, e futuro ( ????), não sabemos se seremos. O tempo passou, continua a passar e com ele nos leva sem sequer nos perguntar se queremos ir; faz a sua parte esperando que façamos a nossa; ajuda-nos sempre,o tempo, deixando-nos voltar ao passado, viajar em pensamento até um provável futuro e o melhor ainda, dá-nos todas as oportunidades para o gastarmos da maneira que melhor pudermos ou soubermos.É ele que nos permite ultrapassar dores, esquecer passados, mas é preciso dar-lhe tempo, porque mesmo o tempo precisa de tempo. Lindo, amiga, embora triste. Mas quem disse que tristeza não dá bela poesia? Obrigada, Pérola. Um beijinho e até sempre
Emília

ReltiH disse...

FUERTE, DURO, REALISTA.
UN ABRAZO

poesia de vieira calado disse...

E a nostalgia tomou conta da autora... e do poema!
Saudações poéticas!

Patrícia disse...

Pérola vc é sempre encantadora em tudo que escreve,adoro amiga!Vim deixar pra vc um grande abraço e como estamos sumidas, não?

Laine artes disse...

Oi Perola poesia , triste , forte e linda!!!!! Bjs.

Desbravadores de Livros disse...

Fortíssimas palavras, Pérola.
Passam-se dias, horas, meses, mas muitas coisas ficam para sempre

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

Desbravadores de Livros disse...

Fortíssimas palavras, Pérola.
Passam-se dias, horas, meses, mas muitas coisas ficam para sempre

M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

Mona Lisa disse...

Mais ou menos magoadas, somos memórias, temos que aceitar o presente e sonhar com o futuro que gostaríamos.

Beijinhos.

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
Quantas dúvidas e mágoas num tão belo poema!
Oxalá tenha servido de catarse,para um porvir repleto de felicidades!
Um beijinho
Beatriz