segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Dúvidas minhas - sem chão .



Não há nada mais banal do que a decisão, aquele impulso ou vontade que nos leva por ali.
Encontramo-nos em permanente escolha mesmo que de cariz passivo.
Por vezes desconhecemos a génese destes gestos, alheamo-nos das próprias atitudes e agimos com uma naturalidade quase divina.
Como se não pudesse ser de outra forma  . . .

O condicionamento educacional, social e o que pensamos ser consciência só nossa 
transporta-nos para consequências impensáveis.
O simples facto de por o pé fora da cama em determinado momento pode não ser coisa pouca.

Uns dizem que nada acontece por acaso, 
outros proclamam a responsabilidade individual e/ou colectiva fonte do acontecer.
Em que ficamos ?

É uma questão por demais debatida, eu sei.
Contudo, não consigo chegar-lhe 
e as dúvidas invadem-me, inquietam-me e, sem querer, 
faço viagens fora de tempo em estradas sem saída e acabo sempre no mesmo lugar.

Esta coisa de viver não é linear, os carris raramente se alinham, 
e verdades absolutas só no reino das crenças.

Continuo na tal coisa do 'só sei que nada sei'.
Será assim só para mim?

É que estou cansada de me encher de dúvidas,
gostaria de provar as certezas . . . ando esfaimada delas.

Frase Se você é capaz de ser feliz quando


31 comentários:

adaobraga disse...

Ai ai! Estas palavras bem se casam com a derrota nas urnas brasileiras!

Pedro Coimbra disse...

Às vezes também é bom deixar o coração falar mais alto que a razão.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Pérola

Belo texto...Goste!

Tem um dia feliz
Beijos

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Elvira Carvalho disse...

Amiga um texto muito bom. As dúvidas não são só suas. Dúvidas temos todos e elas hão-de acompanhar-nos até ao último suspiro.A propósito sempre me lembro do que dizia minha avó."Na dúvida, segue sempre o que te diz o coração. Podes desiludir-te, mas nunca ficarás com remorsos nem pesos na consciência"
Um abraço

ONG ALERTA disse...

As dúvidas fazem parte de nossa estrada, cada dia tentamos fazer as melhores escolhas.
Beijo Lisette

Su disse...

Não fazer nada é deixar que os outros decidam por nós...
As dúvidas fazem parte da vida, mas as decisões também...
Beijinhos

✿ chica disse...

Dúvidas, questionamentos fazem parte da nossa caminhada e divagar sobre elas faz bem desabafa! bjs, chica

Sónia RM disse...

Beijinho

Arco-Íris de Frida disse...

Acho que quando ficamos adultos, essas duvidas surgem e nunca vao embora e boa parte delas nunca conseguiremos decifrar...


Beijos...

Renata Maria disse...

Tenho dúvidas às dúzias.
Adorei, Perola.
Beijo*

Edumanes disse...


Concordo, "Só sei que nada sei"
vou andando por aí, até a morte chegar
quando dentro do caixão «morto» entrar
não sei, penso que vivo de lá não sairei!

Desejo-te um bom dia amiga Pérola, um beijo.
Eduardo.

Laura Santos disse...

Uma excelente reflexão. E é mesmo, escolhemos até quando adoptamos a atitude passiva da não escolha.
A dúvida faz sempre parte constituinte do pensamento inteligente; as certezas são muito difíceis de alcançar para quem verdadeiramente pensa.
xx

Bell disse...

Muito normal esse sentimento, que acomete muita gente, inclusive eu rs...

bjokas =)

Andreia Morais disse...

Acredito que nada acontece por acaso, mas a verdade é que a nossa vida é feita de escolhas

Beijinhos*

Poesia do Bem disse...

Bom dia Pérola, um texto lindo cheio de divagações que devemos todos parar para refletir, bjs

Marta Vinhais disse...

Tambem gostava de ter certezas...
Ando desiludida e nao encontro uma resposta que me convença...
Bom texto para reflectir...
Ate ja
Beijos e abraços
Marta

Crocheteando...momentos! disse...

Neste viver...as certezas depressa viram incertezas!!!
bj amigo

Simone Lima disse...

Mas, uma coisa, Pérola, é certo: não é bom deixar que o tempo, o acaso ou outras pessoas decidam o que é de nossa responsabilidade e que, por muitas vezes, pode/vai afetar a nós mesmos!

Obrigada pela visita lá no Bem-me-quer. Gostaria de te ver por lá muitas outras vezes. ;))

Beijoo'o

Andreia Morais disse...

r: Oh, que querida, muito obrigada!
Sim, tens toda a razão. O importante é ser eu própria e verdadeira comigo, o resto vem com o tempo. Sem pressas.

Obrigada pela força, beijinhos*

Guaraciaba Perides disse...

A nossa vida inteira temos que viver com palavra "SE" nos colocando em cheque com relação às nossas escolhas.
Mas creio que as lições que temos de aprender sempre ministradas , de uma maneira ou de outra.
Um abraço

MARILENE disse...

Impossível não viver com dúvidas, pois as respostas muitas vezes nos fogem. Assim, só mesmo nos guiando pelo coração. Se nos arrependemos da escolha temos que considerar que, naquele momento, era o que ele nos pedia. Bjs.

emanuel moura disse...

Belo momento querida amiga Perola ,muitos beijinhos e muito obrigado pela visita

Labirinto de Emoções disse...

Olá Pérola
Eu estou como tu... só sei que nada sei!
Mas acredito que nada acontece por acaso..:-)))
E as dúvidas minha querida, vão sempre existir, se não as tivesse-mos, acho que a vida era não tinha o mesmo encanto..:-))
Um beijinho
Teresa

Emília Pinto disse...

"Em que ficamos "...temos ou não o poder de escolha?. Estas perguntas faço-as muitas vezes, amiga e não é à toa que o assunto no Começar de Novo é mais ou menos este. Eu acredito que tudo depende de nós, mas há coisas que independem da nossa vontade e temos de ter a capacidade de as aceitar e de seguir em frente escolhendo o que achamos ser o melhor caminho. Há sempre muitos condicionantes, mas temos que olhar para um só, o nosso coração, os nossos sntimentos, a nossa paz interior. O " politicamente correcto, o parece mal, as crenças que nos incutiram, tudo isso tem de ficar de lado e decidirmo-nos por aquela frase " por demais debatida ", só nós temos a capacidade de nos fazermos felizes, ninguém mais. Mas, amiga....há tantas interrogações em mim também que digo sinceramente " só sei que nada sei "
Sei que não vale de muito, porque como diz Shakespeare " toda a gente entende uma dor, menos a nossa ", mas de qualquer modo aqui deixo os meus votos de que encontres o teu caminho e que a muitas dessas perguntas encontres a resposta adequada. Um beijinho carinhoso
Emília

Francisco disse...

De facto, para além de ter adorado ler este fabuloso poema. Deixaste me a pensar acerca de...

Beijinhos grandes

Sónia TM disse...

Numa escolha , há sempre algo que fica para trás


www.tarasemanias.pt

SOL da Esteva disse...

Caminhamos, todos os dias, pelo meio das dúvidas e nunca temos certezas. Bom é seguir o denominado "instinto" que, dum modo natural, sempre nos alerta para o que não estará certo e ou seguro.
Um bom tema.


Beijos


SOL

vitorchuvashortstories disse...

Olá, Pérola!

"Apesar de todas as consequências".Realidade que nunca se conhece de antemão, e daí a dificuldade desse passo.Felizes dos que arriscam e acertam, já que emoção e razão nem sempre andam de braço dado...


Beijinhos
Vitor

Mona Lisa disse...

Ninguém tem certezas de nada...nem com "bola de cristal"!

Faz o que o teu coração manda...segue a tua intuição...

Beijinhos.

Agostinho disse...

Boa noite, Pérola

estamos amarrados à condição de sermos nós próprios os fazedores do caminho. Todos os dias. Para que possamos avançar temos de ir alinhando os tais carris.

Just me disse...

Acho q esse " só sei q nada sei" é para todos, pois ninguém tem todas as respostas! ;)
Bjs

http://achadosdamila.blogspot.com.br/