segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Tomara . . .

"Tomara
Que você volte depressa
Que você não se despeça
Nunca mais do meu carinho
E chore, se arrependa
E pense muito
Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho

Tomara
Que a tristeza te convença
Que a saudade não compensa
E que a ausência não dá paz
E o verdadeiro amor de quem se ama
Tece a mesma antiga trama
Que não se desfaz

E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais..."
Vinícius de Moraes

16 comentários:

✿ chica disse...

Linda poesia e sempre estamos cheios de TOMARAS nas vidas...beijos,linda semana!chica

PinUp Me disse...

Concordo bastante com:
E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais...

Boa semana :)

Vera, a Loira disse...

Tomara mesmo :(

Mar disse...

Tomara que volte e te faça Feliz :)
Boa semana, beijinhos <3

Ovelha Flor Guerreira disse...

Adoro Vinicius...reconheci logo...lindo!

Arco Iris disse...

"E a coisa mais divina
Que há no mundo
É viver cada segundo
Como nunca mais..."

Lindo....
Beijinhos


Sentada na ponta da lua disse...

Não conhecia o poema... muito lindo e fui logo à procura da música: deliciosas palavras, agradável ritmo!

Anita disse...

ha miminho para ti lá no estaminé.
bj

Opinante disse...

Lindo :D

Cláudia disse...

Que lindo poema =)

Beijocas

Cláudia disse...

Está lá a dizer Pérola, foi a tal mãe, tal filha.

Beijocas

Francisco disse...

adorei :)

beijinhos grandes

manuela barroso disse...

Tomara, Pérola,
que a cada momento que passa, não seja invisível vento
que tudo tenha mais graça
não seja só o momento...

muitos bjis

Não me esqueças.... disse...

Tomara que sim...:-)
As palavras de Vinicius sempre tão nossas

Raquel Pereira Painço disse...

Gostei muito deste, especialmente desta parte:
"Que é melhor se sofrer junto
Que viver feliz sozinho"
Concordo completamente e consigo identificar fases da minha vida com este poema :)
Obrigada pela opinião acerca do vestido *.*

Pretty in Pink disse...

Pérola, porque será que parece que me lês sempre os pensamentos? :) É a minha cara esse poema :)

Beijinho*