segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Agradar a Todos . . .

Agradar a Todos e a Ninguém.

"Aqueles que procuram agradar andam muito enganados. 
Para agradar, tornam-se maleáveis e dúcteis, apressam-se a corresponder a todos os desejos. 
E acabam por trair em todas as coisas, para serem como os desejam. Que hei-de eu fazer dessas alforrecas que não têm ossos nem forma? 
Vomito-os e restituo-os às suas nebulosas: vinde ver-me quando estiverdes construídos.
As próprias mulheres se cansam quando alguém, para lhes demonstrar amor, aceita fazer-se eco e espelho, porque ninguém tem necessidade da sua própria imagem. 
Mas eu tenho necessidade de ti. 
Estás construído como fortaleza e eu bem sinto o teu núcleo. Senta-te ali, porque tu existes.
A mulher desposa e torna-se serva daquele que é de um império. "
Antoine de Saint-Exupéry, in 'Cidadela'


11 comentários:

Messed up disse...

Obrigada, sendo assim.

Cláudia disse...

Eu já não mudo por ninguém. E é impossível mesmo agradar a todos =)
Beijocas

Maria D Roque disse...

O Chére Antoine tinha uma maneira muito peculiar de ver o mundo, mas eu adoro-o mesmo assim... :)

FME disse...

grande verdade!

Francisco disse...

Não se pode agradar gregos e troianos.

Há quem te ame pelo que és, e quem te odeie por seres o que é... :(

Beijinhos Grandes, o que importa é como tu te sentes ;)

Bárbara M. disse...

r: é mesmo bom :)

Arco Iris disse...

Cada um é como é, o principal é sermos verdadeiros.
Beijinhos

Nany disse...

É impossível sim, mas continuam os a tentar e a tenar, quando esses "todos" nos dizem "tanto e tanto".
Bjs

lena disse...

A frase de Voltaire é muito boa. Realmente é difícil agradar a todos.
beijinhos grandes.

Mona Lisa disse...

Sempre fui o que sou!

Não mudo!Sinto-me bem assim!

Nunca agradamos a todos!

Beijinhos.

lu de lúcia disse...

as vezes sofro um pouco deste mal :|