terça-feira, 20 de agosto de 2013

Meu bem . . . ?



Sou prisioneira embargada em tímidas correntes.
Com tempo
desenho uma janela no cárcere clandestino.
Pela fresta, o exterior acena-me.

Privada do meu bem precioso,
isolo a chave-mestra,
de acesso exclusivo.

Venço a indolência insinuante
e descerro a fechadura.

Percorro caminhos forasteiros,
não encontrando casa.

No desalento do acaso 
pergunto-me se a chave não terá sido prisão maior (?).

Perdida em anarquia instalada,
inútil o chaveiro em demanda esquiva.

Meu bem . . . onde estás?



20 comentários:

Lilá(s) disse...

Mais um poema estilo pérola, ou seja poema Pérola...
Bjs

Zilani Célia disse...

OI PÉROLA!
DE NADA VALE TER CHAVES OU FECHADURAS SE A ALMA É LIBERTA...
LINDO!
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Zilani Célia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Tanita disse...

Mesmo a 7 chaves o espirito pode ser sempre livre!

Kate disse...

"Privada do meu bem precioso,
isolo a chave-mestra,
de acesso exclusivo."

Gosto :)
Muito bonito mesmo.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia
Adorei o poema.. Uma perfeita "Pérola" Gistei

beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cantinho do Amor disse...

Oi Pérola! O amor nos pede liberdade, livre de de desejos de posse ou de medos, pode se mostrar plenamente...a alma, somente livre, aceita viver...
Um abraço com carinho!

Bíndi e Ghost

Cláudia disse...

Muito bonito.. Dá que pensar.

Beijocas

São disse...

Gostei do texto : de facto, há tantos recantos em nós que precisam de chave para serem conhecidos...


Mas quando vi a foto, lembrei-me das chaves das casas que os palestinianos levaram ao serem expulsos das suas pelos judeus.

Abraço grande

✿ chica disse...

Muito lindo e cheio de questionamentos! beijos,chica

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Oi Pérola,precisamos das chaves para libertarmos a clausura da alma.

Obrigada da visita e comentário.

bjs amiga
Carmen Lúcia-mamymilu.blogspot.com

Omar enletrasarte disse...

ritmo, dolor, figuras poéticas geniales y melancolía ¿qué más pedir en una poesía?
saludos

Beatriz Bragança disse...

minha querida
Um poema valioso,que adorei ler.
Às vezes,pensamos que vamos para melhor e,depois,não é bem assim.Falta-nos algo ou alguém.
Muitos parabéns.
Beijinhos da
Beatriz

A Marafada de Algodão Doce disse...

Não sei porquê mas acho as chaves um símbolo muito bonito!
faço sempre uma ligação com esperança e algo novo :)

Mz disse...

Na verdade, para serve uma chave se não podemos guardar o bem mais precioso.

Abç

José María Souza Costa disse...

Olá, Pérola.

Belíssimo o seu poema.
Agradável.
Receba o meu Sentimento de Amizade.
Abraços

Bandys disse...

As escolhas saõ nossas liberdade ou não.

Lindo poema

Beijos

Francisco disse...

Onde pára a minha chave?! gostei muito

Beijinhos

emanuel disse...

Poema muito lindo sentimentos são mais que palavras são a realidade escondida da nossa alma ,para que servira uma chave se não conseguimos controlar aquilo que não podemos ver muitos beijinhos

Mona Lisa disse...

Só nos trancamos se não tivermos forças para nos libertarmos!

Beijinhos.