quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Da Gratidão




Agradecer as coisas, as  pessoas e situações simpáticas é fácil.

Nem sempre temos, sequer, a noção do quanto podemos ser afortunados.

Reconhecer as felicidades da existência é algo tão subjetivo como tudo o resto que envolva o próprio.



Hoje quero aproveitar estes ares que sopram da América e retribuir ao Universo, a Deus, à Natureza, às Pessoas tudo aquilo porque estou agradecida.

Não!
Não desesperem, a lista não é longa.  
Prometo não aborrecer muito.

Começo por não mencionar o óbvio e positivo.

Estou grata pelo menos agradável como:

* O desemprego - Sem este flagelo não teria conhecido a Blogosfera e pessoas que passaram para a minha vida virtual e real fazendo já parte de mim e que me são tão importantes.

* A perda de amores - Assim aprendi a valorizar o sentimento e as saudades são marcas do que já vivi e experienciei.

* Ser 'normal', vulgar e pobre - Com a minha estatura e aspecto ninguém se aproximou de mim com paixões de 'Top Model' ou por motivos materiais.

* Ter perdido 'uma pequena fortuna' - Aprecio melhor a simplicidade e a bonança, quando a há.

* Percorrer caminhos de eterna inquietação - A ansiedade e a dúvida associados têm-me levado a procurar incessantemente. Nesta demanda tenho aprendido tanto para conceber o tamanho da minha ignorância.

* A auto-confiança não ser o meu forte - A sensibilidade exarcebada fez-me sentir infinidades desconhecidas de muitos.


Obrigado, VIDA ! ! ! 


17 comentários:

Ana Tapadas disse...

O retrato de um ser humano maravilhoso! Com capacidade para amar e para sofrer.

bj

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

Tanto se perde e tanto se ganha ao longo deste nosso percurso.
Que aquilo que tenhas ganho e continues a receber...seja sempre de maior dimensão ao que se perdeu...
coisas serão sempre coisas...
beijo enorme :)

Francisco disse...

Beijos Grandes :D

Ritinha disse...

Olha! Depois de tudo eu só tenho algo a dizer:
"Que sua vida seja longa, e esteja na eternidade merecida".
Palavras que nos fazem bem a alma e ao coração.
um abração de urso
Ritinha

M D Roque disse...

Mesmo no meio da dor , da tragédia e da injustiça, devemos estar gratos por tudo o que temos: família, casa, pão... Em suma, por vivermos. Beijinho.

Laura Santos disse...

És linda!
Quando se fecham portas, janelas serão abertas, e tu terás tudo a que tens direito, porque és grande na tua humildade.
xx

Dorli disse...

Oi Pérola
Com todo esse talento que tem, não precisa mais de muitas coisas. Tudo vem na hora certa.
Parabéns
Beijos
Lua Singular

Cidália Ferreira disse...

Que maravilha!

Reflecte a tua humildade.Adorei ler..

Beijinho
Bom fim de semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Cláudia disse...

Eu gosto de agradecer por tudo. Até pelas coisas menos boas, pois são lições.

Em relção às pessoas, como digo, parece uma coisa estranha dizer obrigado.

Beijocas

quem és, que fazes aqui? disse...


Um texto que gostaria de ter assinado!

Muito bom! Obrigada!

Um beijinho

Laura

Bell disse...

Que lindo!!

Temos que agradecer até pelas lutas, pois são nelas que Deus nos capacita. Ficamos mais fortes.

tenha um lindo fds =)

Maria disse...

Adorei, adorei , adorei e acho que sabes porquê!!!
Bjs
Maria

Arco Iris disse...

Por tudo isso e pelo que és Obrigada, por te conhecer.
Bjs
Bom Fim de semana

Dan disse...

É maravilhoso quando as pessoas conseguem abraçar os pequenos precalços da vida com a esperança de melhores dias, e é sempre importante estarmos gratos pelo por tudo aquilo que temos :)

Elisabete disse...

Lindo sim!
Bjs

Suricate disse...

Obrigada pelas palavras com que nos brindas todos os dias.
Obrigada pela tua presença aqui.
Obrigada por não desistires.

Jinhooooosssssss

Beatriz Bragança disse...

Minha querida
Neste momento são 18h e estou consigo em espírito a desejar que o seu evento seja bem sucedido.
Depois do que li acho-a realmente,«uma Pérola»!
Deus a abençoe!
Bom fim de semana.
Beijinhos
Beatriz