quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Morro e Renasço !



Nasço e  renasço
em metamorfoses salpicadas  de dor.

As flores perfumam-me ao acaso,
o mar salga-me em ondas trocistas
e a escrita partilha-me em palavras sem sinónimo.

As tuas mãos cobrem-me o corpo,
fonte de bálsamo para esta dor em que morro.

Não te vás!
Assiste-me no último suspiro,
acolhe-me no primeiro choro.

Sou como a Lua,
de fases que se extinguem,
percorrendo tempos de fim anunciado.

Saboreio cansaços,
derrotas, vitórias,
assistindo aos meus recomeços.

Sou simplesmente eu,
incompleta, 
em busca constante,
de mim, 
do Mundo, 
do Nada ou do Tudo.

Pérola


28 comentários:

Bell disse...

A vida é feita de recomeços.
Aqui o feriado é Proclamação da República.

bjokas com carinho =)

Arco Iris disse...

Lindo como habitualmente
Mas....o final, está uma Pérola.
Beijinhos

edumanes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
edumanes disse...

Essa tua imaginação!
De morrer e renascer
Me causou grande confusão
Não cheguei a perceber.

Sorrir ou chorar,
Só em vida acontecer
Continua, menina, a sonhar
Nunca te deixes adormecer
Sem o ensejo que em vida
Te dá mais prazer.

Boa tarde desejo
Para ti amiga Pérola
Um beijo
Eduardo.

JP disse...

Compões palavras soltas e ligadas,expressivas e harmoniosas do Nada e do Tudo...e nós saboreamos :))

Beijo

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

...e, porém, o que interessa é também assistir aos recomeços, mesmo que tenha havido muitos fins...

Belo texto e bonita imagem.

beijo aigo

Francisco disse...

Muito bom mesmo :)

Beijokas

Vera, a Loira disse...

Muito lindo, adoro ler-te.

nelma ladeira disse...

Olá pérola ,adorei seu poema.
Obrigada pela visita beijinho.

São disse...

Mesmo quando renascemos de dores e saboreamos cansaços é sinal de que estamos vivas...


Fiquei curiosa em saber qual é para si a melhor forma de Governo, rrss


Bons sonhos

Arco-Íris de Frida disse...

Todo final é na verdade um recomeço...

A imagem do post é otima...

Beijos...

disse...

Poema muito bonito :)

Sem Jeito Nenhum Blog

José María Souza Costa disse...

Olá, bom dia. Bom fim de semana, aqui no Brasil, com um feriado, o que lhe faz prolongado. Tempo de sol, ou ensolarado, e a alegria por ficar mais tempo em casa entre contentamentos e opiniões diversas.
A Contemplação do tudo, faz-se, por que o Criador permite. É natural, e você é convidado à esse gesto de bondade.
Um abraço, estou te esperando aqui www.josemariacosta.com

quem és, que fazes aqui? disse...


Nada se perde...

Beijo

Laura

Flip disse...

Tanto em tão pouco... Agradável leitura.

Laura Santos disse...

Levamos a vida a nascer e a renascer, o desejo de completude força-nos irremediavelmente a essas metamorfoses.
Um poema belíssimo.
xx

Diana disse...

Somos uma eterna metamorfose. Adorei!

Margareth Gervason disse...

Lindo adorei.
Tudo que nos faz pensar é válido.

* Não quelida eu tiro cuticulas há anos, uso uns ou outros produtos, mas tiro mesmo
Obrigada pela visita...♥♥♥
Ótimo final de semana para vc!♥♥♥
Beijos Coloridos!♥♥♥

Mona Lisa disse...

Vamos-nos completando...

Belíssimo poema!

Beijinhos.

Lia Noronha disse...

Pérola: a vida nos faz renascer...em cada verso de uma verdadeira poesia...bjinsss

Fê blue bird disse...

Recomeçar sempre, mesmo que ontem tivéssemos morrido de dor.

Lindo e sentido o teu poema minha amiga.

beijinho

mmm´s disse...

Prefiro isso começos ais recomeços... Estes são sempre mais dolorosos!

mmm´s disse...

Prefiro isso começos ais recomeços... Estes são sempre mais dolorosos!

manuela barroso disse...

Cada vez mais exímia e fenomenal!
poesia e imagem em sintonia , um quadro único.
Parabéns querida Pérola, não só pelo livro como por todo o carinho despertado e mais que merecido.
Grande abraço

Forever Dieguita disse...

Lhe segui de volta. Lindíssimo blog!!!

emanuel moura disse...

A vida e assim mesmo um recomeçar a cada diluvio com a certeza que a vida nos dará inúmeras oportunidades de sermos felizes seja qual for as escolhas todas terão um principio e fim ,muitos beijinhos

M D Roque disse...

É o princípio e o fim, o tudo e o nada, e alfa e o omega. . Xi-<3

José Carlos Sant Anna disse...

Adoro todas as tuas fases, sobretudo as poéticas...
Beijos, Pérola!