segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Nas mãos




Tenho nas mãos um sopro,
uma vertigem,
a madrugada desenhada em orvalhos.

Seguro um querer desmesurado
pintado de vontades incontroláveis.

Agarro horizontes que me olham
em chamamentos gulosos,
promessas irrecusáveis.

Mãos minhas!

Onde cabe o mundo apetecido,
sentires de pele,
toques reveladores.

São abismos e serranias,
onde me perco por entre frescos labirintos,
com cheiro silvestre
de amores livres.

Falam-me de ti,
dos segredos,
esconderijos do teu corpo,
dos gemidos do teu desejo.

Tenho nas mãos encantos,
desfalecimentos suspirados,,
delírios errantes,
o apetite de ti.



25 comentários:

PINTA ROXA disse...

Desejo-te uma boa semana.
Beijos

dreams disse...

e de sonhos :))) beijos doce pérola, boa semaninha:)) obrigada pelo carinho!!

A disse...

Lindo!
Boa semana :)

Laura Santos disse...

Um poema muito apetitoso!...:-)
xx

nos"entas!!!! ( e feliz) disse...

Ai as mãos...tanto anseiam....
Beijinhos minha querida

José Carlos Sant Anna disse...

Um belíssimo poema, Pérola! Um animar dos sentidos do Eu pela ausência / presença do Tu até chegar aos "desfalecimentos suspirados,/ delírios errantes / o apetite de ti".
Beijos,

JP disse...

Os sentires à flor da pele


Beijinho

Mona Lisa disse...

Li o teu poema com os 5 sentidos.

Excelente!

Beijinhos.

Cidália Ferreira disse...

Poema maravilhoso
As mãos podem ser mágicas.


Beijinho,
Tem uma excelente semana.

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

maria madeira disse...

Sempre que aqui venho, fico uns breves momentos a analisar o poema. Porque poesia não se deve beber de um só trago, é beber devagar e saborear o momento.

Um boa semana, 'Pérola' :)

Mira disse...

Pérola, mais uma vez, lindo poema,
já está nos genes, és uma criadora
de PÉROLAS, beijo e boa semana

emanuel moura disse...

Um belo poema cheio de sentires ,muitos beijinhos Perola .

Cláudia disse...

Que belas mãos =)

Beijocas

Francisco disse...

Muito bom

beijihos

Arco-Íris de Frida disse...

Nas maos se cabe um mundo... um mundo de desejos...

Beijos...

Rovênia disse...

Olá Pérola,

Gostei e destaco o verso, que achei inspiradíssimo:
" Agarro horizontes que me olham
em chamamentos gulosos"

Beijinhos! :)

Secreta disse...

Nas mãos... um mundo de sonhos e sentires :)

la joie de vivre! disse...

belíssimo poema, parabéns! :)

La Joie de Vivre!

Dorli disse...

Oi Pérola
Afaguei o seu poema com os olhos e o coração.
Lindo!
Beijos
Lua Singular

São disse...

Agarrar horizontes e abri-los é algo de muito estimulante, realmente.

Abraços

Lilá(s) disse...

A recuperar de uma valente gripada que me tem mantido afastada, noto que a inspiração continua em abundância por estes lados! e que venham mais pérolas ao vento...
Beijinhos

Catarina Nóbrega disse...

que lindoo :)

r: já fiz um alisamento chinês e adorei.. fiz uma desfrisagem agora, mas não irá ficar todo liso, mas se ficar sem montes de caracóis já fico feliz :p eheh ao longo das publicações, deverei publicar mais sobre o assunto

Daniel Andre disse...

Em cada mão, um desejo, uma vontade. Muito lindo, e admirável a sua forma de escrever. Parabéns !

Bjs,
Dan.
http://gagopoetico.blogspot.com.br/

Beatriz Bragança disse...

Querida Perola
Podemos ter o mundo nas maos!Quanta força!
Muitos parabens por este poema.
Beijinhos
Beatriz

DIOGO_MAR disse...

As mãos passeiam-se pela geografia dos corpos, tateando o prazer, num amor cego, aos olhos até de quem não vê!
Deixemos as mãos falarem por si, moldarem os nossos corpos!


ABRAÇAÇO!


http://diogo-mar.blogspot.com/