domingo, 22 de junho de 2014

Quereres nocturnos


Mima-me, amor.

A noite esfria
na respiração das estrelas
arrepiando-me toda.

Procuro o amornado de ti
enrolando-me em tuas mãos.

Canta o teu ninar
no berço do aconchego
e deixa-me adormecer.

Leva-me as fragilidades,
dá-me de beber teu sabor,
deixa-me respirar teu fôlego.

Minguada em carências
que o tempo plantou,
afaga-me, amor.

São tenros os meus quereres,
dedicados os teus cuidados.

Quero secar as lágrimas
por entre teus braços,
enrolar-me em tua pele
e ser mimada . . . por ti.



37 comentários:

✿ chica disse...

Ser ninada, aconchegada pelo amor é demais de bom! LINDO! bjs, ótima semana,chica

Anne Lieri disse...

Nossa,quanto lirismo nessa bela poesia de amor! A imagem ficou um show á parte! bjs e boa semana,

Mari disse...

Oi,Pérola
Quanta beleza em seus versos:Uma declaração de amor,carência e querer.Nada como ser mimada pelo ser amado e falar disso poeticamente não é para qualquer um.Vc o faz com maestria!Parabéns"
Uma bela semana e um beijo no seu coração!

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

Somos todos objecto de amor e mimo, que deve ser dado sem preço...

um beijo amigo

Tétisq disse...

ai,ai...tantos quereres :)

Mona Lisa disse...

(...)
enrolar-me em tua pele
e ser mimada ...por ti.

Que ternura de poema!

Beijinhos.

Bárbara disse...

Está incrível!

Eduardo Maria Nunes disse...

A seres assim tão mimada...
amada dessa maneira assim
despida nas mãos de madrugada
com tanto amor e ternura sem fim!

Valeu a pena vir aqui,
a estas horas ler o teu poema
assim tão pequenina te vi...
deitada nas mãos, não na cama.

Boa noite, bons sonhos e beijinhos.
Eduardo.

Francis disse...

Não há nada mais a ser poto...
Lindo, cheio de emoções, amor, sinceridade...

Parabéns!

Maria Alice Cerqueira disse...

Querida amiga hoje vim te desejar uma abençoada semana.
E para dizer que estou voltando aos pouquinho, pois a vida real está exigindo um pouquinho mais de minha atenção. Estava sentindo muitas saudades de vir aqui!
abraço fraterno
Maria Alice

ReltiH disse...

MUY BELLO SUEÑO DE MIMOS.
UN ABRAZO

ॐ Shirley ॐ disse...

Delicioso poema, Pérola.
Gostei muito.
Beijos!

Amanda Schuler disse...

Teus versos passam muita sinceridade! Adorei mais esse *-*
Uma ótima semana pra ti, sempre!
Beijocas

Isy disse...

Apesar de não ser grande fã de fã de poesia, devo dizer que gostei muito do poema!

Já te estou a estou a seguir :)

Bjxxx

Cidália Ferreira disse...

O amor é lindo, e este poema não fica atrás


Beijo e uma boa semana

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Inês Silva disse...

está lindo, adorei (:

www.pinkie-love-forever.blogspot.com

FireHead disse...

Na sexta-feira vou eu ser mimado finalmente, que eu também mereço. :)

Beijinhos.

Andreia Morais disse...

Quem é que não gosta de ser mimado pela pessoa que mais ama? É tão bom, faz-nos esquecer tudo e sentirmo-nos protegidos

Muito obrigada! O objetivo é esse, que sintam um bocadinho daquilo que eu vivi. Claro que nunca será a mesma coisa, mas, pelo menos, dá para ter um pouco de noção do que se passou

Beijinhos*

Pâmela Lepletier disse...

Que poema bonito, gostei.
Tenha uma ótima semana.
beijos!

http://www.pamlepletier.com/

Pâmela Lepletier disse...

Querida quanto aos produtos eu não sei onde vende em Portugal, mas pode olhar o site que está lá no post do blog para ver se vendem por ai.
beijos!

www.pamlepletier.com

Miguel disse...


Miguel18 de Junho de 2014 às 20:24

Pérola, amiga
Eu é que agradeço a presença.
Apareça mais vezes, para me fazer companhia neste belo passeio.

Beijinhos

AMANHÃ, DIA 24 DE JUNHO, APARECE NOVO POST.
CONTO COM A TUA PRESENÇA.
OBRIGADO DESDE JÁ.

Brisa Petala disse...

OI QUERIDA PEROLINHA
Passando para matar a saudade do seu cantinho. Que texto mais emocionante Mimo de amor. Amei quem mão gosta de um mimo de maor né rsrsrs. Uma feliz começo de semana para vc
Com carinho
Ana

Cláudia disse...

Muito giro =)

Beijocas

José Carlos Sant Anna disse...

Eis a dúvida: o que faz o eu lírico suplica ou se entrega? Ou no ato de entregar-se pede implicitamente a cumplicidade do tu para que faça o mesmo correspondendo aos anseios do e deste modo entregar-se também? O que é fato é que, ao entregar-se às mãos do outro, espera não ficar com as suas vazias. É ou não é um belo e fértil jogo amoroso?
Beijo, Pérola!

Existe Sempre Um Lugar disse...

Boa tarde,
carinhos, aconchegue de noite ou de dia, é necessário, é imprescindível para o equilíbrio emocional.
Como sempre acontece, é lindo o que escreveu.
Dia Feliz
AG
http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

Miguel Pereira disse...

Um poema extraordinariamente belo, gostei bastante. Grandes palavras :)

http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

Elvira Carvalho disse...

Uma ternura de poema.
Amiga, gostaria de ter o seu livro autografado. Gostaria de saber quanto custa e como pagá-lo.
Deixo o meu Email.
elviracarvalho328@gmail.com
Um abraço e uma boa semana

Paula Lopes disse...

Lindo texto! A noite, todo desejo aumenta... Tenha uma semana abençoada, beijos!

Blog Paisagem de Janela
paisagemdejanela.blogspot.com.br

A disse...

Lindo!

la joie de vivre! disse...

que lindo e romântico :)

Arco Íris disse...

" Quero secar as lágrimas
por entre teus braços,
enrolar-me em tua pele
e ser mimada....por ti "

Lindo e de uma ternura fantástica
Beijinhos

Amélia disse...

Obrigada pela visita:
Poema muito ternurento!
Romantismo á flor da pele; gostei.
Beijinhos

EU disse...

Um pedido simples cândido ao amado: o aconchego e a doçura do "ninho" do abraço e da pele que o reveste Gostei imenso.
Bjo, Pérola :)

Simone Felic disse...

Uma bela poesia para homenagear nosso conjuge.
beijinhos
http://eueminhasplantinhas.blogspot.com.br/

Liine.BMenezes disse...

Linda poesia.
Me senti envolvida.

Beijokas e boa semaninha.
http://tudooqueelasgostam.blogspot.com.br

Maria Silva disse...

Belíssima!
Beijo.

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
O seu belo poema faz-me rever em cada um dos versos.
Parabéns.
Um beijinho
Beatriz