terça-feira, 15 de março de 2016

Do teu colo



Venho de longe,
de algures em parte alguma,
como brisa de bafejo em viagem,
desviada no atalho do tudo
por onde o caminho é largo.

Tardia ou vagarosa,
tenho raízes ao vento,
desembaraçada no nó do tempo
e por onde procuro.

Nascem-me cores pelo corpo,
como desabrochares desatados,
quando tu me colhes
e me dás colo.

Sou-me primavera,
perfumes e flores mais
pois se é em teu aconchego 
que me agasalho,
ganho viço 
existindo no intervalo do teu afago,
na fortaleza de te saber por aí.


38 comentários:

emanuel moura disse...

Que belíssimo momento de poesia querida amiga ,parabéns muitos beijinhos no coração .

Cláudia disse...

Comecei a ler e lembrei-me da Primavera e no fim diz sou a Primavera.. Estou a ficar um pro nisto =P

Beijocas

Crocheteando...momentos! disse...

Um poema com aroma primaveril e belo...boa noite e bj

✿ chica disse...

A primavera que está chegando e já nela te inspirando! bjs, chica

Adriana Helena disse...

Sem palavras, simplesmente fantástico Pérola!
Aqui no Brasil estamos prestes e ansiosos pela chegada do outono para aplacar o forte calor...
Esse poema é como uma brisa fresca nos tocando de tão suave!
Amei!
Beijos!! :))))

Francisco disse...

Gostei muito mesmo

:)

Beijinhos grandes

Zulmira Romariz disse...

Belíssimo poema, beijo Pérola

Carmem Grinheiro disse...

Olá, Pérola.
Belo desabrochar. Que venham as cores, perfumes, flores e mais poemas encantados.
bj amg

Cidália Ferreira disse...

Apesar de hoje não ter sido primaveril, este poema ficou um mimo. Já cheira a Primavera.

Beijinhos de boa noite

Coisas de Uma Vida 172

Andreia Morais disse...

Belíssimo poema!

Beijinhos*

Mariangela do lago vieira disse...

Que poema bonito e suave Pérola.
Cheirando a primavera!
Uma boa noite!
Mariangela

Vieira Calado disse...

Que venham assim, as primaveras!

Beijinhos!

LionMaster disse...

Mais um belissimo poema... sem duvida este com aroma a primavera e tudo o que ela representa.

lua singular disse...

Oi Pérola
Saudades de você
Ter um amor na vida é maravilhoso é no limiar da vida que o amor é mais intenso e amigo.
Beijos no coração
Lua Singular

Marcos Satoru Kawanami disse...

Chique e joiado.

=)

Gracita disse...

Um belo poema com sabor de primavera
Um lindo dia para você
Beijos

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Um belo e primaveril poema.
Um abraço e continuação de uma boa semana.

Magda Carvalho disse...

Gostei imenso do poema.
http://retromaggie.blogspot.com/

Pedro Coimbra disse...

Palavra e Natureza em comunhão perfeita, Pérola

Dilmar Gomes disse...

Lindo poema, Pérola. Um abraço daqui do sul do Brasil. Tenhas um lindo dia.

Mari-Pi-R disse...

Venir y quedarse enredada en estas ramas y dar lo bueno, gracias por pasar y comentar en mi espacio.

Bell disse...

Fiquei encanta com a imagem.

bjokas =)

rosa-branca disse...

Olá amiga, linda Primavera do sentir. Maravilhoso. Beijinhos

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Pérola.
Vir aqui e não ler uma bela e intensa poesia, não existe!
Tens o dom e a doçura ao poetizar, alma entregue, verdadeiro momento que aprisiona o leitor!
Parabéns!
Tenha uma semana de paz!
Beijos na alma.

Benedita disse...

Um poema com uma brisa suave... um esvoaçar silencioso... uma Primavera discreta.
Adorei!
Beijinhos

Élys disse...

Um lindo poema pleno de ternura com encantos primaveris.
Um abraço.

Cadinho RoCo disse...

Do saber à solta por aí é que, por muitas vezes, nos colocamos no por aqui do nosso estar.
Cadinho RoCo

Mona Lisa disse...

Excelente poema com cheirinho a Primavera!

Beijinhos.

Elvira Carvalho disse...

Gostei.
Um abraço

Nal Pontes disse...

Lindo poema. Parabéns

Zizi Santos disse...

Uma suavidade de poema, com
as sensações de uma estação.
Belíssimo!
bj

Acordar Sonhando . SOL da Esteva disse...

Poema que duma nova Primavera que se avizinha; Poema, em si mesmo, Primavera.
Lindo.



Beijo
SOL

ReltiH disse...

TUS LETRAS SON COLORES.
ABRAZOS

silvioafonso disse...

Voltei porque gosto do
blog e para dizer que
não esqueci de você.

Beijos,




.

sérgio figueiredo disse...

Uma estrada tão larga..
E com tanta Poesia de ti..!!

Por que estrada tenho eu andado..??
bj...nho, Pérola.

Rafeiro Perfumado disse...

Isso de te nascerem cores no corpo não seria motivo para consultar um dermatologista?

Daniel C.da Silva (Lobinho) disse...

A demanda por vezes confunde-se no próprio sonho!

Beijo amigo

José Carlos Sant Anna disse...

"Do teu colo" essa delicadeza poética, tão leve que dissipa o ócio que já se espalhava pela minha mesa de trabalho.
beijos, Pérola!