sábado, 29 de setembro de 2012

Eu vou . . .


392489_425516887484701_9041625_n_large

Balouçando nas asas do sonho, vou . . .

Cavalgando no dorso do desejo, vou . . .

Embalada no berço da fantasia, vou . . .

Carregada nos braços da ilusão, vou . . .

Transportada no carro da magia, vou . . .

Saltitando pé ante pé, vou . . .

Ficar? Nunca!





6 comentários:

Daniela Filipa disse...

gostei

Maria D Roque disse...

... até ao infinito !! Xi-♥

Ovelha Flor Guerreira disse...

De todos os que li, este foi aquele em que mais me revi! Obrigada!

Ana disse...

Muito obrigada. As histórias que escrevo são mesmo a minha vida. Também gosto bastante dos poemas deste blog.
Beijinhos e mais uma vez muito obrigada, Ana.

Mona Lisa disse...

Conjugaste o verbo VIVER!!!

Adorei!!!

Beijos.

Odracir Sotnas disse...

Ficar...
Existe pessoas que dizem que é uma espécie de morte antecipada...
Tenho gostado muito dos poemas ;)