sexta-feira, 21 de setembro de 2012

Patilhando...banalidades!


Tumblr_lruj6hyjd41qf49xzo1_500_large

No último período invernoso quis o Universo que aumentasse de peso.
Chegada ao tempo morno e ao consequente despojamento de roupa eis-me confrontada com cerca de 6 kg em excesso (atenção que sempre fui considerada magérrima, quase anorética para as pessoas com outras mentalidades).
Pois bem, iniciei o verão com o firme propósito de perder o excesso de peso e consequentes gordurinhas instaladas.
Declarei-lhes guerra.
Porém, o verão findou e só nas últimas semanas tenho constatado os números menores na balança digital.
Nem vos conto como desejei o retorno do meu antigo peso. O quanto sonhei voltar a conseguir abotoar as tais calças-bitola que no meu caso são vermelhas.
Não vestia, não visto, mas está quase.
Só falta um niquinho para conseguir puxar o fecho, quase nada.
Já próxima da concretização deste meu desejo/sonho, considerado tarefa impossível, analiso-me.
Que sinto?
Pois, não vejo fogo de artíficio.
Não me sinto mais feliz pelo facto.
Tenho a prova de que não há impossíveis se assim o determinarmos.
Quero dizer: fiquei satisfeita! É uma verdade.
Porém, o culminar do senda torna-se muito menos importante do que o trilhar da mesma.
Como lá dizem os pensadores: o que importa não é a meta, mas o caminho.
Tal como na vida, no amor e até na dieta.
O êxtase final não tem comparação com os preliminares, 'os durantes'.
Será que me entendem?

Sejam felizes com kilinhos extra ou subtraídos.
No final, a felicidade reside realmente nos momentos, em cada instante inspirado, vivido intensamente, em cada passada, em cada afecto dado e recebido, em cada gesto, em cada beijo, em cada toque. . .
Por isso, aconselho:
Vivam!
 Actuem!
 Ajam como se não houvesse amanhã!
Não deixem para depois . . .

P.S. Cá continuo na minha saga, só faltam 2kg, contudo deixou de ser tão importante.
Porque será?

Tenho cá para mim que a instrospeção e o falarmos connosco pode ajudar e muito.




19 comentários:

Vic disse...

Felizmente para mim, nunca fui propenso a ganhar peso, mas entendo a angústia de quem não tem essa sorte, Pérola. Embora eu ligue o facto, muito mais ao lado saudável que à parte estética (sendo no entanto óbvio, que gosto de ver uma mulher elegante)
E vá, 2 kilos não são nada :) Força.

(Tás como eu, os preliminares são sempre o melhor, a antecâmara do paraîso :))

Vic disse...

Já agora tentando responder à tua pergunta, provavelmente é porque já não consideras tal, essencial ao teu bem estar interior :)

Opinante disse...

Nem mais, a nossa cabecinha é que faz tudo, se não estiveres confiante não adianta!

Fiquei muito contente, vá força, faltam só 2kg!

Morgan Nascimento disse...

Olá, parabéns pelo blog!
Se você puder visite este blog:
http://morgannascimento.blogspot.com.br/
Obrigado pela atenção

Isaa ♥ disse...

sabem mesmo bem.
mas eu ja não estou de ferias.
isto é so um resumo do que aconteceu

edumanes disse...

E porque irá você chorar
Se colocar lá o seu pezinho
Vai a bomba rebentar
E o seu pé fica com dói- dói coitadinho!

Você precisa se pesar
Para controlar seu corpinho
Não se deixa dominar
Por mais um docinho!

Lá na praia deitada na areia
Você depois não gosta para ele olhar
Mantém teu corpo de linda sereia
Para o teu amor muito dele gostar!

Bom fim de semana para você, e sempre com os seus lindos versos poéticos que muito gosto de os ler.
Beijinho
Eduardo.



Cristian Lisandru disse...

Meus pensamentos bons no fim de semana! Libras adicionais. A desaparecer!

Mona Lisa disse...

Dois quilitos não são nada e possivelmente até os seis não te ficariam mal, pois só deste por eles , quando te "descascaste"...

O importante é sentirmos-nos bem connosco!

Sendo assim...fora com eles!!!

Beijos.

დ R*M ಌ disse...

Olaa Pérola!
É verdade, sempre na hora H..
ahahah isso é o que vamos ver no proximo capitulo :)
Obrigada e beijinhos!

colibri esverdeado disse...

Sem dúvida, o que importa é estarmos bem com o que temos. Mas se não estivermos, aconselho vivamente a luta. Chega de gente amargurada ;) Boa sorte, tenho a certeza que vais conseguir os teus objectivos! Beijinhos ;)

A♥ disse...

Para mim, perder peso sempre foi o bicho papão mas, a partir do momento em que me deixei de preocupar obcessivamnete com isso e centrei-me apenas no meu bem-estar, emagreci.

Ainda gostava de perder mais dois quilos mas, tal como tu, já deixou de ser importante. Porque me sinto bem na minha pele e já derrubei o mito do bicho papão.

Big Kisses

AngieM disse...

Se conseguiste os 4, não será difícil esses 2, mas só se achares mesmo necessário. Ser feliz com o que se é, com o que se tem, its a gift :)
Bom fim de semana :)*

Margarida Alegria disse...

Parabéns!
Bom progresso! mas sem stress: já falta pouco.
beijoca

ONG ALERTA disse...

Tudo tem sua época quando ficamos mais velhos fica mais difícil perder peso, beijo Lisette.

António disse...

Minha querida amiga, é sempre agradável lêr os teus textos, este é mais um. No entanto o importante não é um ou outro kilo a mais, o importante é olhares para ti e gostares do que vês, estares feliz. Eu por acaso tenho a opinião que as senhoras quase todas sem excepção acham sempre que estão gordas, eheheeh.

Com mais 6 ou 2 kilos o importante é que te sintas bem contigo mesmo.

Beijinho

O Sexo e a Idade disse...

Aceitação!

Blackye disse...

O que importa é gostarmos de nós.
Beijinho

Blackye disse...

O que importa é gostarmos de nós.
Beijinho

Pretty in Pink disse...

Já não é tão importante porque te apercebeste que há coisas mais importantes na vida, e ser saudavel em vez de simplesmente perder peso é uma delas ;)

Beijinho*