sábado, 15 de setembro de 2012

Oferenda



Só posso oferecer-te o que sou, o que penso ser...
Nada é meu.
Sou insignificante.
Não te posso oferecer o mundo pois não me pertence.
Presenteio-te, de mãos vazias e  coração repleto de sentires.
Temo não ser suficiente.
Navego em incertezas e pálidas quimeras.
Vou arriscar.
Despojada, presenteio-me.
Fantasias de mim.
Aceitas?

13 comentários:

Isa E. disse...

Que lindo, Pérola!
Penso que é mais do que suficiente oferecer o que somos.
É como dar o nosso próprio mundo...
Arrisca!

Jessy disse...

Adorei muito bom
Bjs e bom fim de semana :)

Jardim de Algodão Doce disse...

É o melhor presente, a quem seja merecedor. Beijinho

Dulce Morais disse...

Quem recusaria uma tal oferta!
Lindo, Pérola.

C.S. disse...

Quem não aceita? Nada como cada um dar o que tem, dar-se em pleno!
Beijo minha querida!

✿ chica disse...

O que somos é o que verdadeiramente pode der ofertado>Linda!beijos,chica

Opinante disse...

Querida Pérola,

Já actualizei :D

Maria D Roque disse...

A essência de alguém é a maior dádiva, quando se dá a quem nos ama. Lindo ! Xi-♥

lena disse...

Olá Pérola.
Tanto a frase como o texto estão lindos. Adorei.
Beijinhos grandes.

Francisco disse...

Sim, aceito a tua amizade e tudo o que isso implica :)

Bjs

Pretty in Pink disse...

Quando damos tudo o que temos, a mais não somos obrigados :)

Beijinho*

CamilaSB disse...

Não pode oferecer o mundo... mas pode oferecer ao mundo o seu coração e os seus sentires... e assim, todos juntos fazemos o mundo!
Aceito sempre a amizade de quem se dá - através de sentimentos puros e nobres! Muito lindo!
Beijinho, Pérola, e que o mundo caminhe pelo rumo dos sentires na luz e paz :)

Lilá(s) disse...

E haverá prenda mais valiosa'
Bjs