sexta-feira, 21 de junho de 2013

Com Chuva


I
O entardecer abafado trouxe nuvens carregadas de  noite. 
Com ela as sombras abraçaram o tempo. 
A atmosfera encheu-se de precipitadas e nervosas gotículas.
 Húmidas, deixavam rasto de si  em ramos de árvores mirradas.

II

Ele vagueava de prancha às costas. 
O mar tinha sido a sua casa durante a tarde. 
Tentara silenciar a mágoa ensolarada da manhã. 
As vagas vigorosas não lhe cansaram a mente.
Somente o corpo lhe estava dorido.

III

Ela espreitava a rua, em ávida exploração . 
A rua enchia-se em lago extemporaneo.
 No calor banhado a silhueta surgiu, do outro lado da rua. 
Correu na liberdade de si e o rosto molhado dele convidava-lhe os lábios sequiosos.

IV

Em sacríficio instintivo as bocas cumpriram rituais desregrados.
A benção da chuva conspirou na ousadia das mãos que desenhavam contornos apetecidos.
Despediram-se da negritude exterior.
Fundiram-se em corpos com sabor a chuva em dilúvios de prazer.
Ela era rio caudaloso onde a enchente dele provocava êxtases profanos.
Tormentas dobradas em aguaceiros providenciais.




11 comentários:

Cláudia disse...

Uau! Muito bom =)

Beijocas

Verinha Portella disse...

Boa noite!!

Parabéns pelo belo trabalho.
Abraços
verapotella

Francisco disse...

Fixe, mas eu quero SOL :)

beijinhos

Patrícia disse...

Intenso , adorei!
Bjão pra vc, amiga Pérola!

As Duas na Letra disse...

:) cute!
Paulinha

M D Roque disse...

A chuva e as lágrimas são companheiras... adorei !

Sentada na ponta da lua disse...

Muito bom! Adorei... ler-te é sentir poesia viva!
Bjinho

luna luna disse...

quando o amor impera a chuva não é problemática bem pelo contrário pode ser envolvente
beijinhos

Mira disse...

Na joalharia da Pérola ,saem as joias
mais preciosas que deixam-nos sem
palavras ,bom fim de semana,beijos

Mona Lisa disse...

Hummmmm...intenso, sensual!

Amar em dias de chuva...um dilúvio!

Beijinhos.





rosinha cruz disse...

Olá Perola
Lindoooo!
Mas venha o sol, rs...rs...rs...
Beijinhos