quarta-feira, 5 de junho de 2013

Partilha Blogosférica


Este é o livro que devoro atualmente. 
Aconselho para perceber a atual crise, o euro, a importância da Alemanha numa perspetiva histórica e económica. 
A informação aliada ao romance de escrita fluida e que prende são ingredientes que justificam as sucessivas edições deste autor contemporâneo.
Porém, não é este o motivo da minha partilha.
Apreciei de sobremaneira o início do Cap.XLV:

     " Era como se um magneto Irresistível os unisse.
     Numa explosão incontrolável do desejo até aí reprimido, os corpos de Tomás e Raquel colaram-se, boca com boca, gemendo e arfando, agarrados num abraço de carne, ele a afagar-lhe as costas, ela a despenteá-lo na nuca. Rolaram pelo sofá até ao tapete, sôfregos, gulosos, na voracidade do prazer, o calor de um a incendiar o outro, as línguas ardentes a entaramelarem-se, a lutarem, a saborearem-se, melancolia portuguesa e paixão espanhola, mar lusitano e fogo castelhano, veludo e ferro, sal e sangue, olá e hola. "


P.S. Tomás é o historiador, protagonista português das suas obras e Raquel uma agente espanhola da Interpol.



13 comentários:

Mona Lisa disse...

Li e adorei!

Beijinhos.

Comida de conforto disse...

Obrigada por partilhares a tua opinião. Vou ler.
Bjs

Francisco disse...

Hola :)

Gostei e obrigado pela partilha

Beijinhos

Pips disse...

Nunca li nenhum livro dele, vou olhar com melhor atenção para as obras dele :)

JP disse...

Eheheh...e eu à espera que nos falasses da Alemanha, da crise...

Coçava a cabeça mas sorri no fim :)))

Beijo

Isa M. disse...

Ando a ler um livro dele já há tempos... já passei outros à frente :)) e até gosto da escrita dele... só que há um "não sei quê" que me faz perder aquele entusiasmo de devorar um livro do principio ao fim. Ultimamente também não ando muito boa de leituras ... e o problema é meu ...

Opinante disse...

A minha mãe é super fã, já eu nunca li nada dele :O

Arco Iris disse...

Mais um bom livro deste autor, e sobretudo porque de uma maneira simples nos faz entender os meandros da crise.
Aquilo com a Espanhola aqueceu....mas o Amor não estava lá...
Beijinhos

Poppy disse...

O meu irmão também fala muito bem dos livros dele, e acerca deste diz precisamente o mesmo que tu, que é um modo acessível de entender a crise, embora haja muitas teorias acerca da mesma.

Beijinhos Pérola

Na Província disse...

Vou ter em atenção, Obrigada
Beijinhos

Patrícia disse...

Adoro! Tenho aqui os livros toooodos dele, a minha mãe é doida pelo homem, mas nunca li nenhum. Deste-me vontade de ler xD

Suricate disse...

Tenho visto esse livro nas mãos de muita gente:) qualquer dia é a minha vez:)

Gostei do "abraço de carne"!
:))))

jinhossssss

Blackbird disse...

Ando já há algum tempo para o ler, tenho que tomar a iniciativa e comprá-lo :)