domingo, 9 de junho de 2013

Tão perto !

Ao ritmo da tua respiração morna;
na cadência do teu pulsar.

Envolvida no teu cheiro doce;
embriago-me no néctar meloso.

Do abraço que me sustenta,
do beijo que me reanima,
sinto-te!

Tão perto!

No encaixe perfeito 
de peles apaixonadas,
de mãos entrelaçadas,
em amálgama gemida de almas enlouquecidas.


6 comentários:

Mona Lisa disse...

Magnífico!
Intenso!
Sensual!

Assim se vive o AMOR!

Beijinhos.

JP disse...

Tão perto....as almas perdidas:))

Beijo

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Tão perto, mas por vezes também tão longe...
Beijinho que insiste em ser outonal

Nayane Kastter disse...

Eita!!!Deu para 'o' sentir aqui... descrito nas suas palavras como se descrevesse o meu momento... demais!!! ;)
Abraço!

Irmãos de luz disse...

..que se passou?

Diácono Gomes Santa Cruz disse...

Perola: costuma-se dizer tão perto e tão longe, gostei
Beijos
Santa Cruz