segunda-feira, 1 de julho de 2013

desejo



É na vontade fermentada,
no querer desmedido,
em loucura sã,
que o desejo se agiganta.

Sentires enleados
emoções nuas
afetos expostos.

Turbilhão azul
de águas sem pé.
Assim é o desejo
em que me afogo.

Dá-me a mão e salva-me
ou morre comigo  . . . de prazer !






16 comentários:

Garfield disse...

muito giro, és tu que escreves? :)

Bell disse...

Gostei =)

mmm´s disse...

Intenso!

http://lavarcabecas.blogspot.pt/

Cláudia disse...

Bem, este está forte.

Gostei!

Beijocas

Francisco disse...

Que bonito este poema ;)

Beijinhos

Mona Lisa disse...

Dá-te a mão, afogam-se em desejo , morrem de prazer e SALVAM-SE!

Magnífico poema!

Beijinhos.

Evanir disse...

O Amor é complexo, mas é lindo,
muito lindo! Quando ele .
Acredite no Tempo, na Amizade,
na Sabedoria, e principalmente no Amor.
A verdadeira amizade supõe um pacto de fidelidade,
uma capacidade de dar sem esperar resposta.
Em nome desse amor , que estou aqui hoje.
Um dia especial..especial de verdade.
O aniversário da minha princesa(Lara)
por isso venho convidar para uma visita no meu blog.
Uma semana abençoada e na paz.
Beijos no coração ,Evanir


my pleasure disse...

Está fantástico

Rita Freitas disse...

E a isto chama-se viver :)

Bjs

Teresa Isabel Silva disse...

Adorei :)

Bjxxx

Arco Iris disse...

Quem escreve isto....
" Dá-me a mão e salva-me
ou morre comigo . . . de prazer !"

O que merece ?
Beijinhos.......

Blackbird disse...

Que lindo poema :)

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga

Amar é mergulhar
no outro,
sem jamais saciar
do outro a sua sede...

Que os sonhos
te enlacem a vida.

Patrícia disse...

Nossa q intenso isso:"Dá-me a mão e salva-me
ou morre comigo . . . de prazer !"
kkkkk adorei
Bjs, Pérola

Maria disse...

E nessas duas opções quem quer saber escolher????
Bjs
Maria

Brites dos Santos disse...

Belo poema.
Tomei a liberdade de adicionar o link do seu Blog no meu:
http://rimasfotoscompanhia.blogspot.pt/