quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Pela madrugada . . .



Acordei a pensar em ti.

De lento despertar na preguiça.

Ajeito a almofada.

Deposito o rosto em algodão frio.

O relógio dá-me tempo
que ao sono não interessa.

Pergunto-me porque ainda não te esqueci.

Sou morada de lembranças
luminosas, 
vítima de eclipses que passam.

Os pensamentos esfumam-se
na decisão de te arrancar de mim.

A dor funde-se na prazer da saudade.

És marca tatuada em minha alma.

Tenho de levantar-me esquecendo-te para,
quiçá, 
te recordar em nova madrugada.

Pérola


14 comentários:

Magia da Inês disse...

¸.•°♡ Olá, amiga!♡♫° ·.

Essa imagem reflete a dramaticidade e a intensidade do sentimento exalado pela poesia.

Bom restinho de semana!
Beijinhos do Brasil. °º✿♫
♡♫°°º✿♫ ·.

Laura Santos disse...

Quando alguém fica tatuado na alma nem o tempo consegue apagar essa marca.
Um poema muito belo!
xx

edumanes disse...

Acordou a pensar em mim
Não foi só ela, também eu
Quando chegou a alegria
Estavam as flores no jardim
A tristeza desapareceu
Com esperança o novo dia
De manhã o sol nasceu!
Boa noite amiga Pérola
Um beijo para ti
Eu fica á espera!
Eduardo.

Cidália Ferreira disse...

Bom dia
Pois... há "marcas" que nada as apaga, vai passando na lembrança a cada madrugada.
Gostei mito de ler.

Beijo
http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

ONG ALERTA disse...

Esta marcada para sempre....
Beijo Lisette

emanuel disse...

Quem nos dera termos o poder de fazer o tempo voltar atras parando o tempo por breves instantes para que o relogio da vida pudesse acabar com tantas saudades ,muitos beijinhos

Maresia disse...

Lindo de se ler mas também de se sentir. É bom ler poesias tão belas e carregadas de sentimento.

Raul Campani disse...

Olá Pérola,
Como você escreve bem suas poesias!
A saudade dói demais, o amor toca fundo na alma, mas só a arte para expressar tanto sentimento.
Bjs

Lídia Borges disse...


Um dia ao acordar a memória deixa de doer e o lembrar é só pétala ao vento.


Um beijo

Maria disse...

Gostei!
Beijo
Maria

Ana Sofia disse...

...este texto é tão mas tão a minha cara!

Francisco disse...

Há manhãs de memórias que quando acordamos pensamos que elas ainda existem :)

Beijos

Mona Lisa disse...

Magnífico!

Senti-o meu!

Beijinhos.

Liliana Fernandes disse...

Pérola, Adorei.