sábado, 21 de setembro de 2013

Porquê ?



Procuro a palavra adequada, 
porém nem as letras me visitam.

Quero encarreirar frases,
contudo não encontro caminho.

Aguardo o sinal de pontuação acertado,
todavia  a escrita não tem expressão.

Ensaio sílabas rimadas,
mas a poesia não me quer.

Então, tendo a dúvida por conselheira,
escalo montanhas de pressentimentos,
deixo cair o lápis e pergunto-me:
- 'Porquê?'


17 comentários:

PERSEVERÂNÇA disse...

Feliz sábado!
Um lindo poema para pensarmos que somos a s letras e que essas letras são o caminho ao destino que ainda não sabemos se chegaremos lá.
Fraterno abraço
Nicinha

http://felicidadeamorpaixao.blogspot.com.br/

Tétisq disse...

a resposta chegará!
chega sempre, até quando não a procuramos :)

Emma disse...

Nunca sei como comentar poemas :$
Mas este é bem bonito (:

Maria disse...

Porquê! Uma palavra a confirmar a humanidade de cada um de nós...mas na verdade não sei se queremos todas as respostas...!
Bjs
Maria

Maria Rodrigues disse...

É a procura das resposta aos "porquês" da vida que nos estimula a avançar.
Belo poema.
Beijinhos
Maria

Armando Sena disse...

Porque a escrita não é quando nós queremos, é quando ela quer. Vil tirania.
bj

Laura Santos disse...

Como a suposta falta de inspiração se torna inspiração em si mesma. Às vezes a poesia parece que não nos quer, mas afinal quer...e surge sempre quando menos esperamos.
Gostei muito deste "Porquê?"! Fez-me lembrar um poema que escrevi, intitulado "Palavras", embora direccionado noutro sentido.
http://escritacommusica.blogspot.pt/2013/07/palavras.html
xx

Beatriz Bragança disse...

Querida Pérola
Felizmente,estamos sempre na idade dos«porquê»...
E sempre nos chegará uma resposta...
Muito belo o seu poema.Parabéns.
Um excelente domingo.
Beijinhos da
Beatriz

edumanes disse...

Porquê, pergunto eu?
Quando há duvidas ele lá está
Porque você não entendeu
Em todo o mundo muitas há.

Frases incompletas
escritas no escuro
Incógnitas são incertas
Como a esperança e o futuro!

Ensaias sílabas rimadas
Mas, não te quer a poesia
Mulheres não amadas
Tristes vivem sem alegria?

Resto de bom domingo
um beijo para ti amiga Pérola
Eduardo.

Mira disse...

Pérola, que saudades dos seus poemas,
lindos, são sempre lidos com prazer
boa semana beijo

MANUEL GOMES disse...

Pérola: podes tudo procurar porque num lindo poema tu vais encontrar. Gostei.
Beijos
Santa Cruz

emanuel disse...

Porque existem momentos assim na vida onde tudo parece não fazer sentido mas são estes porques que nos fazem sonhar e acreditar que nada e em vao porque cada palavra escrita nos sacia mesmo naqueles momentos de solidão elas ganham vida e nos transformam,belo poema muitos beijinhos.

► JOTA ENE ◄ disse...

A uma grande poeta, não resisti questioná-la (d)o seguinte:

Escreve-se espressão ou expressão ?

HIHIHIHI !!!

Pérola disse...

Obrigado Jota pela atenção cuidada com que me lês.
Não sou merecedora.

Correção efetuada.

Que seria de mim sem os meus queridos comentadores atentos?

Opinante disse...

Sempre com as palavras certas...

manuela barroso disse...

Porque há dias que as interrogações são a única poesia que faz parte constante do dia...
Beijinho

Ana Sofia disse...

...sinto-me tantas mas tantas vezes assim!