terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Fetiche


Fetiche 
(francês fétiche, do português feitiço)
 
"Algo a que é prestada adoração ou que é considerado como tendo poderes sobrenaturais. = FEITIÇO.
Parte do corpo ou tipo de comportamento que provoca excitação sexual."
Dicionário Priberam


Descrição da foto:
Animais inoperantes para a venda no mercado da fetiche de Lomé, Togo, África ocidental.


Admito a minha confusão e ignorância. Hoje em dia ouve-se a palavra 'fetiche' em conversas banais sendo utilizada com conotações várias.
Para saciar a minha curiosidade fiz pequena pesquisa sobre a temática.

Pois bem: estou surpreendida.

Primeiro, a palavra tem origem no francês (até aqui nada de novo) e significa feitiço. Não relacionava a feitiçaria com o fetiche. Porém, começando a pensar sobre o assunto, tem a sua lógica, de acordo com ideias minhas pré concebidas.

Segundo, estará relacionado com algo, comportamento, objecto ou atitude que provoca excitação sexual. Sempre associei o fetiche a 'vontades', fantasias de cariz sexual, por isso alguma coisita ainda sei.

O que me espanta é o uso e abuso do termo. Pelo que ouço o simples gosto obsessivo ou saudável, por exemplo, por sapatos, leva-nos a dizer que temos um fetiche pelo calçado.

As palavras são assim, assumem novos significados e estão sujeitas a modas ou 'ondas' datadas.

Enquanto não aprofundo a minha pesquisa, digam-me o que sabem do assunto e qual(is) o(s) vosso(s) fetiche(s) ? 


Estas sandalinhas tão inofensivas, em termos provocatórios, são apelidadas de um Santo fetiche e apresentam-se como presentes de Natal. 
Já perceberam a minha desorganização mental sobre o assunto?

Entretanto vou prosseguir a averiguação. Aprender é Bom . . .

25 comentários:

Carlos Barbosa de Oliveira disse...

Confesso a minha ignorância.De fetiches nada percebo... Mas o seu post deu-me vontade de aprofundar conhecimentos sobre essa matéria :-)

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Acho que é uma coisa que nos dá sorte quando usamos.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Cláudia disse...

Ora bem, em relãção a isso dos sapatos, também não concordo dizerem que é um fetiche.

Para mim um fetiche é como aí diz, tem uma conotação sexual, algo que provoca algum prazer, que trás pensamentos "dúbios".
Para os sapatos serem considerados fetiche, só mesmo se a pessoa sentir prazer sexual com eles =S
Tipo as perucas, quem gosta, leva aquilo como uma "encarnação" de outra pessoa.

O meu toda a gente sabe, são os polícias lol
Gosto da farda, da sensação de "poder" que eles têm, agressividade... Vou-me calar lol

Adeus lool

Beijocas

Margarida Alegria disse...

É verdade, fetiche tem relação com feitiçaria.
Mas o que me ensinaram foi que apalavra até era de origem do Português da Renascença, adoptado pelas paragens por onde andámos e depois por essa via seguindo para as óutras línguas europeias.
Diziamos :feitiço (soando a "fetice/xe" ou algo assim...) e depois esse termo ficou nessas distantes paragens. Lembro-me desse exemplo,tenho quase a certeza, mas posso estar a confundir. Só vendo numa História da Língua.Pois os dicionários online são por vezes "importados"...
Foi o caso do "arigato" japonês, herdado do "obrigado" portuga.
Mas a imagem inicial deste post é que me arrepiou...não é o teu estilo! Brrrr
(para já as votações estão assim: 6o votos, em segundo lugar...)
Beijocas! :)

Margarida Alegria disse...

Ou teria entrado no Português, nos Descobrimentos, vindo desssas paragens e daí passou às restantes línguas europeias? já estou baralhada! :P

✿ chica disse...

Não posso acrescentar nada, mas achei interessante teu interesse e pesquisa! beijos praianos,chica

Benedita disse...

Para mim fetiche sempre esteve associado à carga sexual...
Querida, tens um selo lá no tasco.
Beijinhos

aflores disse...

Gosto de mulheres com bata branca!
ahahahahahahaahaha


:))))))))))

Não me provoques.


E não consigo andar sem as minhas pulseiras no pulso esquerdo

Só espero não ter complicado a tua pesquisa relativamente ao assunto.

Tudo de bom.

;)
:)

Tanita disse...

E todos os dias são bons para aprender, eu já aprendi hoje :)

Tanita disse...

E todos os dias são bons para aprender, eu já aprendi hoje :)

lena disse...

Olá Pérola.
Achei o assunto interessante e é sempre bom aprender coisas novas.
Beijinhos grandes

Opinante disse...

Eu quando penso em fetiche, penso em algo sexual, sou uma pervertida! Credo!

edumanes disse...

O mimado, em Portugal
Chegou para o seu mimo receber
Mimo com aquele não é normal
O seu mimo perfumado ele ser!

De corrente ao pescoço
Agradável não será
Não enforquem o moço
Inocente ele estará?

Gostei do teu comentário
Já te estou a responder
De visita ao planetário
Passei em tua casa para te ver!

Mas, você não estavas lá
Não sei onde te foste meter
Mimo para mim hoje não há
Gostei de suas palavras bem escritas ler!

Boa terça-feira para você,
amiga Pérola, perfumada e mimada, Seu mimo me tem dado!

Um beijinho
Eduardo.

Arco Iris disse...

Ouço na realidade muito essa expressão (ou essa palavra) mas não faz parte de diálogos que tenha, procuro sempre falar em Português.
Beijinhos

Joana disse...

Eu sempre associei fetiche a algo de cariz sexual e não material (como os sapatos). Infelizmente muitas pessoas usam termos fora do contexto e nem se apercebem do erro...
Beijinho*

O meu pensamento viaja disse...

Segundo Freud, hoje muito contestado, todos os comportamentos humanos se baseavam em impulsos sexuais, intimamente relacionados com a preservação da espécie. Assim se construíram as pontes: sapatos, por exemplo, funcionam (funcionariam) como estimulo sexual desmontando em termos de psico- analise, essa apetência.
A sexualidade e, em ultima análise, a preservação da espécie, é o pano de fundo comportamental. Sapatos, são um clássico, mas há tantos outros quantas as disfunções da mente.
Digo eu, que não percebo nada de fetiches.
Beijinhos

KINHA disse...

Olá Pérola

Vim agradecer e retribuir a sua visita, obrigada. Já estou te seguindo.

Venha participar do SORTEIO da marca Ellis Beach Wear, que está presenteando as seguidoras do blog com um maiô, biquini ou sunga, a escolha do ganhador.

AMIGA da MODA by Kinha

LUZ disse...

Olá, estimada Pérola!

Obrigada pela visita e comentário, a que achei tanta graça.
É só mesmo na poesia que acontece aquilo e se reparou bem, "ela", só o está a espicaçar.
Estas coisas só nós, MULHERES, e que sabemos como se faz, e fazer, logicamente.

Lerei depois, o seu texto. Eu sei que posta quase todos os dias, mas esteja o que estiver, comentarei.

Beijinho da Luz.

JP disse...

Eu não tenho nada a opor ao que disseste. Acho que tem aqueles dois sentidos, ou três, que aqui descreveste, bem como sempre.

Quando vi aq primeira imagem pensei noutra coisa. Quando vi a segunda, noutra ainda. Depois li e....sorri. Por sapatos? nã sei nã....

O meu? nem sequer sei. O que disse mesmo a Isabel Allende?

Beijinho

JP disse...

Eu não tenho nada a opor ao que disseste. Acho que tem aqueles dois sentidos, ou três, que aqui descreveste, bem como sempre.

Quando vi aq primeira imagem pensei noutra coisa. Quando vi a segunda, noutra ainda. Depois li e....sorri. Por sapatos? nã sei nã....

O meu? nem sequer sei. O que disse mesmo a Isabel Allende?

Beijinho

manuela barroso disse...

Na dinâmica das palavras elas assumem quase que vida através do tempo, no seu significado. Assim será com este "galicismo" que penso na sua origem, estar mais de acordo com o "charme", o encanto do que com o feitiço já que o feitiço está mais de acordo com o que faz o "sorcier" .Enquanto o que é atribuído ao feiticeiro tem(poderá ter) um sentido mais pejorativo porque muitas vezes de má(?) indole (bruxaria...)
O "fétiche" pode ter duplo sentido mas mais como sedução,encantamento...Será?
Minha opinião modestíssima
Beijinho Pérola

Francisco disse...

Aprendi alguma coisa, que bom :)

Como diria a minha avó: Saber não ocupa lugar"

beijinhos Grandes

São disse...

Sabe o que é um termo aparecer e cair na mida e depois ser empregue a tirto e a direito?...Pois é o caso.

Empatia , por exemplo, é um deles.
Se Carl Rogers, criador do conceito, soubesse como o usam...

Bom serão

Pretty in Pink disse...

Olhaa e quem agora ficou surpreendida fui eu, não fazia ideia de metade dessas coisas =)

Beijinho*

AC disse...

Fetiche para mim é uma palavra com elevada carga sexual e que significa que alguém tem uma fixação por determinada acção ou objecto. Ex fetiche por sapatos, por pés, por fardas, por brinquedos eróticos. Se existir em pequena quantidade sem ser obsessivo é saudável e não incomoda ninguém , se for em excesso pode ser intimidatório.

Beijinho*