segunda-feira, 13 de maio de 2013

A semente



Atirada à terra no vento intempestivo
choro na escuridão do ventre da mãe.

Sinto o cheiro da chuva que me acaricia
suavemente no corpo abandonado.

A pele seca-se-me na aridez do solo
que me aprisiona nesta masmorra sombria.

No torpor instalado deixo-me adormecer
esquecida de mim, da vida que grita ao longe.

Desperto no desabrochar manso de hastes,
filhas do ser Eu, rompendo esperanças frescas.

Sou recebida nos braços do Sol,
acalentando-me nas inseguranças da criação.

Cresço para florescer em perfumes renovados
invadindo chão despido no olhar do inverno.

Sou semente garota gargalhando ao cobrir campos
brilhantes na cor do alívio amansado da primavera.



19 comentários:

Vic disse...

Gostei muito. Já tinha saudades... :)

Ana Tapadas disse...

As sensações olfactivas e a comunhão com a terra-mãe...
Adorei!

Bjs

Bell disse...

a imagem é linda

adorei =)

Francisco disse...

Beijinho

JP disse...

A magia da Terra mãe. Sempre adorada desde os primórdios da vida humana

Beijo

edumanes disse...

Nascida da semente
Encontrei uma Pérola
Muito linda transparente
Deitada na erva.
Perguntei o que lá fazia ela
A mim não respondeu
Ainda hoje penso nela
Coberta de ervas a vi eu!
Tantos poemas tu escreves
Tua velocidade veloz
Falar quando te atreves
Quero ouvir a tua voz.

Noite e um beijo
para ti amiga Pérola.
Eduardo.

✿ chica disse...

Lindo,Pérola!!Adorei! beijos,ótima semana,chica

Vivi disse...

Adorei Pérola. Simplesmente lindo.
Beijps

Cláudia disse...

Querida Pérola, por aqui não se vive bem, mas tenta-se aproveitar bem o pouco que se tem =)

Eu não trabalho mas muita gente à minha volta, felizmente sim.

Beijocas

ONG ALERTA disse...

Um encanto beijo Lisette.

DÍÁCONO MANUEL GOMES SANTA CRUZ disse...

Pérola. lindo não sabia que uma mulher linda nascia do meio da terra. Adorei
Beijos
Santa Cruz

Opinante disse...

Lindo!!!

Jovem $0nhador@ disse...

Texto lindo =)

Arco Iris disse...

" Sou semente garota gargalhando ao cobrir campos
brilhantes na cor do alívio amansado da primavera. "
Sensibilidade de quem escreve tão bem.
Beijinhos

Vera, a Loira disse...

Lindo, como sempre.

Graça Pereira disse...

Saudades de vir aqui e levo braçadas de flores num poema extraordinário...
Beijocas
Graça

SOL da Esteva disse...

Querida Pérola

Cabe-nos a nós, sementes desta Terra, desabrochar para a Vida, crescer e florir, tornarmo-nos árvore de grande porte e viver muitas Primaveras.
Aí, o perfume de nós abrirá valas para o plantio de outras mais.


Beijos


SOL

Sister disse...

Olá minha flor ...
Que arraso, em?
- Tenha um ótimo tarde!

rosinha cruz disse...

Olá Perola
Lindo!
Beijinhos