quarta-feira, 15 de maio de 2013

No Vale


"Sombrio o vale que percorro.
As árvores susurram-me desamores, 
impossibilidades que abrem feridas em mim.

Aventuro-me na fuga para longe.
Sem rumo, perco-me,
caindo no mesmo vale sombrio."



15 comentários:

PINTA ROXA disse...

Estou a atravessar esse vale, e nem sequer consigo ver lá ao fundo um raio de luz, por muito pequeno que seja..
bjoss

As Duas na Letra disse...

É sempre bom nos aventurarmos.

Paulinha

Lídia Borges disse...


Até um vale sombrio tem algures uma porta de saída. O desafio é encontrá-la, depois da aprendizagem do "eu"que um andar solitário sempre proporciona.

Um beijo

Jovem $0nhador@ disse...

Quantas vezes não andamos num vale assim!

edumanes disse...

No vale sombrio
Encontrei uma menina
Triste, cheia de frio.

O que lá fazia ela
Perguntei, nada disse
No meio das árvores tão bela
Talvez de algo fugisse?

Não era a Pérola
Essa menina a vi deitada
Olhei para ela
Ficou calada???

Boa quarta-feira e um beijo
para ti amiga Pérola.
Eduardo.

JP disse...

Tapa as feridas...não as sintas.


Beijo

Arco Iris disse...

Há sempre uma luzinha para tentarmos sair do vale sombrio.
Bjs

Butterfly disse...

que profundo :)

Vivi disse...

Fecha os olhos e lembra-te que o sol nasce todos os dias para todos. Mesmo que seja um pequenino raio agarra-o com ambas as mãos.
Beijinhos

lena disse...

Os raios de luz entram muitas vezes nos vales sombrios e quando menos se espera.
Beijinhos grandes.

aflores disse...

Não gosto nada desses vales.
Vamos mas é até à praia, andar na areia, molhar os pés, passeando e... conversando.

Tudo de bom.

- Também posso tentar mandar um gelado! :)

Dulce Morais disse...

É por vezes necessário perder-se para melhor encontrar-se...

=> Crazy 40 Blog
=> MeNiNoSeMJuIz®
=> Pense fora da caixa

Mona Lisa disse...

Belo e triste poema.

Senti-o meu!

Beijinhos.

Tétisq disse...

bonito! gosto de me perder :)
bj*

Sentada na ponta da lua disse...

Mesmo em vales sombrios e o sol pode brilhar! Temos de o saber captar.
Bjs