quinta-feira, 9 de maio de 2013

Chove ☁


Letras são lágrimas das nuvens que choram.

Juntam-se em palavras e provocam dilúvio.

E na inundação das frases flutuo por entre versos, prosas e saudades.

Mantenho-me à tona guiada pelo perfume das rosas que atraem  borboletas.

É o teu aroma transpirando palavras de amor.

Letras que se diluem e evaporam retornando às nuvens.

Afogo-me morrendo nestas lágrimas . . .



17 comentários:

Maria disse...

Gostei particularmente deste dilúvio de palavras Pérola!!!!
Bjs
Maria

JP disse...

Gostei muito Pérola. Como sempre um prazer ler-te.

Será do aroma transpirando palavras de amor?

Beijinho

Meu cantinho disse...

oi pérola, passei para ler e deixar meu abraço.

Jovem $0nhador@ disse...

é linda a maneira com juntas as palavras!

✿ chica disse...

Linda essa chuva...Linda poesia! beijos,chica

Suricate disse...

Belo, belo, como só tu sabes dizer!

jinho e Obrigada!

Vivi disse...

Fico sempre maravilhada com os teus poemas.
Obrigada pelas palavras carinhosas que deixaste no meu cantinho e que me tocaram bem fundo no meu coração.
Existem momentos na vida em que precisamos de estar sozinhas para encontrarmos o nosso equilíbrio. Precisei de me afastar por uns dias.
Conversei com o silêncio, deixei-o entrar silenciosamente e senti-o de leve, cheio de força ouvindo a voz do coração e da mente.
Não existiriam palavras, se não houvesse o silêncio.
Ele sentiu a minha angústia, o medo que me perturbava e com toda a serenidade mostrou-me o caminho sorrindo para seguir em frente.
Aqui estou eu de novo para aproveitar todos os momentos que a vida nos dá e que nos torna mais fortes.
Beijinhos

Mona Lisa disse...

Letras de saudades que de tanto doerem converteram-se num rio de saudades...

Magnífico!

Beijinhos.

Francisco disse...

Maravilhoso ;)

Beijinhos

Lilá(s) disse...

Muito bem! parece-me um diluvio de pérolas bem falantes!
Bjs

Arco-Íris de Frida disse...

É tao lindo manter-se a tona flutuando por ente versos... mesmo que esteja afogada em lagrimas...

PINTA ROXA disse...

Como eu gostava de saber "falar com palavras" como tu.
pelo poema.
Beijos

SOL da Esteva disse...

Querida Amiga

Uma sensibilidade imensa para que a chuva de letras alague e transforme neste lindo e significativo poema.


Beijos

SOL

Daniela Silva disse...

Texto tão bonito :)

http://butterflyb2013.blogspot.pt/

Maria Luisa Adães disse...

Gostei desse diluvio de palavras
e na verdade "o verdadeiro escritor
é aquele que ninguém pode imitar",
mas com essa benesse ele tem dificuldades em ser entendido.
Fugiu ao vulgo!
E o vulgo não perdoa!...

E continue a flutuar por entre as palavras que a cercam e a escrever...

Maria luísa

Cláudia disse...

Pode chover todos os dias assim =)

Beijocas

Blackbird disse...

Adoro o poema, é fantástica a maneira como os escreves :)