quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Como bagos de romã . . . entre nós !



Entre nós 
o fruto não esperou pela semente,
foi grainha já florida.

Aconteceu como trovão
após raio inesperado,
luz intempestiva
sobre nudez nossa.

De repente
ou de mansinho
já nos sabíamos como bagos de romã,
maduros no paladar,
sumarentos ao provar.

Entre nós 
o grão não pediu grandezas,
foi diminuto em aparências.

Chamou-se de paixão,
vestiu-se de vermelho
e tingiu-nos os lábios
como bagos de romã.

E, 
ainda, 
entre nós,
 se morre de saudade
por esse tempo abrasado
onde se trincam bagos de romã,
como nós.



55 comentários:

Cláudia disse...

Não gosto de romã mas o poema é lindo =)

Beijocas

mmm´s disse...

Gosto muito de romãs e gostei também, muito, das palavras enredadas em poesia.

Edumanes disse...

Numa espiga de trigo...
verde nasceu de manhã!
entre nós amizade sã
virtual, eu te digo!

Um beijo.

Labirinto de Emoções disse...

Olá Perola
Adoro romãs..:-)) e as tuas sabem a poema de amor.
Um beijinho
Teresa

José Carlos Sant Anna disse...

Este poema despertou em mim uma volúpia, não imaginas...
Beijo, Pérola!

Andreia Morais disse...

Adoro romã e adoro o poema! Além de que acho sempre fantásticas as associações que fazes

Beijinhos*

ReltiH disse...

ME ENCANTAN TUS LETRAS TAMBIÉN.
BESOS

Ivone disse...

Amei o formato e os versos de amor e romã, adoro essa fruta, embora seja difícil comê-la sem sentir o amargor de suas películas entre os bagos!
Lindo!
Abraços apertados!

PAULO TAMBURRO. disse...

PEROLA,

deve ter sido doce.

Então foi bom!

Um abração carioca.

Zilani Célia disse...

OI PEROLA!
TEU POEMA ESTÁ COMO A ROMÃ QUE O ENFEITA... LINDO!
ABRÇS AMIGA
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Elvira Carvalho disse...

Um lindíssimo poema, que eu adorei como adoro a romã.
Um abraço

Cidália Ferreira disse...

Que poema sedutor com a cor do amor à mistura, soberbo!

beijinhos

Coisas de Uma Vida 172

Denise disse...

Este paralelo do amor com os bagos da romã é muito interessante, ainda mais porque romã é amor ao contrário. Muita paz!

Laura Santos disse...

Gostei da forma e do conteúdo, e da imagem também.
xx

Mirtes Stolze disse...

Boa noite Perola.
Não conheço roma, a sua poesia ficou lindíssima, com um ar de quero amar.
Amar é muito bom...
Obrigada pelo carinho.
Um lindo fds.
Abraços.

Mona Lisa disse...

Morre-se de saudade quando se viveram momentos únicos...

Excelente poema!

Beijinhos.

Irene Sarranheira disse...

Eu amoooo romã adoro mesmo e o poema esta igualmente lindo
Bjinhos ♥
http://sarranheira.blogspot.pt/

Dorli disse...

Oi Pérola,

Não gosto de romã, mas como poesia ultrapassou meu paladar.
Beijos no coração
Lua Singular

piteis da dinha disse...

Olá Pérola, que poema lindo! Parabéns...
Bjsssss querida

Sei lá disse...

Eu não sei se gosto de romã. Mas fiquei curioso, juro!

Além do poema, lindo no conteúdo e na forma, até a imagem da romã é tão apetitosa e... (perdoe-me)sensual!

Rosemildo Sales Furtado disse...

Uma bela forma de descrever o amor quando a censura é rígida. faz muito tempo que não saboreio uma romã. Belo poema e muito bem ilustrado.

Beijos,

Furtado.

Patricia Figueiredo disse...

Que lindo poema...e quem tem criatividade acha inspiração até numa romã hehe
Bjs
PS.: Já respondi o e-mail

Pedro Coimbra disse...

Uma ode à paixão.
Em tons de encarnado.
Beijinhos, vos de bfds

© Piedade Araújo Sol disse...

eu costumo dizer que os beijos apaixonados tem o sabor da romã.

um poema fascinante e cheio de paixão.

um bom final de semana.

beijinho

:)

Maria disse...

Talento a transbordar por aqui...poesia linda e eu a repetir-me...para quando um segundo livro???
Bjs
maria

catiag disse...

r : quem me dera que fossem mesmo mais , mas talvez até nem sejam nenhumas :c

Inês Direito disse...

Sempre com palavras lindas!
beijinhos
http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

FireHead disse...

Um poema que está simplesmente uma delícia, amiga. Com ou sem frutose. :)

Beijinhos.

Arco-Íris de Frida disse...

Um poema gostoso... como o amor e romãs...

Beijos...

Ember Blue disse...

Que lindo! :)
Tanto talento! ^^
Beijinhos*

A disse...

Que poema tão bonito!

Vanessa Palombo disse...

Adoro romã, adorei o poema...

Bjos

Isy disse...

eu gosto de romãs...

Bjxxx

mfc disse...

Um poema tão lindo, quanto é linda a notícia que nele está contida!
Muitos parabéns... por tudo.

Beijinhos

Filha do Rei disse...

Oi! Que lindo e inspirador texto. Através de teus olhos pude mais uma vez ter certeza de que a Natureza é cheia de poesia. Tenha um abençoado fim de semana. Bjs

Kunti/Elza Ghetti Zerbatto disse...

Que inspiração sublime Pérola!
Obrigada por sua presença sempre tão carinhosa em meu blog.
um excelente fim de semana a ti.
abração com muito carinho

Minda Silva disse...

O poema é lindo e a fruta eu adoroooo ...

Bjks
My

Minda Silva disse...

Olá tudo bem com você?

Vim te convidar para participar de uma Tag (http://www.massovita.com/2014/08/tag-eu-e-o-blog.html) to te esperando lá no blog!!!

Espero que participe!

Bjks
My

Raphael Mourão disse...

Boa tarde.
Aqui venho visitar e conhecer seu blog, gostei estou seguindo
Convido para que venha conhecer meu blog e se gostar me siga

Abrçs

Raphael Mourao
BrBão

http://brasilbao.blogspot.com.br

São disse...

Muito bom, Margarida...e eu, para cúmulo, adoro romãs :)

Bom final de semana

vendedor de ilusão disse...

Esse seu poema é divino; exala, além da de criatividade, uma sensibilidade poética elogiável e admirável. Parabéns, gostei muito!
Tenha um ótimo e poético fim de semana.
Beijos.

andrii disse...

Que tenhas razão! Muito obrigada

Anne Lieri disse...

Coisa mais bonita essa poesia,Perola! Eu adorei! Muito romantica! bjs,

Annalisa B disse...

Sono incantata da questo poema...Grazie!

MARILENE disse...

Romã, vermelho... paixão, combinação que lhe inspirou lindos versos. Bjs.

miak disse...

Ainda estranho romãs, de uma tarde estranha.

Flávia disse...

Bela comparação, com certeza gostei do poema.

thoughts-little-princess.blogspot.com

Guaraciaba Perides disse...

O amor como uma fruta delicada e forte, atraente e de um gosto singular, encanta pela cor e sensualidade captada pela poesia...além de ser um talismã .
Um abraço

lis disse...

Um lindo poema Pérola,
nem quero acrescentar muito pra ficar degustando em silencio essa lindeza !!
Muita ternura nesse 'trincar das romãs'
parabéns e obrigada pelo deleite da leitura e das fotos.
boa semana

Francisco disse...

Adoro romãs, assim como dos teus poemas

Beijinhos

S* disse...

Mas que delícia!

emanuel moura disse...

Doce momento de poesia querida amiga Perola ,muitos beijinhos

Jonatas Rubens Tavares disse...

Maravilhoso e doce fruto incontrolável da loucura, essa paixão!

Abraço

Agostinho disse...

Preciso é saber
abri-las
tomar-lhes o vermelho
sem machucar

EU disse...

Tão saboroso!
:) :)