terça-feira, 29 de maio de 2012

Crónic@s No Feminino ( parte XI )

O jantar, tomado no recanto da varanda, era sempre motivo de descontração. Sandra era uma boa amiga, extrovertida, optimista e sempre disponível. Só não tinha tido 'sorte' com os homens. 'Vou tropeçar nele, não te preocupes', costumava parodiar Sandra quando focavam a sua vida amorosa.
Já se fazia tarde e Madalena ainda tinha de agarrar-se ao processo que trouxera para casa, organizando-o para lhe dar adiantamento, avançando o trabalho dos próximos dias.
Após as efusivas despedidas, Madalena voltou ao portátil e releu a mensagem de Santiago. Era uma missiva curta, mas inesperada, tanto no tempo como no conteúdo.
Para além do 'Olá Amor!' inicial que a transportara ao passado, numa viagem alucinante, supostamente enterrado, dizia-lhe como a gostara de rever. Declarou-se culpado ao  tê-la cumprimentado daquela forma, tão íntima, mas, no momento, tinha tido a sensação que, ainda, se encontravam juntos.
Pedia desculpa por ter ousado, até porque desconhecia se Madalena tinha outro amor, contudo a espontaneidade tomara conta dele e não pudera evitar.
Para rematar, solicitava, em jeito de incitamento, um jantar para porem a conversa em dia. Tinha saudades! Despedia-se com um Beijo Doce (como era habitual nos tempos em que foram um casal cumplice e apaixonado).
(continua)

8 comentários:

Ana Martins disse...

Pérola, boa noite!
O romance começa a aquecer, agora começo a ficar curiosa para saber qual a atitude que Madalena irá tomar. Espero que se for um sim, não seja uma segunda desilusão, com a agravante de ser com o mesmo homem.

Beijinho,
Ana Martins

Lilá(s) disse...

Fico-me na expectativa...
Bjs

Mona Lisa disse...

Tinha saudades, mas não a procurou!

Saudades repentinas!

O suspense continua!

Beijos.

Rafeiro Perfumado disse...

"porem a conversa em dia". O que tu queres sei eu, pá!

aflores disse...

Jantares para porem conversa em dia, nunca deram bom resultado. Geralmente o menú é alterado :)

(falta muito para os "finalmente?)
:)))))))



Tudo de bom.

:)

Nany disse...

Ó pá porque é que o porem a conversa em dia é tão diferente para homens e mulheres?
Bjs

Margarida Alegria disse...

É o que eu digo!
Está cada vez melhor.
Eu a pensar que a Madalena se ia impor, mas afinal... será que consegue?
Esta repentina saudade da parte dele... pois. Concordo com a Mona Lisa!

Margarida Alegria disse...
Este comentário foi removido pelo autor.