sábado, 26 de maio de 2012

Esclarecimento

Minhas amigas(os) Blogosféricas(os)!
Sinto que vos devo esclarecer em relação ao ' Homem da Minha Vida'. 
O Homem em causa nada tem a ver com maridos, namorados ou qualquer tipo de amor romântico.
Não é novidade que sou uma apaixonada, não nego.
Porém, no post em apreço , homenageio o meu Pai, autêntico Homem da minha simples existência.
Apesar de já não se encontrar entre nós, seria, hoje, o seu aniversário. 
Falo no presente visto ele estar vivo no meu coraçãozinho imerecedor.
Amo-o muito!
Nem sei como vos agradecer os carinhosos comentários!
Se quiserem reler a dedicatória verão que o Amor descrito tem muito a ver com aprendizagens, adequadas ao tipo de educação com que tive o previlégio de ser contemplada.

10 comentários:

Alex disse...

Que bonita homenagem ao teu pai. Felizmente que tenho o meu pai comigo ainda e seguramente é um dos homens da minha vida. Está incondicionalmente sempre comigo. Beijinhos

edumanes disse...

Linda homenagem ao pai que já partiu
Mas para sempre ficou no coração da filha que muito ama

Pai, amor, incondicional
O nosso verdadeiro amigo
Ser o único afinal
Mesmo ausente nunca esquecido.

Bom fim de semana
um abraço
Eduardo.

✿ chica disse...

Linda homenagem ,bem chegada do coração , ao teu pai!! beijos,lindo domingo!chica

Mar disse...

Ah!! Fomos uns atrás dos outros, hihihi, parabéns minha linda por guardares com tanto cuidado e carinho esse Amor de onde tanto aprendes-te. Beijinhos de orgulho de te conhecer e aqui ser tua amiga blogosférica.
Beijinhos no <3

Katty disse...

Viva aos bons pais como os nossos =)

Blackye disse...

Achei linda a tua homenagem. Felizmente o meu pai ainda está comigo, mas sei que daqui a alguns anos pode já não estar. Custa saber que a vida é assim, mesmo. Mas daí termos que a aproveitar sempre com as pessoas que mais amamos. Um beijinho :)

aflores disse...

Já partiu, o meu Pai, já lá vão uns anos. Só que dessa vez não foi como o fez quando eu tinha 3 anos. Dessa vez não voltou mais.

Recordo-o sempre!

Margarida Alegria disse...

O meu já partiu há muitos anos. Mas ainda hoje sinto a falta dele.
Bjs

Catarina* disse...

Obrigada por todas as palavras! Tudo o que disseste é verdade, hoje em dia antes de confiarmos nos outros devemos, em 1º, confiar em nós proprias!
Beijinho*

Valsita disse...

Oh minha querida... emocionei-me. Lamento que o teu pai já não esteja entre nós. Sou assumidamente filha do papá e não imagino a minha vida sem ele. Nem quero imaginar o dia em que ele me falte... Um abraço especialmente ternurento hoje para ti....